conecte-se conosco

Tecnologia

Microsoft marca evento para revelar jogos do Xbox Series X

Publicado


source

Olhar Digital

Xbox Series X
Reprodução

Design oficial do Xbox Series X


A Microsoft confirmou um evento virtual para o dia 23 de julho, quando apresentará os primeiros títulos para o Xbox Series X .


O anúncio foi feito pelas redes sociais da marca Xbox e não traz muitos detalhes. Tudo o que sabemos, no momento, é que a partir das 13h (horário de Brasília) do dia 23 de julho, a empresa fará uma apresentação com alguns dos jogos que estão a caminho do console .

Entre os títulos, um que é certo é Halo Infinite , um dos jogos prometidos para o lançamento do Xbox Series X e que é tratado internamente como um “reboot espiritual” da franquia, uma das mais populares entre os donos de Xbox.

Outros jogos já mostrados no passado e que podem voltar a dar as caras são Senua’s Saga: Hellblade 2, e Everwild, ambos que está sendo desenvolvidos por estúdios internos da Microsoft .

Leia mais:  Apps de ensino remoto coletaram dados sensíveis de crianças

O Xbox Series X está previsto para ser lançado no último trimestre . A Microsoft ainda não confirmou o preço do console. Segundo rumores, ela também lançará uma versão mais modesta , chamada Xbox Series S , com capacidade de rodar os mesmos jogos, mas com qualidade gráfica inferior – uma espécie de “Xbox de entrada”.

publicidade

Tecnologia

Facebook faturou R$ 158 milhões com anúncios falsos em quatro anos

Publicado

Facebook lucra com campanhas de desinformação
Unsplash

Facebook lucra com campanhas de desinformação

Em cerca de quatro anos, o Facebook faturou ao menos US$ 30,3 milhões (cerca de R$ 158 milhões, em conversão direta) em anúncios realizados por redes de comportamento inautêntico coordenado – como campanhas de desinformação -, mostra um levantamento feito pela revista Wired.

Os números são referentes ao período entre julho de 2018 e abril de 2022, e as redes foram posteriormente derrubadas pelo Facebook. Margarita Franklin, chefe de comunicações de segurança da Meta, confirmou à Wired que a receita de anúncios não é devolvida mesmo se os anunciantes forem banidos por ferirem as regras da plataforma.

De acordo com a empresa, nem todo o montante veio de anúncios que, de fato, violavam as regras do Facebook. Parte do dinheiro veio de publicidade autêntica, mas realizada pelas mesmas organizações que foram derrubadas por participarem de redes de comportamento inautêntico coordenado.

Dentre os comportamentos inautênticos com os quais o Facebook vem lucrando nos últimos anos, estão páginas falsas que visam enganar os usuários e, em grande parte dos casos, campanhas de desinformação.

O levantamento da Wired também revela que mais de US$ 22 milhões dos US$ 30,3 milhões foram gastos por apenas sete redes de comportamento inautêntico. Uma única campanha global ligada a um grupo de mídia de direita anti-China rendeu US$ 9,5 milhões aos cofres do Facebook.

Fonte: IG TECNOLOGIA

Continue lendo

Mais Lidas da Semana