conecte-se conosco

Mato Grosso

Ampliação da ala Covid-19 no Hospital Regional de Colíder entra em fase final

Publicado


A obra de ampliação da ala Covid-19 no Hospital Regional de Colíder já está em fase final. Serão 10 novos leitos de UTI e 20 de enfermaria especificamente para o tratamento  de pacientes com coronavírus em Mato Grosso. A ampliação prevê um incremento de 1,17 mil metros quadrados e a conclusão da obra está prevista para até 30 dias.

A gestão estadual investe aproximadamente R$ 8 milhões na estrutura, que poderá beneficiar a população mesmo após a pandemia pelo coronavírus. Na fase final, será realizada a colocação do piso, dos acabamentos e a equipagem dos ambientes.

O Hospital Regional de Colíder é referência em assistência hospitalar para outro cinco municípios da região e, atualmente, conta com 16 leitos de enfermaria para o tratamento da Covid-19. 

Em visita à unidade, o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, pontuou a importância desta ampliação para a rede hospitalar do Estado.

“Esse é mais um projeto que integra o programa Mais MT, anunciado pelo governador Mauro Mendes. As equipes da Secretaria Estadual de Saúde estão totalmente empenhadas nesta ampliação e na modernização de praticamente todas as unidades estaduais. Esses 30 novos leitos para o tratamento de pacientes com Covid-19 no Hospital Regional de Colíder viabilizarão uma melhor assistência à região e ao Estado. Ainda assim, é muito importante reforçar que as medidas de biossegurança e prevenção continuam sendo essenciais. Use máscara e pratique o distanciamento social”, disse o gestor.

Leia mais:  Primeira-dama lança programa SER Família em 23 municípios nesta terça-feira (15)

A superintendente de obras da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), Mayara Galvão, explicou que a ampliação feita no Hospital Regional de Colíder proporcionará diversos benefícios aos servidores e pacientes.

“Além de leitos novos, que possibilitarão melhor assistência à população de Mato Grosso, haverá a melhoria dos fluxos hospitalares e a implantação de um sistema completo de gases. Está sendo feito um grande investimento nessa estrutura”, concluiu.

Fonte: GOV MT

publicidade

Mato Grosso

Sábado (24): Mato Grosso registra 481.986 casos e 12.617 óbitos por Covid-19

Publicado


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (24.07), 481.986 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 12.617 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 707 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 481.986 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 10.875 estão em isolamento domiciliar e 456.929 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 403 internações em UTIs públicas e 319 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 73,41% para UTIs adulto e em 37% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (98.149), Rondonópolis (34.256), Várzea Grande (32.270), Sinop (23.249), Sorriso (16.879), Tangará da Serra (16.539), Lucas do Rio Verde (14.450), Primavera do Leste (12.598), Cáceres (10.493) e Barra do Garças (9.652).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia mais:  Secretário de Saúde recomenda que população continue seguindo medidas de prevenção à Covid-19

O documento ainda aponta que um total de 373.911 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 655 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (23.07), o Governo Federal confirmou o total de 19.632.443 casos da Covid-19 no Brasil e 548.340 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 19.523.711 casos da Covid-19 no Brasil e 547.016 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (24.07).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

Leia mais:  Diagnóstico precoce de doenças raras pode evitar progressão e sequelas, alerta especialista do MT Saúde

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mais Lidas da Semana