conecte-se conosco

Internacional

Caso Cleo Smith: Homem preso após sequestro se declara culpado

Publicado


source
Caso Cleo Smith: Homem preso após sequestro se declara culpado
Reprodução/WA Police Force

Caso Cleo Smith: Homem preso após sequestro se declara culpado

Terence Darrell Kelly, de 36 anos, admitiu ter sequestrado Cleo Smith, de 4 anos, na Austrália, nesta segunda-feira. O caso teve repercussão mundial no final de 2021, quando a menina passou 18 dias desaparecida após ser levada da tenda onde acampava com a família nos arredores de Carnarvon, no dia 16 de outubro.

Kelly continua sob custódia em uma prisão de segurança máxima na cidade Perth, para onde foi transferido em 5 de novembro, dois dias depois de Cleo ter sido encontrada trancada na casa dele.

O suspeito deve enfrentar o Tribunal Distrital em março e uma sentença será expedida em seguida. A imprensa australiana informou que a confissão foi recebida com surpresa, já que muitos esperavam que o caso seria encerrado após um longo processo na Justiça.

Relembre o caso

Cleo desapareceu horas depois de ter acordado a mãe, Ellie, durante a noite, para pedir por água. As duas voltaram a dormir em seguida. Pela manhã, porém, a pequena não estava mais na tenda armada no acampamento Blowholes. Ellie contou que a barraca da família estava praticamente toda aberta quando acordou.

Leia mais:  Biden fará primeira participação em talk show como presidente dos EUA

Leia Também

“Cleo estava em um colchão, e nosso bebezinho (a irmã mais nova da menina) estava em um berço bem ao lado dela. Nós tínhamos uma divisória. Então estávamos (a mãe e namorado, Jake Gliddon) em um colchão inflável também. (De manhã) fui para o outro espaço, o zíper estava aberto e Cleo tinha sumido… a barraca estava completamente aberta, faltava apenas 30 centímetros para abrir totalmente”, contou em entrevista ao canal 9 News.

Mais de 100 policiais se mobilizaram nas buscas e uma recompensa de 1 milhão de dólares australianos (mais de R$ 4 milhões na cotação atual) foi oferecida por informações que pudessem levar ao paradeiro da criança ou à prisão e condenação de envolvidos no crime.

Cleo foi localizada após quase três semanas em uma casa em Carnarvon. Na época, a polícia informou que os agentes precisaram invadir a residência, que estava trancada. Terence Darrell Kelly foi preso em um rua próxima do imóvel.

Leia mais:  EUA dão à Ucrânia mais US$800 mi em ajuda militar
Fonte: IG Mundo

publicidade

Internacional

Papa pede que povo ucraniano não seja esquecido

Publicado

source
Fiéis carregando bandeiras ucraniana na Praça São Pedro, no Vaticano
Ansa

Fiéis carregando bandeiras ucraniana na Praça São Pedro, no Vaticano

O papa Francisco fez neste domingo (26) um novo apelo para que o mundo não se esqueça do povo da Ucrânia, alvo de uma invasão militar promovida pela Rússia desde o dia 24 de fevereiro.

Após a oração do Angelus, o líder da Igreja Católica afirmou que “os bombardeios na Ucrânia continuam causando mortes, destruição e sofrimento à população”.


“Por favor, não nos esqueçamos deste povo atingido pela guerra, não o esqueçamos no coração e nas nossas orações”, declarou o Pontífice.

A Rússia lançou em 24 de fevereiro uma ofensiva militar na Ucrânia que já matou mais de 4 mil civis, segundo a ONU, que alerta para a probabilidade de o número real ser muito maior.

Embora sem jamais criticar a Rússia diretamente, o Papa vem se posicionando claramente a favor da Ucrânia desde o início da guerra e já condenou em diversas ocasiões os massacres promovidos contra a população civil.

Leia mais:  ONU: pessoas forçadas a fugir de casa são mais de 100 milhões no mundo
Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Mais Lidas da Semana