conecte-se conosco

Esportes

Como Firmino passou de renegado a queridinho dos torcedores na Seleção

Publicado

Embora seja reserva de Gabriel Jesus, atacante tem sido o primeiro pedido da arquibancada nos jogos do Brasil na Copa do Mundo; dos quatro disputados até aqui, entrou em três

Em novembro de 2014, na sua primeira convocação para a Seleção, Roberto Firmino era desconhecido de grande parte da torcida brasileira. Como todo nome novo, principalmente de alguém que atuava fora do país, ele chegou a ser motivo de estranhamento e até piada. Hoje, apesar de reserva, é queridinho.

Nas últimas partidas do Brasil na Copa do Mundo, o atacante teve o nome gritado pelos torcedores nas arquibancadas. O apelo foi maior em Moscou e Samara, palcos do último jogo da fase de grupos e das oitavas de final, respectivamente.

Firmino teve o gol livre para balançar a rede na vitória sobre o México (Foto: Reuters)

Firmino teve o gol livre para balançar a rede na vitória sobre o México (Foto: Reuters)

O que explica a transformação?

Firmino já se destacava em 2014 quando foi convocado por Dunga, mas seu futebol não era tão visto no Hoffenheim como é atualmente no Liverpool, com o qual chegou ao vice-campeonato da Liga dos Campeões. “Bobby” Firmino, apelido que ganhou dos fãs ingleses, fez uma ótima temporada com a camisa 9 do clube europeu.

Leia mais:  Flamengo finaliza preparação para a partida contra o Ceará

Não seria um absurdo se Tite o tivesse escolhido em vez de Gabriel Jesus para começar jogando a Copa. Acontece que o atual dono da posição ganhou o treinador pelas boas atuações nas eliminatórias, com gols e “solidariedade” defensiva. Para parte da torcida, porém, a seca do titular na Rússia justifica os pedidos de substituição.

O comandante brasileiro tem outra opinião, sobretudo porque vê em Jesus uma colaboração tática fundamental. Mas Tite também não fecha os olhos para Firmino. Ao contrário: colocou-o em campo em três dos quatro jogos, apenas uma vez no lugar de Jesus – nas outras, o reserva substituiu os meio-campistas Paulinho e Coutinho.

Sempre que entrou, o jogador do Liverpool ajudou em alguma medida para melhorar a produção. No empate com a Suíça, quase marcou de cabeça. Diante da Costa Rica, participou da jogada que abriu o caminho da difícil vitória, escorando uma bola alçada que, depois de um domínio de Gabriel Jesus, terminou com um biquinho de Coutinho. Por fim, balançou a rede no triunfo por 2 a 0 sobre o México, pelas oitavas de final, tão logo deixou o banco.

Leia mais:  Flamengo treina visando a partida diante do Ceará no próximo domingo (13)

Em apenas 37 minutos, Firmino conseguiu quatro finalizações: um gol, uma defendida e duas para fora. O titular finalizou oito vezes em 348 minutos: três para fora, três bloqueadas, uma defendida e outra na trave.

– Fico orgulhoso de fazer meu primeiro gol em Copa do Mundo. Estou trabalhando firme. Mesmo estando no banco, venho mantendo meu trabalho, e estarei pronto sempre – disse Firmino.

Apesar do bom momento, o antes renegado atacante ainda não ameaça Jesus, que deverá estar pela quinta vez na escalação inicial da Seleção nesta sexta-feira, em Kazan, contra a Bélgica. O titular, no entanto, trata a disputa de forma natural.

– É um cara que tem totais condições de ser titular, uma briga muito sadia. Ele jogando, eu vou torcer para ele do mesmo jeito que ele torce para mim. Espero que ele nos ajude muito. Fico muito contente por cada entrada dele no jogo, ajudando a gente – comentou Jesus.

Fonte: Globo.com

publicidade

Esportes

FLAMENGO Flamengo perde para o Ceará por 2 a 0 na Arena Castelão

Publicado

Pela décima rodada do Campeonato Brasileiro, o Flamengo perdeu para o Ceará por 2 a 0 neste domingo (13), na Arena Castelão, em Fortaleza. Agora, Rubro-Negro volta suas atenções para confronto contra o Independiente del Valle, válido pela Libertadores.

O JOGO
No primeiro tempo, o Flamengo teve amplo domínio e criou boas chances. As principais oportunidades foram com o artilheiro Gabigol. Aos 11 minutos, Michael cruzou na cabeça do atacante, que cabeceou pra fora. Aos 15’, Gabigol tabelou com Everton Ribeiro, mas também mandou pra fora. Dessa vez, com a perna direita.

Aos 34’, Everton Ribeiro fez o lançamento da esquerda, Michael dominou tirando do marcador e finalizou forte de canhota. A bola saiu à esquerda de Fernando Prass. A primeira etapa terminou tudo igual no placar: 0 a 0.

Logo no início do segundo tempo, aos 4 minutos, o Ceará abriu o placar. No escanteio cobrado pra área, Luiz Otávio subiu entre os zagueiros e cabeceou no canto de César: 1 a 0. Aos 10’, o Ceará fez o segundo com Charles. No cruzamento pela direita, o volante se antecipou à zaga rubro-negra e desviou de perna esquerda para o fundo da rede: 2 a 0.

Leia mais:  Maracanã Flamengo empata com o Botafogo por 1 a 1 no Maracanã

Aos 32’, Diego limpou a jogada no meio de campo e abriu na esquerda para Vitinho, que dominou, cortou pro meio e finalizou de perna direita. Prass deu rebote e Diego cabeceou por cima da meta. O time rubro-negro buscou seu gol até o fim, mas não conseguiu. Vitória da equipe cearense por 2 a 0.

E AGORA?
O Mais Querido volta a campo na próxima quinta-feira (17) para enfrentar o Independiente del Valle, às 21h, no estádio Casa Blanca, no Equador. O jogo é válido pela terceira rodada da fase de grupos da Conmebol Libertadores.

ESCALAÇÃO DO FLAMENGO
César, Isla (Matheuzinho), Gustavo Henrique, Léo Pereira, Renê; Willian Arão, Thiago Maia (Diego), Everton Ribeiro, Vitinho (Lincoln), Michael (Pedro): Gabriel Barbosa.
Técnico: Domènec Torrent

Continue lendo

Mais Lidas da Semana