conecte-se conosco

PRF prende homens suspeitos de praticar crime de receptação de caminhão

Publicado


No município de Nossa Senhora do Livramento-MT, no dia de ontem (22), por volta das 21 horas, uma equipe da PRF foi informada por usuários que um caminhão Scania P320, de cor amarela, estava com a traseira danificada numa estada vicinal que fica aproximadamente uns 20 Km da unidade operacional da PRF em Poconé-MT. A equipe deslocou-se para o local e próximo do caminhão deparou-se com um automóvel HB20, tendo dois homens como ocupantes, um de 38 anos e outro de 25.

Ambos não portavam documentos, e na conversa com os abordados foi verificado que os mesmos estavam bastante nervosos, o que levou a equipe policial a realizar uma busca no interior do veículo. Foram encontrados diversos apetrechos e ferramentas característicos para o desmonte de peças de veículos automotores.

O um dos abordados declarou que foi contratado para fazer a retirada das pecas do caminhão e receberia a importância de R$ 300,00 (trezentos reais) pelo serviço. Foi encontrado também invólucros de plástico no porta-luvas que faziam parte da carga do caminhão. Junto dos comparsas foram encontrados dois celulares destruídos, pouco antes da abordagem, pelo aspecto dos aparelhos.

Diante das informações obtidas foi constatada, a princípio, a ocorrência de receptação de veículo automotor. Os envolvidos foram presos em flagrante e encaminhados à delegacia de Polícia Civil.

Fonte: PRF MT

publicidade

Economia

Pedro Guimarães: Caixa admite ter recebido denúncias de assédio sexual

Publicado

Pedro Guimarães deixou o comando da Caixa nesta quarta-feira (29)
Isac Nóbrega/Presidência

Pedro Guimarães deixou o comando da Caixa nesta quarta-feira (29)

Horas depois de Pedro Guimarães deixar o comando da Caixa Econômica Federal , o banco admitiu pela primeira vez que recebeu “relato” de assédio sexual dentro da instituição pelo canal de denúncias. Segundo a nota divulgada na noite desta quarta-feira, há uma investigação sigilosa em andamento na Corregedoria.

No início da noite, o governo federal confirmou a demissão de Pedro Guimarães por acusações de assédio sexual por funcionárias do banco estatal. Ao mesmo tempo, confirmou o nome de Daniella Marques, atual secretária de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia, como substituta de Guimarães. A troca foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União.

A Caixa destacou que a investigação interna está em andamento desde maio de 2022 e que entrou em contato com “o/a denunciante”. Disse ainda que realizou diligências internas. Ainda nesta quarta-feira, o Ministério Público do Trabalho do Distrito Federal notificou a Caixa para que entregue a relação de denúncias feitas contra o ex-presidente da estatal.

Como mostrou a colunista do GLOBO, Bela Megale, Pedro Guimarães se encontrou com o Bolsonaro durante a tarde. Na reunião, ele oficializou o pedido de demissão da presidência da Caixa Econômica Federal.


Em carta entregue ao presidente e dirigida aos brasileiros e aos colaboradores do banco, Guimarães afirma que não teve tempo para se defender é que é alvo de uma “situação cruel, injusta, desigual e que será corrigida na hora certa com a força da verdade”. No Diário Oficial, a exoneração consta como “a pedido”.

Os relatos contra Guimarães caíram como uma bomba no núcleo político da campanha de reeleição de Bolsonaro. Uma reportagem sobre o tema, acompanhada por vídeos com depoimentos de cinco vítimas de Guimarães, foi publicada na terça-feira pelo site “Metrópoles”.

As funcionárias, cujas identidades foram preservadas, relataram comportamentos inapropriados, como convites, frases constrangedoras e toques em partes do corpo delas.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

Fonte: IG ECONOMIA

Continue lendo

Mais Lidas da Semana