conecte-se conosco

Carros

As celebridades e suas motocicletas

Publicado


source
Tintin e a Indian 1941 com side car no longa As Aventuras de Tintin, de 2011
Divulgação

Tintin e a Indian 1941 com side car no longa As Aventuras de Tintin, de 2011

Outro dia eu estava contando um pouco sobre um conhecido detetive de ocasião dos quadrinhos, o Tintin, e as vezes que ele pilotou uma motocicleta. Nos quadrinhos, apenas uma vez, mas muitas com os automóveis. Mas, e as pessoas de verdade, as famosas, como será o seu relacionamento com as motos?

É fato notório que os automóveis representam a paixão de uma grande parte das pessoas, pelo mundo todo. As pessoas famosas, no entanto, parecem ter uma afinidade ainda maior com eles, principalmente se forem automóveis muito exclusivos.

Já com as motocicletas a coisa é um pouco diferente. Sempre houve um número menor de apaixonados pelos veículos motorizados de duas rodas, apesar de que, nas últimas décadas , essa quantidade vem aumentando muito. É, as motocicletas estão cada vez mais populares. E apaixonantes.

O legal da coisa é que, nas maioria das vezes, não é necessário que a motocicleta objeto da paixão seja exclusiva, ou muito cara. Esse é o ponto que difere as motocicletas dos carros. A felicidade e a liberdade de uma motocicleta não depende de seu preço, tamanho ou cilindrada.

Pesquisando sobre os artistas famosos, sempre há aqueles que estão posando em suas motocicletas, com as caras mais felizes deste universo. Se for uma mini moto, até melhor. Diversão garantida , quase sem risco.

Leia mais:  Piloto põe raridades da Ferrari à venda e pode arrecadar R$ 40 milhões

Vamos começar bem lá atrás, no antigamente. O sir Arthur Conan Doyle, que não era astro do cinema nem nada, mas ficou famoso por escrever dezenas de histórias sobre o detetive mais famoso do mundo , Sherlock Holmes.

Arthur Conan Doyle
Divulgação

Arthur Conan Doyle

Outra personalidade bem feliz em cima de sua motocicleta é o Coronel Thomas Edward Lawrence , o famoso Lawrence da Arábia, militar inglês que ficou famoso por participar da Revolta Árabe de 1916. Tinha paixão por motocicletas, em especial a mais refinada de todas elas, a Brough Superior, considerada a melhor motocicleta do mundo, com a qual ele posa na fotografia.

Sua vida foi contada no filme Lawrence da Arábia , com o militar vivido pelo ator inglês Peter O’Toole.

Leia Também

Leia Também

Lawrence da Arábia e a sua Brough Superior
Divulgação

Lawrence da Arábia e a sua Brough Superior

A próxima foto mostra o ator Steve McQueen e m uma cena do filme Fugindo do Inferno, na qual ele tenta fugir de um campo de prisioneiros saltando um cerca de arame farpado com uma motocicleta roubada dos nazistas. Cena antológica. McQueen era mesmo piloto, corria nas 24 Horas de Le Mans , e era realmente apaixonado por motocicletas. Sua marca preferida era a inglesa Triumph.

Steve McQueen em cena do filme Fugindo do Inferno
Divulgação

Steve McQueen em cena do filme Fugindo do Inferno

Lembra do seriado Esquadrão Classe “A”? Um grupo de ex-militares estava sempre aprontando com carros, para salvar inocentes, poucas vezes as motocicletas participaram das perseguições. Mas, na foto, Mr. T, que fazia o papel de BA Baracus , personagem que morria de medo de voar em aviões, posa com uma Kawasaki Z1000 da polícia. Acho que não tinha medo de motos.

Mr. T em uma Kawasaki Z1000 da polícia
Divulgação

Mr. T em uma Kawasaki Z1000 da polícia

Dos cavalos às motocicletas. O cantor Roy Rogers, cujo nome verdadeiro era Leonard Franklin Slye, trocou seu alazão Trigger por essa Indian , posando com sua filha. Será que ele trocaria também nas cenas dos centenas de filmes em que ele atuou como cowboy?

Roy Rogers e sua filha
Divulgação

Roy Rogers e sua filha

Também em filmes de bang-bang, só que mudos, Tom Mix era um cowboy que gostava de motos. Pena que não dava para ouvir o ronco da motocicleta no filme sem som.

Tom Mix era ator de filmes de cowboy, só que de filmes mudos. E gostava muito de motos
Divulgação

Tom Mix era ator de filmes de cowboy, só que de filmes mudos. E gostava muito de motos

Mais um cowboy montado em uma motocicleta. Desta vez é o número 1, John Wayne . Só que está na cara que ele está apenas passeando pelas redondezas com sua motocicleta de motocross. Essa moto moderna não combinaria com a época de ouro do western.

Tintin e a Indian 1941 com side car no longa AsAventuras de Tintin, de 2011
Divulgação

Tintin e a Indian 1941 com side car no longa AsAventuras de Tintin, de 2011

O eterno James Bond , vivido pelo ator inglês Sean Connery, sempre usava motocicletas em suas cenas de perseguição (ou fuga). Aqui parece que o ator está penando um pouco para domar seu pequeno triciclo .

Sean Connery brincando de triciclo lá pelos anos 70
Divulgação

Sean Connery brincando de triciclo lá pelos anos 70

Por fim, os criadores da motocicleta mais famosa da história, William Harley e Arthur Davidson , posando em suas criações. Mal sabiam eles, nesse dia, que suas motocicletas se tornariam tão importantes na história das moto.

William Harley e Arthur Davidson, com suas motocicletas Harley-Davidson
Divulgação

William Harley e Arthur Davidson, com suas motocicletas Harley-Davidson


Fonte: IG CARROS

Leia mais:  GM investe em fábrica colombiana para deixar de produzir Joy no Brasil

publicidade

Carros

Ford lança edição especial de 75 anos da picape Série F nos EUA

Publicado


Ford F-150  Heritage Edition: picapes contam com pintura de dois tons entre os itens exclusivos
Divulgação

Ford F-150 Heritage Edition: picapes contam com pintura de dois tons entre os itens exclusivos

A Ford apresenta nos Estados Unidos uma edição especial da picape F-150, a Heritage Edition – uma releitura de modelos clássicos da linha dos anos 1960, 1980 e 1990 com pintura em dois tons – em comemoração aos 75 anos de lançamento da Série F.

Lançada em 1948, a Série F em quatro décadas de existência já soma 40 milhões de unidades produzidas e para comemorar o feito, a nova F-150 Heritage Edition traz diversos elementos que remetem aos primeiros modelos como a clássica pintura de dois tons.

Nesse caso, a cor principal da carroceria combinando com teto, colunas, para-choques e área inferior das portas e dos para-lamas em tom contrastante. As opções incluem: vermelho Red e cinza, azul Atlas ou Area 51 e preto, azul Antimatter e cinza, ou cinza Avalanche e preto.

Leia mais:  GM investe em fábrica colombiana para deixar de produzir Joy no Brasil

Já no interior, as opções são cinza ou preta, com detalhes alusivos à edição limitada, incluindo o revestimento dos bancos , um aplique em relevo na tampa do console e um logotipo branco ’75 Years’ no alto do para-brisa, reproduzido também no console central e na animação inicial da tela multimídia.

Disponível na versão XLT da F-150 , a edição especial começará a ser vendida nos EUA a partir do mês que vem. A Ford anunciou este ano que vai lançar a F-150 no Brasil em 2023, complementando a sua linha de picapes ao lado da Ranger  e da Maverick .

No mercado norte-americano, há diversas opções de motorização como o 2.7 V6 EcoBoost, 3.5 V6 EcoBoost e 5.0 V8 4X4 de 406 cv, sempre com a transmissão automática de 10 marchas.

A Ford não informou qual versão irá vender por aqui, mas tudo leva a crer que a opção seja do pacote Lariat Luxury , que também é comercializado no mercado argentino.

No país vizinho, essa versão da Ford F-150 é oferecida tanto com o motor 5.0 V8 (Coyote), com 400 cv de potência e 56,6 kgfm de torque, quanto com o híbrido que combina propulsor elétrico com um 3.5 V6 , que rende uma potência combinada de 430 cv e um torque combinado de 78,8 kgfm .

Leia mais:  Empresa cria tecnologia que equilibra a moto sozinha

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Mais Lidas da Semana