conecte-se conosco

Entretenimento

Famosos lamentam a morte da jornalista Danuza Leão

Publicado

source
Danuza Leão
Reprodução/Instagram

Danuza Leão


Famosos, personalidades e anônimos repercutiram a morte da ex-modelo e escritora Danuza Leão nas redes sociais. Ícone de toda uma geração, Danuza morreu aos 88 anos, vítima do agravamento de um enfisema pulmonar. Ela estava internada na Clínica São Vicente, na Gávea, Zona Sul do Rio.

+ Entre no  canal do iG Gente no Telegram e fique por dentro de todas as notícias sobre celebridades, reality shows e muito mais!

Danuza publicou vários livros e falava sobre cultura e comportamento em suas colunas jornalísticas. Ela já escreveu para o “Jornal do Brasil”, “O Globo” e “Folha de S. Paulo”. “Noite triste para o jornalismo”, disse Gerson Camarotti, comentarista político da Globonews, no Twitter. “Mais uma perda… Esse ciclo da vida, de pessoas indo e vindo, acho que nunca irei me adaptar”, lamentou a atriz Zezé Motta.


Confira abaixo a repercussão da morte de Danuza Leão:

+ Siga também o perfil geral do Portal iG no Telegram !

Gerson Camarotti, jornalista: “Noite triste para o jornalismo: Morre Danuza Leão, escritora, colunista influente e ex-modelo que marcou várias gerações no Brasil”.

Leia mais:  Anitta usa fantasia de Sereia Gamer para show de Carnaval

Astrid Fontenelle, apresentadora: “RIP Danuza Leão. A mulher que tem uma autobiografia intitulada Quase Tudo já diz a que veio. Colunista, modelo lá pelos 60. Foi casada com Samuel Wainer, com quem teve três filhos. Uma, a querida amiga Pink Wainer. É também avó da Rita Wainer e do João. Uma belíssima linhagem”.

Zezé Motta, atriz: “Só quem viveu a maioridade nos anos 70/80 no Rio, onde praticamente tudo acontecia, vai entender o quão a frente do tempo era a Danuza Leão. Soube agora de manhã que ela partiu… Mais uma perda… Caramba! Esse ciclo da vida, de pessoas indo e vindo, acho que nunca irei me adaptar”.

Rosana Hermann, jornalista: “Que triste, morreu a Danuza Leão”.

Cristovam Buarque, político: “Danuza Leão viveu e ajudou a fazer um mundo melhor e mais belo. Obrigado, Danuza”

Britto Jr., jornalista: “Morre Danuza Leão, 88. Seus livros e colunas de jornal ensinavam elegância, artigo raro no mundo atual”.

Maurício Branco, ator: “O mais louco de tudo é que: Nós não éramos amigos, mas como todo leitor se identifica com o autor de um livro incrível, foi assim que Danuza Leão praticamente me educou. Seu livro “Na sala com Danuza ” é desde os anos 90 meu livro de cabeceira. Fui muito bem educado pelos meus Pais, mas ela que trouxe o verniz que eu precisei para encarar o circuito Elizabeth Arden. Quando ela lançou sua biografia fui o primeiro a comprar com certeza. Um dia voltando da academia, passei por um restaurante Tailandês na Dias Ferreira, e lá estava ela, jantando com um senhor com porte de príncipe. Eu fui em casa peguei o livro e cheguei na mesa com delicadeza e pedi uma dedicatória. Ela escreveu: Uau !!! Achei o máximo você pedir meu autógrafo!! Sabia de tudo, dona de um bom senso fora de série, sem falar em toda a sua história de vida. Minha Vida é dividida em duas partes. Antes e depois de professora Danuza. Vá em Paz. E muito obrigado por me ensinar a ser um ser humano melhor. Hoje mesmo lembrei dela no capitulo dedicado a Ressacas do “Na Sala”, porque hoje acordei com a cabeça girando”.

Leia mais:  Gil do Vigor celebra Grande Rio campeã em ensaio do Dança dos Famosos

Ingrid Guimarães, atriz: “Danuza Leão”

Fonte: IG GENTE

publicidade

Entretenimento

Orochi procurou Cauã Reymond após ataque de pitbulls: ‘Foi resolvido’

Publicado

O rapper Orochi, que está sendo investigado pela polícia por conta do ataque de seus pitbulls a Cauã Reymond e outros moradores do condomínio em que os dois moram, no Rio, ligou para o ator no mesmo dia do fato. Segundo a assessoria de imprensa do ator, o contato foi feito por meio de mensagem, os cães foram retirados do local e ”tudo ficou resolvido entre eles, com Cauã sendo um grande admirador do trabalho de Orochi”.

O ataque aconteceu no último dia 12, por volta das 20h30, quando Cauã Reymond passeava com seus dois cães, a mulher, a modelo Mariana Goldfarb, e sua filha, Sofia, de 10 anos. Na hora, os pitbulls, que ficavam soltos e sem coleira nas ruas do condomínio, começaram a brigar entre si. Num gesto de proteção, um dos cachorros do ator, que estava na coleira, saiu correndo na direção dos pitbulls para defender a família do ator, que procurou a polícia depois do incidente.

Orochi informou, por nota, que os “fatos alegados são contraditórios e serão devidamente apurados no judiciário”. “Os cães não são de minha propriedade, assim como em todos os supostos episódios de fugas dos cães, eu não tive qualquer ação ou omissão que deixasse os cães escapar. Apesar disso, há uma ainda não explicada intenção de atribuir a mim, talvez o único jovem negro proprietário de um imóvel no Joá, a pecha de criminoso”, disse o cantor.

Leia mais:  Jorge Vercillo apresenta seu novo show "Raça Menina" em São Paulo

Fonte: IG GENTE

Continue lendo

Mais Lidas da Semana