conecte-se conosco

Economia

Google abre vagas no Brasil e vai contratar 200 engenheiros até 2023

Publicado


source
Google quer dobrar equipe de engenharia no Brasil
Unsplash/Kai Wenzel

Google quer dobrar equipe de engenharia no Brasil

O Google anunciou nesta segunda-feira (24) que tem planos para dobrar o número de funcionários que atuam na área de engenharia no Brasil. Até o final de 2023, a expectativa da empresa é abrir 200 vagas em Belo Horizonte e São Paulo, havendo também opções de trabalho 100% remoto.

Atualmente, o Centro de Engenharia do Google no Brasil fica em Belo Horizonte, mas a empresa planeja investir também em uma força de engenharia na cidade de São Paulo.

“Hoje, o Brasil é um dos mercados mais importantes para nós, aparecendo entre os top 5 na lista dos nove produtos da empresa com mais de um bilhão de usuários. Investir em talento local nos ajuda a ter um ‘olhar brasileiro’ para esses produtos e, ao mesmo tempo, mostra para o mundo a capacidade inovadora dos nossos profissionais, já que estamos falando de soluções usadas globalmente”, afirma Fabio Coelho, presidente do Google Brasil.

Leia mais:  FMI aprova ajuda emergencial para Ucrânia de US$ 1,4 bilhão

O Google esclarece que as vagas para Belo Horizonte e São Paulo dá aos profissionais a possibilidade de atuarem de forma híbrida, indo três vezes na semana ao escritório. Além disso, há também oportunidades 100% remotas.

Além disso, a empresa possui um canal de inscrições para vagas dedicado exclusivamente para pessoas que se identificam como negras. “Acreditamos que o investimento em equidade racial e em inclusão no mercado de trabalho é urgente e deve ser responsabilidade de todas as organizações. Além disso, temos certeza que a representatividade de nossa força de trabalho permite criar produtos mais úteis para todas as pessoas”, afirma Daniel Borges, líder de Recrutamento do Google para América Latina.

Até o final de 2023, a equipe de engenharia do Google no Brasil irá saltar de 200 para 400 funcionários. Atualmente, algumas dessas vagas já estão abertas, sobretudo na área de engenharia da computação. As inscrições podem ser feitas através do site Google Carreiras , mesmo canal em que oportunidades futuras serão divulgadas.

Leia mais:  FSB: 95% dos brasileiros sentiram inflação subindo nos últimos 3 meses

publicidade

Economia

Servidores do BC manterão greve até segunda-feira

Publicado

Em greve há quase três meses, os servidores do Banco Central (BC) manterão o movimento até a próxima segunda-feira (4). Em assembleia, a categoria decidiu continuar parada até o último dia possível para a concessão de aumentos salariais determinado pela Lei de Responsabilidade Fiscal.

De acordo com o Sindicato Nacional de Funcionários do BC (Sinal), os servidores farão um ato virtual pela valorização da carreira no dia 4, com protestos contra o que consideram intransigência na postura do presidente da instituição, Roberto Campos Neto. Na terça-feira (5), os funcionários farão nova assembleia para decidir os rumos do movimento.

Pela Lei de Responsabilidade Fiscal, o Congresso precisaria aprovar, até 30 de junho, reajustes que reponham perdas com a inflação, com a lei entrando em vigor em 4 de julho. Para cumprir esse prazo, no entanto, o governo precisaria ter enviado projeto de lei ou medida provisória ao Congresso no fim de maio ou na primeira semana de junho.

Reivindicações

Em greve desde 1º de abril, os funcionários do BC reivindicam a reposição das perdas inflacionárias nos últimos anos, que chegam a 27%. Eles também pedem a mudança da nomenclatura de analista para auditor e a exigência de nível superior para ingresso de técnicos no BC.

Leia mais:  Confiança do comércio volta a crescer após dois meses

Em 19 de abril, a categoria suspendeu a greve, mas retomou o movimento por tempo indeterminado desde 3 de maio. Desde então, só serviços considerados essenciais estão sendo executados, como as reuniões do Comitê de Política Monetária (Copom) e a divulgação do déficit primário no primeiro quadrimestre.

A divulgação de estatísticas, como o boletim Focus (pesquisa semanal com instituições financeiras), o fluxo cambial, o Relatório de Poupança e a taxa Ptax diária (taxa média de câmbio que serve de referência para algumas negociações), foi suspensa ou ocorre com bastante atraso. Projetos especiais, como a expansão do open banking e a segunda fase de consultas de saques de valores esquecidos, estão suspensos.

Desde o início do ano, diversas categorias do funcionalismo federal trabalham em esquema de operação padrão ou fazem greve porque o Orçamento de 2022 destinou R$ 1,7 bilhão para reajuste a forças federais de segurança. No fim de abril, o governo confirmou que estudava aumento linear de 5% para todo o funcionalismo, mas, no início do mês, o ministro da Economia, Paulo Guedes, descartou a concessão de reajustes em 2022.

Leia mais:  FMI aprova ajuda emergencial para Ucrânia de US$ 1,4 bilhão

Edição: Nádia Franco

Fonte: EBC Economia

Continue lendo

Mais Lidas da Semana