conecte-se conosco

Internacional

Sobe para 50 o número de migrantes mortos em caminhão no Texas

Publicado

Local onde vários corpos foram encontrados no Texas
Reprodução – 28.06.2022

Local onde vários corpos foram encontrados no Texas

Nesta terça-feira (28), subiu para 50 o número de migrantes mortos encontrados dentro de um caminhão no Texas, nos Estados Unidos , de acordo com o presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador. 

Os corpos foram encontrados na carreta de um caminhão perto da cidade de San Antonio, na última segunda-feira (27) . As temperaturas no local chegaram a 39,4ºC e, segundo autoridades federais, não havia sinais de água e nenhum ar condicionado funcionando dentro do caminhão.

Acredita-se que todas as vítimas tenham cruzado ilegalmente a fronteira com os Estados Unidos. A passagem mais próxima fica a cerca de 225 km dali.

“Quero oferecer minhas condolências aos parentes desta catástrofe”, afirmou Obrador.

O ministro das Relações Exteriores do México, Marcelo Ebrard, escreveu nas redes sociais que, entre os mortos, foram identificados cerca de 22 mexicanos, sete guatemaltecos e dois hondurenhos.

As autoridades mexicanas disseram que ainda não há informações sobre a nacionalidade dos outros 19 mortos.

Leia mais:  Guerra: Biden planeja anunciar novas sanções contra políticos russos

Conforme o Departamento de Imigração e Alfândega dos EUA (ICE), a divisão de Investigações de Segurança Interna estava conduzindo uma investigação criminal sobre “um suposto evento de contrabando humano” com a polícia local.

O Corpo de Bombeiros de San Antonio afirmou que 16 outras pessoas encontradas dentro do trailer foram encaminhadas para hospitais com insolação e exaustão. Entre essas pessoas, havia quatro menores de idade, mas nenhuma criança estava entre os mortos.

Hoje, Obrador também disse que vai se reunir com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden , em Washington (EUA) no dia 12 de julho. Ele disse que a migração será uma questão central em suas discussões.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Leia mais:  'Tenho medo que alguém atire em mim', diz aluno após ataque no Texas

Fonte: IG Mundo

publicidade

Internacional

México: Obrador diz que vai reforçar  trabalhos para resgatar mineiros

Publicado

Obrador afirma que estão sendo todos os esforços para o resgate dos dez mineiros
Divulgação/Governo do México

Obrador afirma que estão sendo todos os esforços para o resgate dos dez mineiros

As autoridades mexicanas vão reforçar os trabalhos para resgatar os 10 mineiros presos em uma mina de carvão . A afirmação foi feita pelo presidente do México, López Obrador, durante entrevista coletiva realizada nesta segunda-feira (15).

Os trabalhadores estão presos na mina Pinabete, localizada na cidade de Sabinas, desde o dia 3 de agosto. Desde então, as forças oficiais e voluntários atuam para resgatar os mineiros, mas a situação ficou um pouco mais complicada no domingo (14), quando os níveis de água no local voltaram a aumentar. 

“Infelizmente, a mina desabou ainda mais, principalmente por conta de um furo de água na mina abandonada vizinha (Concha Norte), que é a que mais acumula água”, afirmou o chefe executivo mexicano.

Coordenadora Nacional de Proteção Civil, Laura Velázquez Alzúa, ressaltou que a nova inundação frustrou o plano de resgate que estava sendo seguido, uma vez que o aumento da profundidade do poço impossibilitou a entrada dos socorristas no domingo.

Alzúa completou destacando que os socorristas devem continuar bombeando a água permanentemente e que seja injetado cimento através das perfurações nas galerias para vetar a passagem de água de uma mina para outra. 

Atualmente, 14 bombas localizadas nos poços da mina atuam na retirada de água no local. A vazão de saída da água é de 371 litros por segundo.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Mais Lidas da Semana