conecte-se conosco

Saúde

Avião com 2 milhões de doses da vacina de Oxford chega ao Brasil

Publicado


source
Avião com 2 milhões de doses da vacina de Oxford chega ao Brasil
Divulgação/Receita Federal

Avião com 2 milhões de doses da vacina de Oxford chega ao Brasil

Um avião com 2 milhões de doses da vacina de Oxford/AstraZeneca chegou ao Brasil no início da manhã desta terça-feira (23). A aeronave posou no Aeroporto de Guarulhos e depois vai seguir para o Rio de Janeiro para ser distribuída pela Fiocruz no estado.

A previsão é de que as doses estejam prontas ainda na madrugada desta quarta-feira (24) e comecem a ser distribuídas pela Secretaria estadual de Saúde durante a manhã.

No sábado (27), há a previsão de entrega de mais dois lotes de insumos da vacina de Oxford. Com isso, a expectativa é que a Fiocruz produza mais 2 milhões de doses.

Coronavac 

O Instituto Butantan também afirmou que vai entregar outros 2,7 milhões de doses da CoronaVac esta semana. Assim, o Rio de Janeiro deve receber cerca de 9% do total, cerca de 423 mil doses.

Você viu?

Até a tarde desta segunda-feira (22), 427.482 pessoas tinham tomado a primeira dose em todo o estado. Isso corresponde a 3% da população com mais de 18 anos que deve ser vacinada. E outras 80.876 pessoas garantiram as duas doses.

Fonte: IG SAÚDE

publicidade

Saúde

SP estuda criar fase roxa, mais restritiva que a vermelha, para conter Covid-19

Publicado


source
SP pode apertar ainda mais a quarentena
Divulgação/Governo de São Paulo

SP pode apertar ainda mais a quarentena

O governo do estado de São Paulo estuda a possibilidade de criar uma fase roxa no Plano São Paulo, ainda mais restritiva que a vermelha. O objetivo é conter a propagação do novo coronavírus (Sars-Cov-2).

“Estamos discutindo a possibilidade e a necessidade de uma fase ainda mais restritiva que a vermelha”, disse neste sábado (27) o coordenador do centro de contingência do estado, Paulo Menezes, à CNN.

De acordo com ele, haveria uma reclassificação a respeito de quais atividades são essenciais , sobretudo de madrugada. “Isso implicaria talvez ter limitação de atividades, de algumas atividades que são classificadas como essenciais em determinados horários, especialmente nos horários noturnos e de madrugada. Estamos discutindo para ver a necessidade, quais indicadores levam a essa fase e quais seriam os resultados esperados. Estamos discutindo com o governo para ver se é o caso de adotar essa nova fase”.

Para Menezes, este é o pior momento da pandemia de Covid-19 no estado e no país. Segundo ele, a ocupação geral da rede hospitalar de São Paulo é de 70% , mas três regiões têm ocupação de cerca de 90%.

Nessa semana, o governador do estado, João Doria , reclassificou as regiões do Estado, bem como determinou o “toque de restrição” durante as madrugadas . “Nós esperamos, sim, que medidas anunciadas ontem comecem a fazer efeito e reduzir a propagação do vírus, reduzir a velocidade de aumento do número de casos e internações ao longo dos próximos dias. Ainda temos situação que permite pelo menos mais 2 semanas de aumento progressivo de internações, o que esperamos que não ocorra.”, declarou Menezes.

Fonte: IG SAÚDE

Continue lendo

Mais Lidas da Semana