conecte-se conosco

Entretenimento

“Acorda, Brasil! O país está afundando!”, diz Marcelo Rubens Paiva no Twitter

Publicado


source
Marcelo Rubens Paiva
Reprodução

Marcelo Rubens Paiva


“O Brasil enlouqueceu? Cada três pessoas do mundo que morrem de Covid-19, uma é brasileira. UTIs lotadas. Países fecharam fronteiras. Estamos isolados. E tem populista liberando bar e culto em igreja. Não se deram conta? Para tudo! Nicolelis tem razão, lockdown.” Essas foram as palavras do escritor, jornalista, roteirista de TV, teatro e cinema Marcelo Rubens Paiva, que marcou uma geração com o premiado livro-desabafo “Feliz Ano Velho”, a respeito da crise sanitária que assola, de forma severa, a humanidade.

Paiva usou essas frases para se referir ao alerta do neurocientista Miguel Nicolelis de que o país está prestes a chegar a um ponto de não retorno na pandemia, citando, inclusive, a determinação do ministro Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal, de que estados e municípios não podem proibir completamente celebrações presenciais, de quaisquer credos e religiões. No post, não faltaram comentários como “se esqueceu de mencionar os ônibus lotados”, “passo o dia variando entre chorar e sentir raiva” e “a culpa não é do governo, é do povo”.

Leia mais:  Ruxell lança seu álbum de estreia "Paz, Amor e Grave"


Fonte: IG GENTE

publicidade

Entretenimento

Sem Meghan, Harry irá ao funeral do príncipe Philip

Publicado


source
Os príncipes Philip e Harry
Getty Images

Os príncipes Philip e Harry

O príncipe Harry vai comparecer ao funeral de Philip, no dia 17 de abril, mas sem a companhia de sua esposa, a atriz Meghan Markle . A informação foi divulgada pelo Palácio de Buckingham neste sábado, 10. Philip era marido da rainha Elizabeth II e avô de Harry. A ausência de Meghan, que é a duquesa de Sussex, foi  justificada com as recomendações médicas que ela recebeu para não viajar dos Estados Unidos ao Reino Unido, já que ela está grávida do segundo filho.

A cerimônia será realizada no castelo de Windsor e não será de Estado, mas algo íntimo, refletindo muitos dos desejos do duque de Edimburgo, como afirma o porta-voz da Família Real. De acordo com o comunicado oficial, o funeral, que será televisionado, “celebrará e refletirá uma vida de serviço de Philip” e começará às 15h (horário local). A celebração será adaptada para atender os protocolos sanitários contra a Covid-19 e, por isso, haverá apenas 30 convidados, que serão divulgados em lista na próxima quinta-feira, 15. O plano do funeral, assinado pela própria rainha, prevê um minuto de silêncio nacional. Além disso, os membros da Família Real, separadamente da rainha, vão caminhar atrás do caixão entre o Castelo de Windsor e a Capela de Saint George. A procissão terá oito minutos e oitos carregadores levarão o caixão, coberto com o estandarte do duque, uma coroa de flores, seu chapéu naval e uma espada no topo. A rainha Elizabeth II também aprovou oito dias de luto nacional, que terminará no próximo sábado. Durante este período, as bandeiras do Reino Unido permanecerão a meio mastro. “Embora este seja naturalmente um momento de tristeza e luto para a Família Real e para muitos outros que conheceram ou admiraram o Duque de Edimburgo, espera-se que os próximos dias também sejam vistos como uma oportunidade para celebrar uma vida notável, em termos de sua vasta contribuição e legado duradouro”, disse o porta-voz do Palácio. O comunicado também pediu que as pessoas que desejam prestar suas condolências pessoalmente fiquem em casa.

Leia mais:  Ex de Marlon cobra dívida de R$ 120 mil após ser traída
Fonte: IG GENTE

Continue lendo

Mais Lidas da Semana