conecte-se conosco

Policial

Investigado por estupro de vulnerável ocorrido há 3 anos em MT é preso no interior do Paraná

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Um homem de 34 anos, investigado pela Polícia Civil por estupro de vulnerável ocorrido em Sinop, há três anos, foi preso nesta quarta-feira (19.01), no interior do Paraná.

Após nformações repassadas pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Sinop sobre o paradeiro do foragido, a Polícia Militar de Matelândia, cidade na região de Foz do Iguaçú, cumpriu o mandado de prisão contra o homem procurado pela Justiça de Mato Grosso.

L.S. era procurado desde 2018 peloc rime cometido contra sua enteada, que atualmente tem 12 anos. Depois da decretação da prisão pela Comarca de Sinop, ele ficou foragido até que a Polícia Civil conseguiu descobrir o paradeiro dele na cidade do interior paranaense.

Depois da prisão, ele foi encaminhado à Delegacia da Polícia Civil de Matelândia e aguardará a autorização para recambiamento a Mato Grosso.

Outra prisão

Na última semana, outro homem investigado por estupro de vulnerável foi preso pela Polícia Civil em Sinop. V.G., de 47 anos, teve a prisão decretada pela 2a Vara Criminal do município após investigação realizada pela Delegacia da Mulher, Criança e Idoso pelos crimes de estupro de vulnerável e ameaça.

Leia mais:  Polícia Civil cumpre prisão de condenado por homicídio com passagens por vários crimes

Fonte: PJC MT

publicidade

Policial

Homem é preso em flagrante pela Polícia Civil após invadir residência de ex-companheira e tentar enforcá-la

Publicado

A Polícia Civil prendeu em flagrante, na madrugada deste domingo (26.06), em Água Boa, um homem de 35 anos por crimes de violência doméstica contra a sua ex-companheira.

A vítima procurou a Delegacia de Água Boa e afirmou que foi agredida durante a madrugada, quando o ex-companheiro invadiu a residência, pela janela, por volta das 03h15, e tentou enfoca-la.

Ela conseguiu escapar da agressão porque seu irmão chegou no momento e o agressor fugiu. Antes, ele quebrou o celular da vítima e fez ameaças contra ela.

Após diligências, o suspeito foi preso pela equipe de investigadores em sua residência, quando tentava fugir.

O investigado possui diversos registros criminais. Ele, inclusive, é alvo de medidas cautelares que o proíbem de manter contato com a vítima e da obrigação de recolhimento domiciliar no período noturno.

Fonte: PJC MT

Leia mais:  Líder de organização envolvida em roubo de cargas no interior paulista é preso em Sinop
Continue lendo

Mais Lidas da Semana