Tecnologia

Samsung, Catho e mais oferecem cursos grátis em tecnologia

Publicado


source
Samsung, Catho e mais oferecem capacitação e cursos grátis em tecnologia
Bruno Gall De Blasi

Samsung, Catho e mais oferecem capacitação e cursos grátis em tecnologia

O começo do ano pode ser bom momento para traçar planos para a sua carreira e ampliar o seu conhecimento. Empresas como a Samsung e a Catho deram a largada em seus programas de capacitação em tecnologia, sendo um deles com vagas exclusivas para mulheres. Outras companhias também estão oferecendo cursos grátis na área. Confira cinco oportunidades selecionadas pelo  Tecnoblog  a seguir.

Samsung Ocean – capacitação em Python, jogos e mais

O Samsung Ocean já deu a largada na sua agenda de janeiro de 2022. Entre os dias 24 e 31, o programa de capacitação gratuito da marca sul-coreana vai sediar atividades sobre Python, jogos digitais, design thinking, entre outros temas, com direito a certificado de participação. Segundo a Samsung, para participar, é preciso ter 13 anos ou mais. A agenda e as demais informações estão disponíveis no site da iniciativa: oceanbrasil.com.

Catho – bolsas de programação para mulheres

A Catho fechou uma parceria com a Let’s Code para oferecer vinte e cinco bolsas gratuitas de programação para mulheres. As vagas são voltadas para quem deseja se tornar uma desenvolvedora Full Stack júnior e também podem resultar em uma vaga de emprego na Catho no final do curso. As inscrições para o processo seletivo estão abertas até 6 de fevereiro de 2022: letscode.com.br.

Leia mais:  Koo supera Twitter em avaliações dos usuários

Leia Também

UFSCar – pós em Ciência, Tecnologia e Sociedade

Leia Também

A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) prorrogou o prazo para se inscrever no processo seletivo do Programa de Pós-Graduação em Ciência, Tecnologia e Sociedade (PPGCTS) até 23 de janeiro. O programa oferece vagas para mestrado e doutorado previstas para começar no primeiro semestre de 2022. O programa compreende as seguintes linhas de pesquisa: Dimensões Sociais da Ciência e da Tecnologia; Gestão Tecnológica e Sociedade Sustentável; e Linguagens, Comunicação e Ciência. Confira o edital no site da universidade: ppgcts.ufscar.br.

Solfácil – capacitação grátis para desenvolvedores

A Solfácil, fintech de energia solar brasileira, também está com um programa gratuito para capacitar desenvolvedores. O bootcamp visa qualificar profissionais de TI na linguagem Elixir e potencialmente selecionar pessoas participantes para fazer parte do time de tecnologia da empresa. As inscrições estão abertas até 1º de fevereiro de 2022: bootcamp.solfacil.com.br.

FIAP – cursos grátis de programação, dados e afins

A FIAP deu a largada no programa Movimento Brasil Digital. A iniciativa oferece vinte cursos gratuitos com duração entre 40 e 160 horas. A lista engloba aulas sobre blockchain, design thinking, inteligência artificial, Python, gestão de infraestrutura de TI, Big Data e mais. Confira os detalhes no site da iniciativa: fiap.com.br.

Leia mais:  Google bloqueia notícias no Canadá em resposta a nova lei; entenda

Com informações:  Convergência Digital

Samsung, Catho e mais oferecem capacitação e cursos grátis em tecnologia

Comentários Facebook
publicidade

Tecnologia

Meta, Google e OpenAI firmam compromisso por IA mais responsável

Publicado

OpenAI, dona do ChatGPT, é uma das empresas que assinou compromisso com governo dos EUA
Unsplash/Rolf van Root

OpenAI, dona do ChatGPT, é uma das empresas que assinou compromisso com governo dos EUA

As sete principais empresas de inteligência artificial (AI) dos Estados Unidos concordaram nesta sexta-feira (21) em adotar uma série de medidas para desenvolver seus sistemas de forma mais responsável. O acordo foi realizado entre as companhias e o governo dos Estados Unidos.

Dentre os compromissos aceitos pela Amazon, Anthropic, Google, Inflection, Meta, Microsoft e OpenAI, estão investimentos em cibersegurança, realização de testes envolvendo aspectos de discriminação nos sistemas de IA antes de seus lançamentos, e um novo sistema de marca d’água em conteúdos gerados por IA.

Este último compromisso é uma forma das empresas sinalizarem que um texto, áudio, vídeo ou foto foi gerado por uma inteligência artificial, evitando que usuários acreditem, por exemplo, em deepfakes. As empresas ainda trabalham para implementar as novidades.

Por se tratar de um compromisso voluntário, a medida não é considerada uma regulação das empresas de IA, já que não há consequências para o descumprimento das promessas.

Leia mais:  Poco F4, da Xiaomi, é homologado com MIUI 13 e recarga de 67 W

Em paralelo à medida do governo, o Congresso dos EUA estuda propor uma lei para regulamentar sistemas de IA.

No Brasil, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), apresentou no início de maio um projeto de lei para regulamentar sistemas de inteligência artificial. Por enquanto, a matéria ainda não tem data para ser votada.

Fonte: Tecnologia

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana