conecte-se conosco

Política MT

Fábio Garcia celebra permanência de Sachetti com o DEM: ‘iniciou esse processo conosco’

Publicado

O DEM, no entanto, ainda tem o desafio de acomodar na chapa todos os nomes que desejam disputar a segunda vaga para o Senado

O deputado federal e presidente do Democratas em Mato Grosso, Fábio Garcia, celebrou a decisão de Adilton Sachetti (PRB) em permanecer na chapa do DEM. Sachetti havia recebido um convite do governador Pedro Taques (PSDB) para uma possível aliança, mas decidiu continuar com o projeto inicial, após reuniões realizadas no domingo (22).

“Eu tinha muita convicção que Adilton estaria conosco porque é uma pessoa muito próxima a nós, uma pessoa que sempre dialogou conosco, sempre esteve conosco, iniciou esse processo conosco, eu tinha muita convicção que ele estaria conosco”, disse Fábio Garcia, em entrevista para a Rádio Capital FM na manhã desta segunda-feira (23).

O DEM, no entanto, ainda tem o desafio de acomodar na chapa todos os nomes que desejam disputar a segunda vaga para o Senado. Além de Sachetti, o ex-vice-governador Carlos Fávaro (PSD) também trabalha para conseguir a vaga. De acordo com o democrata, a solução virá com calma, após muito.

Leia mais:  Aprovado em 1ª votação, PL obriga SUS a realizar cirurgia plástica reconstrutiva

“É legítimo pra mim do Adilton pleitear uma vaga no Senado, já que ele é uma liderança expressiva no estado de Mato Grosso, é legítimo que o Fávaro também pleiteie e é o nosso desafio que tá colocado na mesa, a gente construir uma solução pra essa questão do Senado dentro da nossa chapa e nós vamos fazer isso com muita tranquilidade, com muito diálogo entre todos nós, pra que a gente possa construir uma solução que acomode a todos e que a gente possa então construir uma boa união de pessoas com bons projetos, com boas perspectivas pra que a gente possa apresentar ao estado de Mato Grosso um novo projeto”, afirmou.

Entretanto, o deputado avisou que alguém terá que ceder para que a chapa majoritária seja composta. “Obviamente a gente precisa compor e pra compor, alguém vai ter que ceder. Eu não sei quem pode ceder, isso vai ser fruto de um grande diálogo que a gente vai ter que construir pra que a gente possa ter uma acomodação da chapa e eu tenho absoluta convicção que com muito diálogo, com muita maturidade, a gente vai conseguir encontrar uma solução, já que existe um projeto bastante importante sendo construído”.

Leia mais:  Deputado Thiago Silva apresenta balanço de ações em prol da Unemat em Rondonópolis

Fonte: PBB  – JULIANA GROU

publicidade

Política MT

Assembleia aprova “Programa de Alimentação Balanceada” para escolas de MT

Publicado

Foto: Karen Malagoli

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) aprovou, em segunda votação, o Projeto de Lei nº 77/2019 que cria o Programa de Alimentação Balanceada em escolas públicas e privadas de educação infantil, ensino fundamental e médio do Estado de Mato Grosso.

Desenvolvido pelo deputado estadual Valdir Barranco (PT), a instalação do programa tem por finalidade a promoção da alimentação saudável, obedecendo a padrões de qualidade nutricional e de vida indispensáveis à saúde dos alunos do estado. “Criamos o projeto para impedir que essas crianças e adolescentes se alimentem de uma maneira não saudável, cresçam e venham a adquirir alguma doença crônica por essa má alimentação na infância. Apesar das mudanças, esse substitutivo ainda prevê orientações, campanhas e abordagens para propiciar, não só uma alimentação balanceada, mas a prática de alguma atividade física”, disse.

Com essa aprovação, as instituições escolares devem promover mecanismos efetivos à promoção da alimentação saudável junto à comunidade escolar, alunos, famílias, professores, funcionários da escola, proprietários e funcionários de cantinas escolares. Além de promover a disseminação de informações multifatoriais sobre o consumo consciente de alimentos e hábitos de vida saudáveis para o combate a obesidade, diabetes, hipertensão.

Leia mais:  Rondonópolis terá hospital de prevenção e tratamento de câncer

A proposição também prevê a capacitação dos responsáveis dos aspectos higiênico-sanitários relevantes para o exercício do comércio de alimentos de acordo com os regulamentos da Secretaria Estadual da Saúde.

O texto é um substitutivo à proposição que proibia a venda de doces, refrigerantes, salgados fritos e outros alimentos industrializados que colaborassem para o desenvolvimento de da obesidade, diabetes e hipertensão em cantinas de instituições de ensino do estado.

Agora, o projeto aguarda sanção ou veto do governador Mauro Mendes (União).

Fonte: ALMT

Continue lendo

Mais Lidas da Semana