conecte-se conosco

Mato Grosso

Sesp executa 653 operações integradas no primeiro semestre

Publicado

Entre os meses de janeiro a junho de 2018 a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) produziu 33 ordens de operações integradas em todo estado. Até o mês de maio, estas ordens resultaram na realização de 10.369 ações em 653 operações integradas. Foram diversas atuações focadas na redução de índices criminais e atividades eventuais focadas em crises (trabalho especializado para resolução de problemas). Os dados foram compilados pela Secretaria-Adjunta de Integração Operacional (Saiop).

As ações estão distribuídas da seguinte maneira: 2.188 em janeiro, 305 em fevereiro, 2.900 em março, 3.034 em abril e 1.942 em maio. Já as operações estão dispostas assim: 139 em janeiro, 53 em fevereiro, 155 em março, 181 em abril e 125 em maio. Além disso, as instituições realizam, nas respectivas Regiões Integradas de Segurança Pública (RISP’s), atividades integradas no âmbito da segurança, que não estão contabilizadas dentro das ordens de operações mencionadas.

Merecem destaque, entre as operações da Sesp: Bairro Seguro (OP.001), realizada em janeiro, com apreensão de 29 armas de fogo; Progressão I (OP.006), em fevereiro, que resultou na apreensão de 17kg de drogas e cinco veículos recuperados; Carnaval (OP.002), também em fevereiro, com redução dos índices de criminalidade nos locais de festa; Bairro Seguro – Etapa Entorpecente (OP.007), em março, com 18kg de drogas e 14 armas de fogo apreendidas e 12 veículos recuperados/localizados; Bairro Seguro (OP.014), em abril, que apreendeu 36kg de drogas, 18 armas de fogo e recuperou 14 veículos; Repressão ao Latrocínio (OP.018), com apreensão de 22kg de drogas, três armas de fogo e quatro veículos recuperados/localizados.

Leia mais:  Vereador Juca do Guaraná Filho recebe o título de Excelência Comunitária

O secretário-adjunto de Integração Operacional da Sesp-MT, coronel PM Jonildo Assis, reforça que a integração das forças de segurança é um diferencial do estado que converge em bons resultados no enfrentamento à criminalidade. “Com as edições da operação Bairro Seguro, por exemplo, conseguimos alcançar praticamente todos os municípios, graças ao envolvimento de todos os órgãos de segurança estaduais e federais. O principal objetivo é levar a presença do Estado aos bairros e reduzir ao máximo os índices de violência”.

Prevenção e repressão

Operações realizadas na região da fronteira com a Bolívia também são frequentes, visando à redução de tráfico de drogas e armas, e descaminho de bens. “As atividades integradas, realizadas no âmbito de todo o estado de Mato Grosso, possibilitam uma melhor gestão orçamentária e operacional, por meio do planejamento, monitoramento e avaliação das ações de prevenção e repressão qualificada necessárias, na perspectiva de vencer o desafio de garantir a paz social por meio do controle da violência e da criminalidade”, complementa o coronel.

As operações integradas coordenadas pela Sesp contam com a atuação de profissionais da Polícia Militar (PM-MT), Polícia Judiciária Civil (PJC-MT), Corpo de Bombeiros Militar (CBM-MT), Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT), Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) e Grupo Especial de Segurança da Fronteira (Gefron). Operações em parcerias com outros órgãos e Estados também são realizadas, como a Operação Ágata, idealizada pelo Exército Brasileiro, com foco na região de fronteira e as operações do Consórcio Brasil Central, que visam executar ações temáticas de acordo com o planejamento estratégico entre as unidades da federação que compõem o grupo. A atuação em conjunto também inclui, em determinadas operações, a Polícia Federal (PF) e Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Leia mais:  Politec entrega novo espaço para academia de ginástica e musculação aos servidores

publicidade

Mato Grosso

“Batalhão era aguardado há décadas; agora, moradores e empresários do Distrito Industrial terão mais segurança”, destaca senadora

Publicado

O governador Mauro Mendes entregou, na manhã desta quarta-feira (29.06), a nova sede do 24º Batalhão da Polícia Militar “Major Thiago Martins de Souza”, em Cuiabá. O novo prédio, localizado no Distrito Industrial, recebeu investimento do Governo de Mato Grosso no valor de R$ 3,766 milhões.

“Essa obra representa muita luta e um sonho de todos os empresários do Distrito Industrial. Há décadas, nós empresários e os moradores aguardávamos por um Batalhão ou Companhia da PM nessa região, e foi nessa gestão que conseguimos concretizar isso, trazendo mais segurança a todos. É uma realização, satisfação, conquista de todos nós, empresas e trabalhadores”, destacou a senadora Margareth Buzetti, que é presidente licenciada da Associação das Empresas do Distrito Industrial de Cuiabá (Aedic).

O governador Mauro Mendes ressaltou que o Governo de Mato Grosso investe na segurança pública em todas as áreas, desde o digital até ao armamento mais moderno.

“O Distrito Industrial é uma área importante com muitas indústrias e residências, e estamos entregano uma sede 100% nova, equipada, moderna e eficiente. O último investimento em obras, como essa, foi feito 1994. Hoje, o Governo de Mato Grosso está construindo batalhões, reformando e construindo mais cinco núcleos da PM, no interior do Estado”.

O secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, ressaltou que a entrega do novo Batalhão da PM é mais uma da série de investimentos que estão sendo realizados pelo Governo nesta área e que resultam diretamente na diminuição dos índices de criminalidade, em Mato Grosso.

“O novo Batalhão irá ajudar toda região com patrulhamento mais ostensivo. A ideia é trazer para a sociedade a sensação de segurança. O governador está fazendo os investimentos e a resposta está na diminuição dos índices de violência. Cuiabá é a segunda capital com menor índice de homicídios e, hoje, com todos os investimentos feitos, o policial trabalha com muito mais satisfação e devolvendo isso para sociedade”, afirmou o secretário Bustamante.

Leia mais:  CGE promove capacitação sobre Restos a Pagar e Pagamentos por Indenização

Para o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Alexandre Mendes, a nova sede do 24º Batalhão da PM é um “grande ganho para toda a comunidade”, desde a presença de policiamento para a segurança pública e também com o uso das dependências do prédio, que com espaço amplo, podem contemplar a população com cursos e ações sociais.

“Aqui os empresários colocam suas indústrias e empresas, gerando renda e empregos. Com isso, as pessoas que aqui trabalham e residem, também necessitam de segurança. É algo inédito, com a aquisição do espaço realizada pelo Governo do Estado, onde a região contemplada pela grande Pedra 90, Cinturão Verde, Tijucal, Pascoal Ramos, vão ganhar com mais presença física e de rondas da Polícia Militar e isso é bastante significativo para melhoria da segurança pública nessa localidade”, reitera o comandante-geral da instituição.

A nova sede do 24º Batalhão da PM, possui área total de 3.600 m², dos quais 516,85 m² de área construída no pavimento térreo e 485,90 m² no pavimento superior. No local, irão trabalhar os mais de 100 policiais militares que atuam na unidade e que realizam o policiamento de 55 bairros e 60 km² da zona rural da Capital. 

Leia mais:  Força Tática prende homem com R$ 20,9 mil proveniente de tráfico de drogas

O nome do novo prédio é uma homenagem póstuma ao major Thiago Martins de Souza, falecido em abril de 2021, em decorrência da covid-19. A mãe e irmã do major participaram da solenidade de inauguração.

Governador Mauro Mendes homenageia mãe e irmã do major Thiago com flores

Inauguração da 2º Companhia da PM no bairro Pedra 90

Ainda na manhã desta quarta-feira (29), o secretário Alexandre Bustamante e o comandante-geral da PMMT, coronel Mendes, realizaram a entrega da 2º Companhia da PM pertencente ao 24º Batalhão, no bairro Pedra 90, que passou por uma reforma e recebeu o nome do cabo Élcio Ramos Leite.

O comandante do 24º Batalhão da PM, tenente-coronel Hender Ulisses da Silva, destacou que a nova base de segurança proporcionará um atendimento completo para a comunidade. “Aqui também vamos realizar a lavratura do boletim de ocorrência, com apoio da Polícia Judiciária Civil, com isso a população não precisa realizar grandes deslocamentos. Além disso, continuamos com o policiamento ostensivo, sendo esta base um maior apoio para os policiais militares que compõem o 24º Batalhão”, afirmou o tenente-coronel Hender.

Entre as autoridades que acompanharam o evento de inauguração estavam a secretária de Comunicação, Laice Souza; o secretário-chefe de Gabinete de Governo, tenente-coronel Jordan Espíndola; o senador Wellington Fagundes; a comandante-geral adjunta da PMMT, coronel Francyanne Siqueira Chaves; o subchefe do Estado-Maior Geral da PMMT, coronel Wilker Soares Sodré; o corregedor-geral da PMMT, coronel Fábio Andrade; o comandante do Primeiro Comando Regional da PMMT, coronel Wankley Rodrigues, entre outras autoridades civis e militares.

 

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mais Lidas da Semana