conecte-se conosco

Policial

Autor de crimes em Comodoro responderá por homicídio qualificado e tentativa de homicídio

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Um homem de 50 anos foi preso e autuado em flagrante em Comodoro (644 a noroeste de Cuiabá) por um homicídio qualificado consumado e uma tentativa de homicídio qualificado, ambos cometidos nesta terça-feira (27), na área central da cidade.

O autor do crime estava de passagem pela cidade, onde fazia vendas ambulantes. Horas antes de cometer o homicídio que vitimou Clóvis Rita de Alencar Mendes, 57 anos, ele agrediu com um soco uma pessoa na porta de um banco. A vítima, que é deficiente física, procurou a delegacia e registrou o ocorrido informando que estava vendendo meias na porta da agência bancária de Comodoro, quando houve uma discussão com o suspeito, que a agrediu com socos no rosto e ainda tentou esfaquear a vítima, que conseguiu se desvencilhar usando uma cadeira. 

Com base nas informações, os policiais civis iniciaram as buscas pelo suspeito, quando então foram informados de que uma pessoa havia sido esfaqueada, próximo a um ponto de táxi da cidade pelo mesmo autor da ocorrência anterior.

Leia mais:  Homem é detido com 108 porções de droga no bairro Mapim

Conforme a apuração, depois de cometer o primeiro crime e sabendo que estava sendo procurado pela polícia, o suspeito tentou fugir e procurou um taxista, com quem teve uma discussão. Clóvis Mendes presenciou a discussão e tentou intervir e acabou sendo golpeado fatalmente pelo suspeito, vindo a óbito no local.

Em ação integrada, a Polícia Civil e a Polícia Militar prenderam o suspeito logo depois. Os policiais se dirigiram ao hotel onde ele estava hospedado e ao chegar ao local foram avisados que o suspeito tinha fugido em direção a um lava jato e conseguiram avista-lo na rua, quando verbalizaram para ele largasse a faca que carregava. Conforme os policiais relataram, com muito custo o suspeito deixou a faca e então foi imobilizado e encaminhado à delegacia.

Conforme o delegado Ricardo Marques Sarto, o autor dos crimes responderá por homicídio qualificado consumado e tentativa de homicídio qualificado.

Fonte: PJC MT

publicidade

Policial

Autor de triplo homicídio em garimpo, ocorrido em 2019, é preso no interior de Rondônia

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Um homem indiciado pela Polícia Civil por um triplo homicídio ocorrido há três anos em Aripuanã (1.002 km a noroeste de Cuiabá) foi localizado e preso no último fim de semana, no interior de Rondônia. Ele foi apontado nas investigações sobre o crime como um dos autores dos homicídios de três pessoas de uma mesma família.

O homem de 44 anos foi preso na região do município de Alto Alegre dos Parecis. Policiais militares do município de Rondônia estavam em patrulhamento na zona rural, durante a Operação Narco Brasil, quando abordaram uma camionete conduzida pelo foragido. Em checagem aos dados pessoais nos sistemas de segurança pública foi constatado o mandado de prisão emitido pela Comarca de Aripuanã.

O foragido foi conduzido à Delegacia da Polícia Civil de Alta Floresta d’Oeste, onde foi formalizado o mandado de prisão.

Crime

Em outubro de 2019, as vítimas Matheus Paes Zeferino, 20 anos, Osmir Zeferino, 48 e Klidio Henrique Richieri Ferreira, 26 anos, foram mortas em um garimpo na região do distrito de Conselvan, a aproximadamente 14 quilômetros da cidade de Aripuanã.

Leia mais:  Sete procurados da justiça são encontrados em Cuiabá, Rondonópolis e Cocalinho

As equipes policiais encontraram as vítimas dentro de uma camionete modelo Hillux, todas alvejadas com disparos de arma de fogo. No assento do motorista estava Osmir, no banco da frente estava o filho, Matheus e no assento traseiro, Klidio, genro de Osmir.

Em análise no local do crime, a Polícia Civil constatou que as vítimas não tiveram chance de reação e que no momento em que ocorreram os disparos estavam falando com quem cometeu o crime.

Durante apuração sobre o triplo homicídio, a equipe da Delegacia de Aripuanã chegou à identificação de duas pessoas envolvidas no crime, uma delas a que foi presa. Conforme a investigação, o autor do crime teria discutido com as vítimas por causa de uma caixa d’água no garimpo e logo depois ocorreram as mortes.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Mais Lidas da Semana