conecte-se conosco

Cuiabá

Primeiro Workshop marca celebração de um ano do programa inédito Incluiabá

Publicado

Iniciativa inédita no país, o programa Incluiabá criado pela Gestão Emanuel Pinheiro realizou, nesta sexta-feira (13), no auditório da Águas Cuiabá, o 1º Workshop do projeto  Incluiabá, que já completou um ano, no mês de abril desse ano. Diversas personalidades públicas estiveram presentes na abertura do evento. Inicialmente a Prefeitura de Cuiabá contratou 16 pessoas, todavia, esse número já ultrapassa mais de 50, uma ampliação de mais de 200%. Os servidores encontram-se lotados em diferentes setores da administração atual, gerenciados pela empresa terceirizada, Bem-Estar, priorizando indígenas, cadeirantes, transexuais, negros, dentre outros.  

O encontro englobou palestras motivacionais, rodas de conversa, trabalhos em grupos e trocas de experiências, destinados ao seu público alvo, grupos sociais minoritários. 

O vice-prefeito, José Roberto Stopa, afirmou que a ação reforça o compromisso da Gestão Emanuel Pinheiro com a implantação de políticas públicas efetivas, pautadas pelo respeito, justiça e inclusão social perante a sociedade cuiabana. “Hoje nós temos pessoas que poderiam estar desempregadas, marginalizadas, excluídas, pois, infelizmente, o preconceito ainda se faz presente. A função de um governo é fazer obras sim, mas a maior delas é cuidar das pessoas, valorizando-as, atendendo aqueles que mais precisam. O prefeito Emanuel Pinheiro coloca muito bem em suas falas, evidenciando que nós governamos para todos, porém, temos um carinho especial pela periferia de Cuiabá, porque é lá que está a real necessidade do governo em colocar as suas mãos. Já imaginou se todos os governantes fizessem isso? Teríamos com toda certeza uma sociedade mais justa e inclusiva, dando dignidade e oportunidade aos cidadãos, de modo geral,  de alimentar as suas famílias”, enfatizou. 

Leia mais:  Formação vai discutir o papel do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e da Busca Ativa Escolar

O secretário de Governo, Luís Cláudio Sodré, pontuou que os planos para este ano é redobrar os índices, alcançando o feito de 100 pessoas efetivadas. “É um programa que começamos como um exemplo para sociedade e quanto piloto para o Brasil, aqueles que não tiveram a oportunidade de ter suas carteiras de trabalho assinadas e poder dizer que são servidores, demonstrando que aqui nós acolhemos, dizer um basta a essas políticas maldosas com o ser humano, de nada vale se não atender as pessoas com humanização e cuidado, abrindo ainda mais vagas “, reiterou. 

Uma das coordenadoras dos Incuiabá, a secretária-adjunta de Assistência Social, Direitos Humanos e Pessoa Com Deficiência, Christiany Fonseca, enalteceu a dedicação de sua equipe de trabalho na execução das atividades e agradeceu a primeira-dama, Márcia Pinheiro por abraçar mais esta causa enobrecedora.

“Obrigada a todos vocês que nos ajudam a fazer e colocar em prática o projeto, bem como a nossa madrinha, a nossa primeira-dama, Márcia Pinheiro. A Prefeitura de Cuiabá não tem medido esforços para combater as formas de discriminação e preconceitos, fazendo disso, um de seus principais pilares. A luta por uma sociedade mais justa e implementar persiste, dando acesso a  oportunidades e direitos para todos e todas, aberto, especialmente aqueles que enfrentam dificuldades de acesso aos mercado de trabalho, recebendo o devido tratamento como qualquer outro servidor. Já foram contratados homens e mulheres transexuais, travestis, imigrantes, quilombolas, vítimas de pessoas com violência doméstica, cadeirantes e muitos outros grupos sociais”, disse. 

Leia mais:  Práticas Integrativas em Saúde trazem melhorias para a população cuiabana

A servidora Maria Auxiliadora, de 62 anos, comentou que se sente feliz e emocionada com mais chance de poder servir a comunidade, levando junto para casa, o sustento de cada dia. “É uma honra para mim participar de um projeto como este com carteira assinada, agradeço a todos que nos ajudam diariamente, vocês fazem a diferença para nós”, completou. 

Estiveram presentes, o secretário-adjunto de Governo, Wilton Coelho, o secretário interino de Obras Públicas, Rauf Macedo e o vereador Luiz Fernando Amorim. Ao final, o evento contou com o sorteio de brindes aos envolvidos. 

publicidade

Cuiabá

A dislexia e as estratégias de intervenção são temas da quarta formação para professores pedagogos que atuam nas salas de apoio

Publicado

No próximo dia 27 prossegue o calendário de formações continuadas de 2022, para professores das salas de apoio das unidades educacionais da rede pública municipal de ensino. Desta vez presencial, a formação terá como tema as “Estratégias Interventivas para trabalhar com estudantes que apresentam transtornos de aprendizagem”, com a professora especialista e assessora da Coordenadoria de Educação Especial, Andréa Negrisoli. Participam das formações 140 profissionais de 81 unidades. Ao longo do ano, serão realizados um total de 13 encontros, online e presenciais, com o tema central, ‘Repensando a prática pedagógica na Sala de Apoio à Aprendizagem e Desenvolvimento do estudante’. Esses profissionais atendem 6.320 estudantes do 2° ao 9º Ano.

Na última sexta-feira (13), a assessora da Coordenadoria de Educação Especial, Andréa Negrisoli falou sobre “O transtorno de leitura e escrita no processo auditivo central”. Três encontros já foram realizados, “Pressupostos teóricos e práticos sobre o trabalho a ser desenvolvido nas Salas de Apoio”, com palestras das assessoras pedagógicas, responsáveis pelo projeto, Lídia Antônia de Siqueira San Martín de Souza, Suely Norberto Gomes e Valéria Aparecida Marconato; “Lei 14.254/11/2021 – parâmetros de atendimento na interface entre desafios e transtornos de aprendizagem”, com as assessoras Andréa Negrisoli e Ana Helena Brito.

Leia mais:  Secretário de Turismo participa de evento que marca o retorno do setor gastronômico no pós-pandemia

Salas de Apoio

As Salas de Apoio à Aprendizagem e Desenvolvimento dos Estudantes são uma das estratégias de intervenção adotadas pela rede pública de ensino de Cuiabá, para tratar os desafios de aprendizagem. Atuando de forma articulada às salas de referência e demais espaços das unidades escolares, ampliam o tempo de aprendizagem dos estudantes. “As Salas de Apoio complementam as ações desenvolvidas na rotina da sala de aula, consolidando o processo de alfabetização linguística e matemática, impactando positivamente no desempenho acadêmico dos estudantes consolidando a alfabetização no tempo certo, respeitando os tempos de vida do estudante garantindo o sucesso da trajetória escolar”, explicou a secretaria Municipal de Educação, Edilene de Souza Machado.

Calendário

Os próximos encontros serão realizados em agosto, nos dias, 12/08, com o tema “Princípios do Sistema de Escrita Alfabético”; 19/08, onde serão abordadas as “Estratégias Interventivas para consolidação do Sistema de Escrita Alfabética (SEA)” e no dia 26/08, o “Conceito de Número”.

Estão previstos outros encontros nos meses de setembro, outubro e novembro sendo que os dois últimos serão de socialização das práticas desenvolvidas pelos professores nas salas de apoio.

Leia mais:  Prefeito Emanuel Pinheiro destaca respeito aos servidores e anuncia pagamento de RGA de 11,5% na folha salarial de maio

Serviço

Formação para Professores Pedagogos das Salas de Apoio à Aprendizagem e Desenvolvimento dos Estudantes

Data: 27/05

Hora: das 08h às 11h e das 14 às 17h

Local: Hotel Fazenda Mato Grosso

Tema: “Estratégias Interventivas para trabalhar com estudantes que apresentam transtornos de aprendizagem”

Palestrante: professora especialista e assessora da Coordenadoria de Educação Especial, Andréa Negrisoli.

Continue lendo

Mais Lidas da Semana