conecte-se conosco

Saúde

São Paulo vai aplicar Coronavac em crianças a partir de sábado

Publicado


source
Caetano de Jesus Moreira Graça, de 9 anos, foi o primeiro a receber o imunizante
Reprodução

Caetano de Jesus Moreira Graça, de 9 anos, foi o primeiro a receber o imunizante


Com a liberação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a Prefeitura de São Paulo vai começar a aplicação da Coronavac em crianças de 6 a 11 anos no próximo sábado (22). Nesta quinta-feira (20), o município recebeu do governo estadual 801.560 doses do imunizante, entregues ao Centro de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Cadi).

Elas serão encaminhadas aos Postos de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Padis) e, em seguida, distribuídas a todas as regiões e unidades para que a imunização possa acontecer no fim de semana. O público estimado nesta faixa etária é de 919.553 crianças.

O esquema para o sábado prevê que a vacinação estará disponível em 205 postos de vacinação, sendo 125 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) que estarão abertas exclusivamente para vacinação desse público e também em 80 Assistências Ambulatoriais (AMAs)/Unidades Básicas de Saúde (UBSs). As unidades disponíveis podem ser consultadas na página Vacina Sampa . A partir de segunda (24), a vacinação estará disponível em todos os postos da capital.

Leia mais:  UFRJ: velocidade de transmissão da covid é crítica e tende a acelerar

Leia Também

“A liberação do imunizante Coronavac e a chegada deste lote vai nos permitir avançar mais rapidamente com a vacinação infantil na cidade de São Paulo. Nesta semana, iniciamos a vacinação das crianças com comorbidades e deficiência com o imunizante pediátrico da Pfizer e agora podemos ampliar a imunização a todo o público infantil”, afirma o secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido.

Cabe salientar que ao público de 5 anos de idade e imunossuprimidos, a aplicação seguirá ocorrendo exclusivamente com a Pfizer pediátrica – a Anvisa vetou o uso da Coronavac em crianças dessa idade ou com tais comorbidades.

Para receber a dose da vacina, as crianças deverão estar acompanhadas por um responsável maior de 18 anos e apresentar documento de identificação (preferencialmente CPF) e carteirinha de vacinação.

Até quarta-feira (19), foram aplicadas 16.836 doses no público de 5 a 11 anos. No total, a capital já aplicou 25.218.457 de doses, sendo, 10.726.132 primeiras doses (D1); 10.065.284 segundas doses (D2); 334.749 doses únicas (DUs); e 4.092.292 doses adicionais (DAs). Os pais ou responsáveis podem consultar a disponibilidade do imunizante na plataforma “De olho na fila” .

Leia mais:  Nove estados estão com ocupação de UTIs em nível crítico, diz Fiocruz
Fonte: IG SAÚDE

publicidade

Saúde

Saúde municipal realiza campanha para doação de agasalhos em SP

Publicado

Campanha do agasalho
Divulgação: Polícia Civil PR

Campanha do agasalho

Com o objetivo de reduzir os riscos e impactos da estação mais fria do ano, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) realiza uma campanha para receber roupas, calçados e cobertores para doação em todas as suas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Assistências Médicas Ambulatoriais (AMAs)/UBSs Integradas.

Para colaborar, basta o cidadão levar os itens a serem doados aos pontos de coleta. As peças arrecadadas serão encaminhadas às comunidades do entorno das unidades, como igrejas, centros comunitários e associações de bairro, além dos Centros de Atenção Psicossociais (Caps), Unidades de Referência à Saúde do Idoso (Ursis) e do programa Consultório na Rua (CnR).

A iniciativa contempla e intensifica as ações da Operação Baixas Temperaturas (OBT), plano de contingência intersecretarial que garante a proteção de milhares de pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade na capital paulista.

De acordo com a secretária-executiva de Atenção Básica, Especialidades e Vigilância em Saúde da SMS, Sandra Sabino Fonseca, a iniciativa faz parte do cuidado integral da SMS para com com a população.

Leia mais:  Campanha Fevereiro Laranja alerta sobre a leucemia

“Portas de entrada no SUS na capital, as UBSs estão em todas as regiões da cidade e podem ser pontos estratégicos de arrecadações de agasalhos para distribuirmos às pessoas mais carentes. Pedimos que quem tiver roupas, cobertores e calçados em boas condições e puder doar, leve à UBS mais próxima. Precisamos somar esforços para acolher e aquecer quem mais precisa”, afirma.

Os endereços dos pontos de doação podem ser encontrados nos links: UBSs

https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/upload/saude/2022_06_24_Lista_UBS_Vacinacao_COVID19.pdf

AMAs/UBSs Integradas

https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/upload/saude/2022_06_24

Agasalhos para pets

A SMS, por meio da Coordenadoria de Saúde e Proteção ao Animal Doméstico (Cosap), também promove uma campanha de arrecadação de agasalhos para cães e gatos da população de rua.

As doações podem ser levadas à Cosap, das 6h às 22h, na portaria 1, localizada na rua Santa Eulália, 86, e na portaria 2, que fica na avenida Santos Dumont, altura do número 637.

“É uma ação conjunta que visa atender à população que tanto precisa e seus grandes companheiros. O frio castiga também os animais. Daí a importância dessa campanha”, afirma Analy Xavier, coordenadora da Cosap.

A distribuição dos agasalhos dos pets é feita durante a OBT. Além disso, a Cosap faz aplicação de vacina e vermífugo nos animais, atendimentos clínicos, e em casos mais graves há encaminhamento para um dos hospitais veterinários públicos.

Fonte: IG SAÚDE

Continue lendo

Mais Lidas da Semana