conecte-se conosco

Município lança “Feliz Natal Cuiabá” e inaugura decoração natalina

Publicado


Gustavo Duarte

Clique para ampliar

Dando continuidade à tradição da gestão Emanuel Pinheiro, a Prefeitura de Cuiabá realizou, na noite desta quarta-feira (22), o “acender das luzes”, da decoração de Natal na praça e no palácio Alencastro.

De acordo com o secretário Municipal de Cultura, Aluísio Leite, o “Feliz Natal Cuiabá” surgiu em parceria com a empresa Águas Cuiabá em um momento que aos poucos a população começa a retomar a normalidade ou ao “novo normal”.

“A festa de Natal desse ano traz esse sentimento de magia, encantamento, esperança e renascimento. Que o Natal seja um momento importante na vida de cada um e que Deus continue nos abençoando”, afirma.

Para o diretor-geral da Águas Cuiabá, William Figueiredo, todos estão carentes de alegria, de felicidade e é isso que o Natal traz, o momento de nos reunirmos novamente com quem amamos. ”Para a Águas Cuiabá é muito importante participar de um projeto como este, não fazemos um trabalho sozinho, somos parceiros e queremos ver Cuiabá crescer e prosperar”, assegura.

Segundo o vice-prefeito, José Roberto Stopa, acender as luzes de Natal é um ato simbólico.

“Esta época do ano é sinônimo de paz e harmonia, espero que no próximo ano tenhamos a superação deste mal que nos assolou pelos dois últimos anos que é a Covid-19 e que possamos ter um 2022 de paz, saúde e progresso”, reforçou.

Maria Helena Silva, moradora do Pedra 90, estava na praça para assistir ao espetáculo. Ela acredita que este é um momento de renovar o espírito natalino e não teria como passar pela praça Alencastro e não encontrar nenhuma decoração. Ela pontuou que mesmo em meio a tantas batalhas que foram enfrentadas neste ano, não podemos perder a fé de que o próximo ano será melhor.

“Esse ano é um ano especial, passamos por dois anos de pandemia, sofrimento, morte, muita gente perdeu família, filho, amigos. Vamos reunir as famílias com segurança, dar um abraço apertado porque o ano passado não pudemos dar”, avaliou.

O evento contou ainda com apresentação do projeto “Piano da Gente”, que apresentou canções natalinas.

 

publicidade

Jurídico

Petição de Randolfe Rodrigues sobre suposta interferência de Bolsonaro na PF é remetida à PGR

Publicado

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), encaminhou para manifestação da Procuradoria-Geral da República (PGR) petição em que o senador Randolfe Rodrigues (Rede/AP) narra suposta participação do presidente da República, Jair Bolsonaro, na obtenção de informações sobre investigações e seu repasse ao ex-ministro da Educação Milton Ribeiro, alvo de operação da Polícia Federal (PF).

O despacho do ministro foi assinado nos autos do Inquérito (INQ) 4831, instaurado a pedido da PGR para apurar declarações do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro sobre suposta tentativa de interferência política do presidente da República na PF. O relatório final dessas investigações, em que a PF conclui que não há indícios de cometimento de delitos, foi juntado aos autos e encaminhado pelo relator, em 27 de abril, também para manifestação da PGR.

Segundo o senador, os fatos reportados pela imprensa indicam nova interferência do presidente da PF. Ele pede a abertura de inquérito para apuração de violação de sigilo e de obstrução da justiça.

Investigação

O ex-ministro Milton Ribeiro é investigado por fatos relacionados à liberação de verbas do Ministério da Educação e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), durante sua gestão, com a suposta intermediação dos pastores Gilmar Santos e Arilton Moura.

Randolfe cita reportagens em que o ex-ministro, em conversa interceptada com autorização judicial, se refere a suposta fala do presidente sugerindo a ocorrência de busca e apreensão contra ele. Na petição, o senador pede, ainda, que sejam tomadas “medidas cabíveis a fim de evitar interferências indevidas da cúpula do Poder Executivo nas atividades-fim da Polícia Federal”.

Leia a íntegra da decisão.

AD//CF

Fonte: STF

Continue lendo

Mais Lidas da Semana