conecte-se conosco

Economia

Operadoras devem abrir 50 mil vagas de emprego para implementar 5G

Publicado


source
5g
Lucas Braga

5g

Com a chegada do 5G ao Brasil, surge um mapa de oportunidades de empregos no país, de olho nas habilidades mais alinhadas com a tecnologia e a inovação.

Somente em 2022, serão abertos cerca de 50 mil postos de trabalho na área, conforme apontam estimativas da Conexis, que reúne empresas de telecom, e da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom).

Comprometidas com investimentos de quase R$ 40 bilhões nos próximos anos, a partir do leilão de frequências do 5G realizado no fim de 2021, as teles e seus fornecedores de equipamentos já contratam operários para a instalação de cabos e antenas para a quinta geração de telefonia móvel.

Também buscam profissionais qualificados para explorar as possibilidades abertas pela nova tecnologia. No longo prazo, as oportunidades não ficarão restritas apenas a profissionais de tecnologia e engenharia.

Leia mais:  Evento une mágica e liderança para impulsionar desenvolvimento pessoal

Até 2025, mais de 670 mil novas vagas podem surgir em função do 5G em diferentes áreas, consolidando novas profissões.

publicidade

Economia

Aneel realizá leilão que prevê até R$ 15,3 bilhões em investimentos

Publicado

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) vai leiloar na próxima quinta-feira (30) 13 lotes de linhas de transmissão de energia. As empresas que obtiverem a concessão ficarão responsáveis por construir, operar e manter as linhas, que somam um total de 5.425 quilômetros e uma capacidade de 6.180 mega-volt-ampères (MVA).

O leilão vai ocorrer às 10h, na sede da B3, em São Paulo. Os contratos de concessão estão previstos para ser assinados em 30 de setembro, e as empresas vencedoras terão prazos de 42 a 60 meses para iniciar a operação comercial das linhas de transmissão. A Aneel prevê que os contratos de concessão gerem R$ 15,3 bilhões em investimentos, gerando de 31.697 empregos diretos.

Os lotes dos empreendimentos estão localizados em 13 estados: Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe.

O lote de maior extensão e que deve gerar mais empregos é o de número 2, que corta os estados de Minas Gerais e São Paulo em um percurso de 1,7 mil quilômetros. O lote tem finalidade de expandir a capacidade de transmissão da região Norte de Minas Gerais e, se concretizado, deve empregar 9,8 mil pessoas.

Leia mais:  País que perder embate contra o Brasil na OMC pode sofrer "vingança"

A disputa dos lances se dará pelo valor de Receita Anual Permitida (RAP). Quando houver mais de uma proposta pelo mesmo lote, vencerá a que propuser o menor valor anual de receita.

Os proponentes deverão depositar para a Aneel uma garantia de proposta no valor de 1% do investimento estimado, com prazo de validade igual ou superior a 120 dias após o leilão e renovável por mais 60 dias.

Para a assinatura do contrato de concessão, o proponente vencedor deverá substituir a garantia anterior por uma correspondente a 5%, 7,5% ou 10% do valor do investimento previsto, a depender do deságio oferecido no leilão.

Edição: Nádia Franco

Continue lendo

Mais Lidas da Semana