conecte-se conosco

Cuiabá

Nova ponte de concreto na comunidade Batec deve ser entregue ainda em janeiro

Publicado


Luiz Alves

Clique para ampliar

A Prefeitura de Cuiabá prepara a entrega uma mais uma ponte de concreto na zona rural. Desta vez, a comunidade beneficiada é a do loteamento Batec, localizada no Distrito do Coxipó do Ouro e que é habitada por cerca de 390 famílias. Para atender a demanda, foram investidos mais de R$ 900 mil, oriundos da Fonte 100 do Município e do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab). 

A travessia já foi levantada e, agora, passa pelo período de compactação do aterramento das cabeceiras. A ponte de concreto irá substituir uma estrutura de madeira que, principalmente durante o período chuvoso, não oferta as condições necessárias de uso aos condutores e pedestres. A previsão da Secretaria Municipal de Obras Públicas é de que a inauguração aconteça ainda neste mês de janeiro. 

“Essa é mais uma obrar que vai solucionar, de forma definitiva, um problema enfrentado pela população. Neste caso, são mais de 35 anos esperando por esse olhar cuidadoso de uma gestão. A ponte de madeira colocava a vida das pessoas em risco, já causou vários acidentes, conforme relatado por moradores. Mas, seguindo a missão dada pelo prefeito Emanuel Pinheiro, estamos findando com esses transtornos”, comenta o vice-prefeito e secretário de Obras Públicas, José Roberto Stopa. 

Leia mais:  Jayme parabeniza Emanuel Pinheiro por obra do Dutrinha e destaca, 'a história de MT não surgiu ontem'

A construção da nova estrutura faz parte do planejamento elaborado pela gestão Emanuel Pinheiro, que tem como meta substitui 80% das pontes de madeiras por edificações de concreto. Além desta no Batec, outras cinco pontes de concreto estão previstas para ser entregues em diferentes comunidades da zona rural, em 2022. Também é objetivo do Município dar a ordem de serviço para o levantamento de mais sete, no segundo semestre. 

TRABALHO CONTÍNUO 

Seguindo um plano de trabalho iniciado em 2017, em quatro anos, a gestão do prefeito Emanuel Pinheiro construiu seis novas pontes de concreto na zona rural. Com um investimento de cerca de R$ 4 milhões, foram beneficiados moradores da Ecoville II, Distrito do Aguaçu, Distrito do Coxipó do Ouro (Rio Bandeira e Rio Paciência), e comunidade dos Médicos (Rio Aricazinho e Rio dos Médicos).

Paralelo às grandes pontes de concreto, o planejamento também contempla a edificação de bueiros celular e tubular, que atendem com eficiência a demanda de córregos, onde o volume da passagem de água é menor que a de rios. De acordo com a Secretaria de Obras Públicas, de 2017 a 2021, mais de 100 estruturas deste tipo foram construídas. 

Leia mais:  Secretaria da Mulher apresenta projeto Mãos Amigas ao Ministério Público Estadual

publicidade

Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá realiza ação de combate ao trabalho infantil na feira livre do CPA III

Publicado

A Prefeitura de Cuiabá, via Secretaria de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, realizou, na noite de sexta feira (24), uma grande mobilização popular de combate ao trabalho infantil na feira livre do bairro CPA III, Região Norte do município. 

A ação de conscientização pertence a ampla programação idealizada pela Gestão Emanuel Pinheiro com a finalidade de exterminar práticas desta natureza na sociedade, bem como alertar a população sobre as consequências devastadoras e irreparáveis ocasionadas nas vítimas. No local foram distribuídos folhetos informativos, banners e orientações sobre o tema, sensibilizando os comerciantes e visitantes sobre a importância de defesa da causa, seguindo as diretrizes do Programa Nacional de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI). 

A coordenadora do PETI no município, ligada ao Executivo Municipal Rute Merle, afirmou que as iniciativas nesses locais, onde há uma intensa movimentação de pessoas, tiveram início no ano passado e, desde então, passaram a fazer parte do cronograma anual. “Tendo em vista que dentro da agricultura familiar existe um número alto de crianças e adolescentes trabalhando, ainda que seja com seus familiares, porém, não deixa de ser um trabalho que prejudica, principalmente, o desenvolvimento das crianças durante à infância, respectivamente. Somos muito bem recebidos em cada uma das feiras e vamos continuar levando a mensagem e fazendo a nossa parte enquanto representantes do Poder Público”, disse. 

Leia mais:  Prefeitura de Cuiabá protocola documento que trata da LDO 2023 na Câmara Municipal

O conselheiro tutelar, Osvir Leite, enfatizou que a presença da equipe em ocasiões como esta é pautada por uma atuação informativa, contribuindo para diminuição dos índices atuais. “Estamos conversando, ouvindo e dialogando de forma passiva, orientando as pessoas para se renderem à essa realidade que ainda persiste nos dias atuais”, completou. 

A moradora Andréia Arruda, elogiou o empenho da Gestão Emanuel Pinheiro em levar o assunto para às ruas da cidade. “Sou contra o trabalho infantil, pois tudo tem seu tempo e hora certa. Tudo que é feito corretamente faz bem para todo mundo”, acrescentou. 

No Brasil, é considerado trabalho infantil toda forma de trabalho exercida por crianças e adolescentes, de ambos os sexos, abaixo da idade mínima legal permitida de 16 anos, exceto perante a condição de admissão em caráter de aprendiz, a partir dos 14 anos completos. 

O encerramento das ações está marcado para acontecer na próxima quarta-feira (29), nas instalações do Mercado do Porto, com início previsto para às 09 horas. Contudo, os munícipes podem ser um potente agente inibidor de ocorrências desta natureza. Para colaborar é bem simples, ao presenciar casos como este, basta entrar em contato pelo Disque 100 ou pelo telefone: (65) 99206-6741 (Conselho Tutelar Plantão). 

Leia mais:  Região do Morro da Luz e da Ilha da Banana ganha novo sistema de iluminação pública

Continue lendo

Mais Lidas da Semana