conecte-se conosco

Mato Grosso

Unemat aprova oferta de Ensino Remoto Emergencial enquanto durar pandemia

Publicado


.

Em caráter excepcional, o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Conepe), da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), aprovou a oferta de componentes curriculares por meio de tecnologia de informação e comunicação, meios digitais e demais modalidades remotas, de forma emergencial, enquanto durar a situação de pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). As resoluções foram aprovadas, após intensos debates, realizados de forma on-line, ao longo da última semana no Conepe (29/06 a 03/07).

Até o final deste ano, serão oferecidos três Períodos Letivos Suplementares Excepcionais (PLSE), com início, respectivamente, em 10 de agosto, 13 de outubro e 7 de dezembro, todos na modalidade de Ensino Remoto Emergencial (ERE). Os componentes curriculares cursados remotamente poderão ser integralizados como componentes curriculares presenciais.

O reitor da Unemat, Rodrigo Zanin, frisou que essa iniciativa não é uma forma de substituição de ensino presencial pela educação a distância. “Não vamos fazer reprodução do ensino presencial, na modalidade a distância. Estamos propondo uma alternativa. O que a gente tem que ter em mente é que precisamos dar respostas e alternativas para os nossos acadêmicos. Por isso, uma proposta que surge, não como retomada de calendário, não como obrigatoriedade de alunos terem que participar. Mas sim, pensando que temos acadêmicos que precisam fechar os seus cursos, que constantemente estão pedindo para encerrar a sua formação e poder se organizar enquanto profissional. Então, a gente buscou encontrar um meio termo”.

Leia mais:  Metamat receberá perfuratriz de poços artesianos no dia 1º de fevereiro

As faculdades e os cursos, articuladamente, em conjunto com os docentes, vão definir quais os componentes curriculares serão ofertados remotamente, durante o período letivo suplementar. Serão priorizados créditos que visem à conclusão de curso. “Dessa forma, o discente que integralizar no PLSE os créditos exigidos na estrutura curricular do curso ao qual está vinculado, poderá solicitar a colação de grau”, explicou o Pró-Reitor de Ensino de Graduação, Alexandre Porto.

Período Letivo 2020/1 

O estudante poderá fazer matrícula no Período Letivo Suplementar Excepcional (PLSE) nos componentes curriculares equivalentes em que está matriculado no período letivo 2020/1. Para quem não optar por nenhuma disciplina, ou havendo reprovação, fica garantido o término do período letivo 2020/1, quando as atividades presenciais retornarem.

Somente os componentes curriculares cursados com aprovação no Período Letivo Suplementar Excepcional (PLSE) constarão no Histórico Escolar dos discentes. Dessa forma, em caso de aprovação, será registrado em seu histórico escolar e a matrícula no período 2020/1 será cancelada. Já no caso de reprovação, esta não será registrada e a matrícula no período 2020/1 continuará ativa.

Mátriculas no PLSE

Para o primeiro conjunto de componentes curriculares, a solicitação de matrícula será feita de 18 a 22 de julho. O acadêmico poderá efetuar a matrícula em qualquer Componente Curricular, desde que cumpra os pré-requisitos exigidos e o limite de 12 créditos ou 180 horas. Poderá optar, inclusive, por disciplinas de TCC e Estágio Supervisionado, além das 180 horas.

Leia mais:  Plantão da Mulher registra mais de 1,4 mil prisões em flagrante de crimes sexuais e violência doméstica

Estágios

Os Estágios Supervisionados de cursos de bacharelado e de licenciatura poderão ser desenvolvidos por meio de atividades não presenciais, observados os Projetos Pedagógicos dos cursos, bem como a legislação pertinente de cada campo de atuação profissional.

Inclusão digital

A escolha dos recursos e procedimentos didáticos, pedagógicos e tecnológicos a serem utilizados deve ter como princípio a inclusão dos discentes dos cursos. “As resoluções aprovadas asseguram aos acadêmicos da Unemat a inclusão digital para diminuir as desigualdades de acesso às ferramentas tecnológicas e à internet, assim como a qualidade de ensino. E mais importante é que essa garantia se dará pela participação efetiva das representações estudantis junto à Prae, no processo de definição dos procedimentos dessa política”, afirmou a Pró-reitora de Assuntos Estudantis (PRAE), Antônia Alves Pereira.

A Pró-Reitoria garantirá a participação efetiva das representações estudantis nos processos de discussão e definição da política de inclusão e da inclusão digital dos discentes.

ACESSE AS RESOLUÇÕES QUE REGULAMENTAM O ENSINO REMOTO EMERGENCIAL:

Resolução 28/2020 – Conepe: Regulamenta a oferta de componentes curriculares por meio de tecnologia de informação e comunicação, meios digitais e demais modalidades remotas, de forma emergencial, mantida a centralidade da relação entre docente e discente, enquanto durar a situação de pandemia do novo Coronavírus (COVID-19).

Resolução 29/2020 – Conepe: Cria e regulamenta o Período Letivo Suplementar Excepcional (PLSE), que consiste em oferta de componentes curriculares na modalidade de Ensino Remoto Emergencial (ERE).

Fonte: GOV MT

publicidade

Mato Grosso

Governo de MT aplica R$ 159,8 milhões em obras e ações para 9 municípios da Região Norte

Publicado

O governador Mauro Mendes esteve, na tarde desta terça-feira (28.06), em Peixoto de Azevedo, onde assinou convênios no valor de R$ 159,8 milhões com nove municípios da Região no Norte e entregou as Cadeia Pública do município.

A obra recebeu investimento total de R$ 11,1 milhões, entre recursos do Governo de Mato Grosso e do Ministério da Justiça.

Os municípios contemplados com a assinatura de convênios foram: Terra Nova do Norte (investimento de R$ 60.177.030,21), Novo Mundo (R$ 28.483.482,43), Matupá (R$ 11.677.255,32), Colíder (R$ 19.112.770,40), Nova Canaã do Norte (R$ 19.634.449,60), Nova Guarita (R$ 8.587.352,83), Guarantã do Norte (R$ 3.824.450,53), Nova Santa Helena (R$ 743.545,63) e Peixoto de Azevedo (investimento de R$ 7.632.255,55).

“Esses convênios que estamos assinando aqui é apenas uma parte de tudo que estamos fazendo em todos os 141 municípios de Mato Grosso. E todos os prefeitos já sabem que, depois de assinado o convênio, em poucos dias o dinheiro já está na conta. Tenho muito orgulho e me sinto feliz, porque sei que nenhum Estado nesse país está terminado um ciclo de quatro anos com tantas obras como estamos fazendo em Mato Grosso. Somente de asfalto novo são 2.500 quilômetros; são seis grandes hospitais construídos; estamos colocando rádio digital e comprando armamento de última geração para toda a nossas forças de segurança; estamos fazendo um programa de iluminação, que vai permitir iluminar todos os municípios com 10% de lâmpada de LED, até o final deste ano. Isso também é um programa de segurança pública, porque ruas e praças bem iluminadas trazem muito mais segurança para a população”, destacou o governador Mauro Mendes.

Com Peixoto de Azevedo o governador assinou convênios no valor de R$ 7,6 milhões. Os convênios são para asfalto novo da Avenida Zé Doca, com investimento de R$ 2.085.075,22; para manutenção abastecimento de água do Distrito de União do Norte, parceria do deputado federal Nelson Barbudo, no valor de R$ 4.000.000,00; para compra de material de asfalto novo em diversas ruas e avenidas, no valor de R$ 1.547.180,33.

“Hoje é um dia de festa e importante para todos nós de Peixoto. Todos esses investimentos, assinados aqui hoje pelo governador Mauro Mendes representam apenas uma parte de tudo o que está sendo investido em nosso município, tem muito mais e em várias áreas. Que o senhor continue olhando com carinho para todos nós”, ressaltou o prefeito de Peixoto de Azevedo, Maurício de Souza.

O senador Fábio Garcia destacou que, enquanto cidadão mato-grossense, se sente muito feliz em poder acompanhar a quantidade de obras e melhorias que Mato Grosso está recebendo. Me lembro muito bem que em 2018 todos os carros das forças de segurança do estado estavam parando por falta de pagamento. O Governo estava praticamente quebrado. No entanto, três anos e meio depois, Mato Grosso é o Estado que mais investe no país, em todos os setores”.

Leia mais:  Governo de MT encerra contrato com empresa que gerenciava cartões do Ser Família por descumprimento de serviço

“Depois da gestão séria desse governo, nós vimos o dinheiro fluir em nosso Estado, e digo isso porque acompanho esse Governo e sei do trabalho sério que está fazendo. O povo desse Estado produz e gera impostos, mas precisava de alguém com responsabilidade para governar”, ressaltou deputado federal Nelson Barbudo.

O deputado estadual Dilmar Dal Bosco disse que o Estado de Mato Grosso passou por dificuldades no início dessa gestão, mas toda a bancada estadual acreditou no governo e contribuímos para que essa situação melhorasse. “Hoje, todos os 141 municípios desse Estado têm obras acontecendo e estão recebendo recursos importantes para melhorar a qualidade de vida da população”, pontuou

Outros convênios

Para colíder, o governador Mauro Mendes assinou convênios no valor de R$ 19.112.770,40, o que inclui a entregou de uma motoniveladora (R$ 703.566,03; assinou convênio para iluminação Pública do Bairro Lago 3, parceria do deputado federal Juarez Costa, investimento de R$ 929.692,59; convênio para revitalização da Praça Central, parceria do senador Jayme Campos, no valor de R$ 1.756.285,40; convênio para manutenção de diversas ruas, parceria do senador Fábio Garcia, no valor de R$ 9.858.897,33; construção de dois pórticos na MT-320, com investimento de R$ 850.819,12; perímetro urbano de Colíder; asfalto novo com drenagem e sinalização em diversas ruas, parceria do deputado federal Juarez Costa, investimento de R$ 5.013.509,89.

Para Guarantã do Norte foram R$ 3.824.450,53 para drenagem nas ruas Perobas e Tamburis, no bairro Setor Industrial, investimento de R$ 3.056.427,28; convênio para drenagem na avenida das Amoras, investimento de R$ 768.023,25.

Em Nova Canaã do Norte os convênios assinados foram de R$ 19.634.449,60, para asfalto novo e drenagem na Avenida Rondônia, no valor de R$ 2.916.665,41; para asfalto novo e drenagem em 4 ruas e avenidas, parceria do deputado federal Carlos Bezerra, com investimento no valor de R$ 2.541.772,40; para asfalto novo e drenagem em 5 ruas e avenidas, investimento de R$ 2.549.283,56; para asfalto novo e drenagem no residencial Morada do Sol R$ 1.304.536,19.

O governador também assinou convênio com Nova Canaã do Norte para infraestrutura no entorno do Lago do Rio Bonito, parceria do deputado federal Juarez Costa, com investimento de R$ 5.364.570,63; asfalto novo e drenagem em 5 ruas e avenidas, parceria do deputado federal Nei Geller, investimento de R$ 1.826.744,15; construção de calçadas e rampas de acessibilidade, no valor de R$ 1.075.983,40; entregou ainda uma escavadeira e uma motoniveladora, no valor de R$ 1.414.000,81; para compra de materiais esportivos, no valor de R$ 127.023,05; compra de micro-ônibus, no valor de R$ 513.870,00;

Para Matupá foram R$ 11.677.255,32, incluindo a compra e instalação de luminárias de LED, investimento de R$ 740.773,03; para asfalto novo e drenagem da avenida Deputado Sebastião Alves Junior, parceria do deputado federal Juarez Costa, no valor de R$ 4.536.365,60; para manutenção da pista de pouso, pista de taxi e pátio de aeronaves do aeroporto, investimento de R$ 6.400.116,69;

Leia mais:  Governo altera para 60 dias a validade das certidões negativas de débito

Com Nova Guarita foram assinados convênios no valor de R$ 8.587.352,83, para compra e instalação de luminárias de LED, no valor de R$ 76.235,02; para revitalização de canteiros, parceria do senador Jayme Campos, no valor de R$ 998.734,47; para asfalto novo da MT-410, trecho: Nova Guarita MT-410, parceria do deputado estadual Dilmar Dal Bosco, o valor de R$ 7.512.383,34.

Nova Santa Helena foram R$ 743.545,63, incluindo a entrega de uma pá carregadeira, no valor de R$ 459.210,52; para compra de luminárias de LED, no valor de R$ 284.335,11.

Para Novo Mundo foram R$ 28.483.482,43. Os convênios incluem asfalto novo de ruas, no valor de R$ 4.139.481; entrega de uma motoniveladora, no valor de R$ 703.566,03; para asfalto novo de ruas, no valor de R$ 1.903.603,51; autorização para contratar restauração da MT-419 trecho: Novo Mundo- Guarantã do Norte, com investimento de R$ 21.736.831,11.

Terra Nova do Norte recebeu convênios no valor de R$ 60.177.030,21, para a entrega de uma motoniveladora, no valor de R$ 703.566,03; autorização para licitação para restauração de asfalto da MT-208: Terra Nova do Norte-Nova Guarita, no valor de R$ 19.768.843,52; para construção de campo de futebol Society, no valor de R$ 249.645,89; para asfalto novo em 3 ruas, no valor de R$ 788.589,48; para asfalto novo da Rodovia Municipal Estrada do Peru, com investimento de R$ 27.179.413,82; para a realização da Expoterra – Exposição Agropecuária de Terra Nova do Norte, parceria do deputado estadual Dilmar Dal Bosco, no valor de R$ 650.000,00.

Ainda na tarde desta terça-feira, Mauro Mendes esteve em Matupá, onde visitou as obras da Escola Técnica Estadual que está sendo construída no município. As obras ficaram paralisadas por 10 anos e foi retomada pela atual gestão. A ordem de serviço para a retomada da construção foi assinada no mês de fevereiro deste ano, com investimento de total de R$ 3,9 milhões.

Acompanharam o governador em Alta Floresta os senadores Fabio Garcia, Wellington Fagundes e Jayme Campos; os deputados federais Nelson Barbudo, Carlos Bezerra e Neri Geller; os deputados estaduais Dilmar Dal Bosco, João Batista, Xuxu Dal Molin, Nininho, Silvano Amaral e Pedro Satélite; os secretários de Estado Cesar Miranda (Desenvolvimento Econômico), Kelluby de Oliveira (saúde), Alexandre Bustamante (Segurança) e Jordan Espíndola (Gabinete de Governo), o comandante-geral da PM, coronel Mendes.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mais Lidas da Semana