conecte-se conosco

Mato Grosso

Policiais penais são treinados para manusear drones e evitar entrada de ilícitos nas penitenciárias

Publicado


Policiais penais estão sendo capacitados no curso “Operação de aeronave remotamente pilotada – drone – asa rotativa”. A formação foi iniciada na última segunda-feira (26.07) e vai até sábado (31.07), dividida em duas turmas com 15 agentes cada. O curso é ministrado por um profissional do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT).

A primeira capacitação foi concluída na quarta-feira (28.07), e contou, exclusivamente, com 15 agentes da Penitenciária Central do Estado (PCE). A segunda turma iniciou a qualificação nesta quinta-feira (29.07), com outros 15 profissionais da Escola Penitenciária, Serviço de Operações Penitenciárias Especializadas (SOE), Grupo de Intervenção Rápida (GIR), Penitenciária Central do Estado (PCE), Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), Inteligência, Infraestrutura da Secretaria Adjunta de Administração Penitenciária (Saap) e Guarda Municipal de Várzea Grande.

O objetivo do curso é qualificar e ensinar os policiais como realizar a operação de uma aeronave remotamente pilotada, assim, aumentando a efetividade das ações de prevenção nas penitenciárias, evitando que materiais ilícitos cheguem dentro das unidades. 

Leia mais:  Seplag promove III ciclo de lives sobre gestão de risco

Na capacitação, com duração de 24 horas/aula, os agentes são instruídos em diversos aspectos teóricos e práticos de um drone. São abordados temas como: legislação, aplicabilidade do drone, manuseio, manutenção básica, cuidados com a bateria, carga e descarga. Já em um segundo momento, é apresentado a parte operacional e então os agentes podem ter contato direto com o drone, ligando-o e fazendo toda a operação do equipamento.

O instrutor João Carlos Santana Barbosa afirmou que a atividade foi bem completa e que os agentes tiveram acesso aos treinamentos para atender várias situações de fiscalização nas penitenciárias. 

“Abordamos assuntos gerais e específicos, desde como cadastrar esta aeronave dentro da lei a voar e cuidar dela. Assim como a parte operacional, como criar as missões automatizadas para o drone fazer uma ronda na penitenciária, criar um modelo tridimensional, fazer o mapeamento aéreo, e muito mais”, destacou o instrutor. 

Graciele Miranda é uma das policiais penais da PCE que concluiu a capacitação. Ela explica que a formação contribui em uma atuação mais precisa. “A capacitação é muito importante, pois com o drone, vamos conseguir fazer o monitoramento ao redor da PCE, do perímetro que o olho humano não alcança”, relatou. 

Leia mais:  Flamengo e Atlético disputam Supercopa do Brasil na Arena Pantanal neste domingo (20)

Para Flávio Julli, coordenador do curso e também policial penal da PCE, usar esta tecnologia a favor da segurança é muito eficaz. “Na PCE tentam entrar com drones carregados de drogas e celulares, iremos usar a mesma tecnologia (drone) para combater esta prática ilícita, isso será bastante eficaz”.

Os drones irão complementar as ações de segurança, permitindo o monitoramento de áreas de difícil acesso visual. Todos os protocolos de segurança ao coronavírus (Covid-19) foram seguidos. Além de máscara e álcool em gel, os servidores também cumpriram o distanciamento social.

(Com supervisão de Débora Siqueira)

Fonte: GOV MT

publicidade

Mato Grosso

“Batalhão era aguardado há décadas; agora, moradores e empresários do Distrito Industrial terão mais segurança”, destaca senadora

Publicado

O governador Mauro Mendes entregou, na manhã desta quarta-feira (29.06), a nova sede do 24º Batalhão da Polícia Militar “Major Thiago Martins de Souza”, em Cuiabá. O novo prédio, localizado no Distrito Industrial, recebeu investimento do Governo de Mato Grosso no valor de R$ 3,766 milhões.

“Essa obra representa muita luta e um sonho de todos os empresários do Distrito Industrial. Há décadas, nós empresários e os moradores aguardávamos por um Batalhão ou Companhia da PM nessa região, e foi nessa gestão que conseguimos concretizar isso, trazendo mais segurança a todos. É uma realização, satisfação, conquista de todos nós, empresas e trabalhadores”, destacou a senadora Margareth Buzetti, que é presidente licenciada da Associação das Empresas do Distrito Industrial de Cuiabá (Aedic).

O governador Mauro Mendes ressaltou que o Governo de Mato Grosso investe na segurança pública em todas as áreas, desde o digital até ao armamento mais moderno.

“O Distrito Industrial é uma área importante com muitas indústrias e residências, e estamos entregano uma sede 100% nova, equipada, moderna e eficiente. O último investimento em obras, como essa, foi feito 1994. Hoje, o Governo de Mato Grosso está construindo batalhões, reformando e construindo mais cinco núcleos da PM, no interior do Estado”.

O secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, ressaltou que a entrega do novo Batalhão da PM é mais uma da série de investimentos que estão sendo realizados pelo Governo nesta área e que resultam diretamente na diminuição dos índices de criminalidade, em Mato Grosso.

“O novo Batalhão irá ajudar toda região com patrulhamento mais ostensivo. A ideia é trazer para a sociedade a sensação de segurança. O governador está fazendo os investimentos e a resposta está na diminuição dos índices de violência. Cuiabá é a segunda capital com menor índice de homicídios e, hoje, com todos os investimentos feitos, o policial trabalha com muito mais satisfação e devolvendo isso para sociedade”, afirmou o secretário Bustamante.

Leia mais:  Biblioteca estadual Estevão de Mendonça completa 110 anos de fundação

Para o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Alexandre Mendes, a nova sede do 24º Batalhão da PM é um “grande ganho para toda a comunidade”, desde a presença de policiamento para a segurança pública e também com o uso das dependências do prédio, que com espaço amplo, podem contemplar a população com cursos e ações sociais.

“Aqui os empresários colocam suas indústrias e empresas, gerando renda e empregos. Com isso, as pessoas que aqui trabalham e residem, também necessitam de segurança. É algo inédito, com a aquisição do espaço realizada pelo Governo do Estado, onde a região contemplada pela grande Pedra 90, Cinturão Verde, Tijucal, Pascoal Ramos, vão ganhar com mais presença física e de rondas da Polícia Militar e isso é bastante significativo para melhoria da segurança pública nessa localidade”, reitera o comandante-geral da instituição.

A nova sede do 24º Batalhão da PM, possui área total de 3.600 m², dos quais 516,85 m² de área construída no pavimento térreo e 485,90 m² no pavimento superior. No local, irão trabalhar os mais de 100 policiais militares que atuam na unidade e que realizam o policiamento de 55 bairros e 60 km² da zona rural da Capital. 

Leia mais:  "Alta Floresta vive um novo tempo com o atual Governo", afirma prefeito Chico Gamba

O nome do novo prédio é uma homenagem póstuma ao major Thiago Martins de Souza, falecido em abril de 2021, em decorrência da covid-19. A mãe e irmã do major participaram da solenidade de inauguração.

Governador Mauro Mendes homenageia mãe e irmã do major Thiago com flores

Inauguração da 2º Companhia da PM no bairro Pedra 90

Ainda na manhã desta quarta-feira (29), o secretário Alexandre Bustamante e o comandante-geral da PMMT, coronel Mendes, realizaram a entrega da 2º Companhia da PM pertencente ao 24º Batalhão, no bairro Pedra 90, que passou por uma reforma e recebeu o nome do cabo Élcio Ramos Leite.

O comandante do 24º Batalhão da PM, tenente-coronel Hender Ulisses da Silva, destacou que a nova base de segurança proporcionará um atendimento completo para a comunidade. “Aqui também vamos realizar a lavratura do boletim de ocorrência, com apoio da Polícia Judiciária Civil, com isso a população não precisa realizar grandes deslocamentos. Além disso, continuamos com o policiamento ostensivo, sendo esta base um maior apoio para os policiais militares que compõem o 24º Batalhão”, afirmou o tenente-coronel Hender.

Entre as autoridades que acompanharam o evento de inauguração estavam a secretária de Comunicação, Laice Souza; o secretário-chefe de Gabinete de Governo, tenente-coronel Jordan Espíndola; o senador Wellington Fagundes; a comandante-geral adjunta da PMMT, coronel Francyanne Siqueira Chaves; o subchefe do Estado-Maior Geral da PMMT, coronel Wilker Soares Sodré; o corregedor-geral da PMMT, coronel Fábio Andrade; o comandante do Primeiro Comando Regional da PMMT, coronel Wankley Rodrigues, entre outras autoridades civis e militares.

 

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mais Lidas da Semana