conecte-se conosco

Policia Federal

Polícia Federal instaura inquérito para apurar mudança na cor das águas em Alter do Chão/PA

Publicado


Santarém/PA – A Polícia Federal instaurou um inquérito policial para investigar os motivos da alteração na tonalidade das águas no rio Tapajós, distrito de Alter do Chão, no Pará. A investigação foi aberta na última quinta-feira (20/01).

A PF enviou peritos para a região e pretende fazer um sobrevoo, na próxima segunda-feira (24/01). A fiscalização aérea será realizada com duas aeronaves do Instituto Chico Mendes de Conservação e Biodiversidade (ICMBio), que chegarão neste domingo (23/01).

Além da Polícia Federal e do ICMBio, a comitiva será composta por integrantes do Ministério Público, técnicos do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) e pesquisadores da Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA).

A vistoria visa analisar, entre outras questões, a extensão da mancha que está ocasionando a mudança da coloração do Rio Tapajós.

Além disso, os peritos da PF irão colher amostras da água turva em diferentes pontos do rio para posterior análise e laudo pericial.

Cooperação integrada

Técnicos do Ibama e da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará (Semas) iniciaram, na última quarta-feira (19/01), uma inspeção de emergência no rio Tapajós.

Leia mais:  Operação Delivery investiga importação de armas e acessórios

Amostras foram coletadas e encaminhadas para análise após a água apresentar coloração turva – não característica na região. A iniciativa contou ainda com o apoio do Corpo de Bombeiros do Pará.

Coordenação-Geral de Comunicação Social da PF
[email protected]
61 – 2024 8142

publicidade

Policia Federal

PF apreende R$ 2 mil em cédulas falsas em Fortaleza/CE

Publicado

Fortaleza/CE – A Polícia Federal prendeu uma mulher, de 20 anos, e realizou a apreensão de R$ 2 mil em cédulas falsas nesta segunda-feira (27/6), no bairro Mondubim, em Fortaleza/CE. O trabalho foi desenvolvido em conjunto com os Correios.

O flagrante aconteceu no momento em que a suspeita recebia encomenda contendo 20 cédulas de R$ 100 falsas. A presa confessou o crime aos policiais. Também foi apreendido o seu aparelho celular.

A presa foi indiciada por crime de moeda falsa, conforme o artigo 289, parágrafo primeiro, do Código Penal Brasileiro, que prevê pena de reclusão de 3 a 12 anos e se encontra à disposição da Justiça Federal.

As investigações continuam para análise da mídia apreendida e identificação de demais participantes do crime flagrado.

Comunicação Social da Polícia Federal no Ceará

Contato: (85) 3392-4868/99720194

Leia mais:  Polícia Federal intensifica ações de fiscalização e repressão no Porto de Suape
Continue lendo

Mais Lidas da Semana