conecte-se conosco

Cuiabá

Gestão Emanuel Pinheiro revoluciona saúde bucal da capital e triplica número de equipes

Publicado


Gustavo Duarte

Clique para ampliar

A saúde pública, uma das principais bandeiras defendidas pelo prefeito Emanuel Pinheiro, tem caminhado a passos largos.  Um exemplo, é o setor odontológico. Quando assumiu a gestão, em janeiro de 2017, Cuiabá contava apenas com 10 equipes de saúde bucal e graças ao empenho da gestão, o número passou para 49 em 60 meses, um aumento expressivo de quase 300%. “Nosso compromisso é o de melhorar a vida das pessoas. Nos pautamos pela humanização, por cuidar com carinho e zelo do paciente SUS, dos que mais necessitam’, declarou o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro.

Cada equipe é composta por dois profissionais, sendo eles, um cirurgião dentista e um auxiliar, atuando diretamente nos atendimentos à população. Eles são responsáveis por procedimentos básicos, como restaurações, extração dentária, biópsia, projetos educativos de prevenção e promoção da saúde bucal. A meta, segundo a coordenadora da Pasta, Roseli Barranco, é chegar a 60 equipes até dezembro de 2022.

Em razão da pandemia, as demandas eletivas foram suspensas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), Unidades de Saúde da Família (USF) e Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), atendendo apenas os casos de urgência e emergência. Em setembro do ano passado, os serviços e agendamentos retornaram à normalidade.

A coordenadora se orgulha dos avanços conquistados pela gestão, ampliando significativamente a oferta, e afirma que o intuito é alcançar a maior cobertura possível. 

“Se fizermos uma comparação com os anos anteriores, a oferta é muito maior do que antes, mas à medida em que oferecemos um produto, a procura aumenta. Estamos lutando para não decepcionar a população, oferecendo todos os tratamentos que eles necessitam”, ressaltou. 

Leia mais:  Hospital Municipal São Benedito volta a funcionar em sua totalidade

Outra ação de grande impacto e que tem facilitado o acesso dos cuiabanos aos tratamentos dentários é a atuação das equipes do Saúde na Hora, nas unidades contempladas pelo programa Hora Estendida que funcionam até às 21h, atendendo os trabalhadores após o horário comercial, sendo elas,  no Centro de Saúde da Família do bairro Tijucal, Clínica da Família do CPA I, Ilza Picolli e Parque Ohara. 

O coordenador das Clínicas Odontológicas, Wagner Vinicius de Lima, elencou o desempenho das clínicas (CEOs) referente a prestação de serviços em 2021, ano pandêmico, foi motivo de orgulho, superando as expectativas. 

“Mesmo com todas as dificuldades, conseguimos manter os atendimentos, diminuir em cerca de 95% as reclamações nas ouvidorias. As clínicas e plantões conseguiram dar o melhor acolhida e atendimento aos nossos pacientes, tanto que os últimos cinco meses foram um marco para nós, motivo de orgulho a quantidade de tratamentos concluídos”, frisou. 

A Pasta conta com os Plantões Odontológicos, que funcionam 24h, de forma ininterrupta, nos bairros Verdão, Morada do Ouro, Pascoal Ramos, Policlínica do Coxipó e em breve na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim Leblon. Abrangem também o Serviço de Atendimento Especial (SAE) do Grande Terceiro, assim como o Serviço de Atendimento a Melhor Idade do Padre Firmo. 

As comunidades rurais também passaram a contar com equipes de saúde bucal na região do Rio dos Peixes, Guia, Sucuri e Aguaçu, e por meio do Projeto Amor – Assistência Médica e Odontológica Rural.

Leia mais:  Defesa Civil convida população para observar o eclipse lunar que acontece nesse domingo (15) no Parque Tia Nair

Confira a lista dos locais:  

 

CL DA FAMÍLIA USF CPA I EQUIPE I

UNIDADE CENTRO AMÉRICA

CL DA FAMÍLIA USF CPA II EQ I

CLIN. FAM. USF CPA II EQ IV

CL DA FAMÍLIA CPA II EQ III

USF NOVO PARAÍSO I – EQUIPE I

USF SANTA ISABEL EQ I

USF PEDRA 90 EQ I

USF PEDRA 90 EQ II

USF PEDRA 90 EQ V

USF PEDRA 90 EQ VI

USF NOSSA SENHORA DA GUIA

USF AGUAÇU

USF SUCURI

USF RENASCER

UNIDADE USF ALTOS DA SERRA EQ I

USF ALTOS DA SERRA EQ II

USF JD. FLORIANOPÓLIS

USF JD UNIÃO

USF DESPRAIADO EQ I

USF DESPRAIADO EQ II

USF JOCKEY CLUB. EQ I

USF JOCKEY CLUB. EQ II

USF RIO DOS PEIXES

USF ITAPAJÉ / SANTA TEREZINHA EQ I

USF ITAPAJÉ / SANTA TEREZINHA EQ II

USF NOVO TERCEIRO EQ I

USF NOVO TERCEIRO EQ II

USF NOVO COLORADO EQ I

USF NOVO COLORADO EQ II

USF PARQUE OHARA EQ I

USF PARQUE OHARA EQ II

USF PARQUE OHARA EQ III

USF PARQUE CUIABÁ EQ I

USF PARQUE CUIABÁ EQ II

USF PARQUE ATALAIA EQ I

USF PARQUE ATALAIA EQ II

USF ILZA PICOLLI I EQ I

USF ILZA PICOLLI I EQ II

USF ILZA PICOLLI I EQ III

USF JARDIM INDEPENDÊNCIA

USF JOÃO BOSCO E PINHEIRO

USF 1° DE MARÇO

USF DR. FÁBIO EQUIPE I

USF DR. FÁBIO EQUIPE II

USF OSMAR CABRAL

USF JARDIM LIBERDADE

USF RIBEIRÃO DO LIPA

PSF ALVORADA

publicidade

Cuiabá

Primeiro dia de ação do ‘Projeto Quero te Conhecer’ resulta no acolhimento de quatro pessoas

Publicado

A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa Com Deficiência,  iniciou nesta segunda-feira (27), novo mapeamento de identificação do percentual da população em situação de rua e imigrantes presentes. 

Neste primeiro dia foram realizadas 37 entrevistas que resultaram no acolhimento de quatro pessoas. Elas foram  encaminhadas às  unidades socioassistenciais exclusivas para atendimento desse público. Também foram realizadas sete entrevistas com imigrantes nas proximidades da Praça Alencastro. A iniciativa integra o projeto ‘Quero te Conhecer’ que está na quinta edição.  Desde o primeiro ano da gestão Eanuel Pinheiro o trabalho vem sendo realizado. Mediante o novo levantamento, a Assistência Social conseguirá estabelecer políticas públicas efetivas no atendimento e acolhimento do público. 

Os primeiros pontos visitados foram a região do Terminal Rodoviário e avenida Barão de Melgaço. 

“Ao longo dos anos, e com as ações de abordagens que são realizadas de forma contínua, percebemos a necessidade de expandir as visitas nos bairros pois, esses grupos não estão mais apenas na região central, disse a coordenadora de Proteção Especial, Fabiana Soares. 

Leia mais:  Sugestão de Pauta: Prefeito Emanuel Pinheiro entrega reforma geral da EMEB Agostinho Simplício de Figueiredo, na Regional Leste

Atendendo a programação, também serão pesquisadas as regiões de concentração da população em situação de vulnerabilidade social, Morro da Luz, Beco do Candeeiro, perímetro da avenida  Carmindo de Campos, CPA, trevo do Santa Rosa, praças Ipiranga, região do Porto e viaduto do Shopping Três Américas. 

O trabalho de mapeamento conta com um  questionário onde foram dispostas vinte perguntas, que irão possibilitar a coleta de dados como escolaridade, documentação, emprego, renda, total de familiares, condições de saúde, entre outros aspectos que irão subsidiar conhecer o perfil atual da população em situação de rua e imigrantes. 

A ação terá continuidade até a quarta-feira (29), dividida em dois períodos, matutino (10h às 12h) e vespertino (16h às  19h). Dados registrados apontam que em 2021, foram identificadas 96 pessoas em situação de rua. Em 2019, 212.

Nas abordagens aos imigrantes, informa a secretária municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, Hellen Ferreira, serão ofertadas cestas básicas  para aqueles que aceitarem retornar às respectivas casas. A equipe irá acompanhar até as residências para validação das informações.

Leia mais:  Stopa recebe visita do embaixador da Finlândia no Brasil

“Além da abordagem nos pontos de concentração, também serão entrevistadas as pessoas que estão nas unidades de acolhimento e no Centro Pop”, lembrou a secretária. 

Após a coleta dos dados,  a equipe técnica da coordenação de proteção social especial fará a compilação e análise das informações. Com eles, será possível obter um perfil minucioso para implementar políticas públicas para atender as necessidades desse público. 

“Esse trabalho de sensibilização é permanente. É meta do nosso prefeito Emanuel Pinheiro e,  da nossa primeira-dama Márcia Pinheiro, oferecer acolhimento para o maior número possível de pessoas em risco de vulnerabilidade social. Sabemos que muitos ainda são resistentes, mas com esse trabalho contínuo, aos poucos, vamos alcançando os resultados esperados”, finalizou Hellen Ferreira.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

Continue lendo

Mais Lidas da Semana