conecte-se conosco

Economia

Bolsonaro sobre auxílio emergencial: “Pede para o governador”

Publicado


source

Brasil Econômico

Bolsonaro é recepcionado por apoiadores em Santa Catarina
Reprodução/Facebook

Bolsonaro é recepcionado por apoiadores em Santa Catarina

Em viagem à Santa Catarina neste sábado (13), o presidente Jair Bolsonaro jogou para os governadores a responsabilidade pelo pagamento do Auxílio Emergencial . Questionado sobre a retomada dos pagamentos, Bolsonaro afirmou para que a população peça o benefício aos chefes dos executivos estaduais.

“Quem foi que tirou teu emprego? Tá gravando? Pode gravar. Você quer o auxílio? Pede para o governador”, afirmou o presidente a uma apoiadora.

Desde o começo do ano, o Palácio do Planalto é pressionado para retomar os pagamentos do auxílio emergencial. Os presidentes da Câmara dos Deputados , Arthur Lira (Progressistas-AL), e do Senado , Rodrigo Pacheco (DEM-MG), conversaram com o ministro da economia, Paulo Guedes , e decidiram que haverá a negociação da extensão do benefício.

Você viu?

Bolsonaro já se mostrou contra o auxílio, no entanto, se rendeu a pressão e promete a manutenção do benefício por mais três meses. A expectativa do Governo Federal é que as parcelas sejam de R$ 200.

Nesta semana, o presidente condicionou a volta do auxílio à abertura total do comércio, medida que defende desde o início da pandemia no país.

Em conversa com apoiadores, o chefe do Planalto ainda acusou governadores pela perda de empregos da população.

“Quem fechou tudo, fui eu ou foi o governador? Quem fechou o comércio, fui eu ou o governador? Eu estou te perguntando, quem foi que tirou teu emprego?”, afirmou Bolsonaro. 

O presidente e sua família irão passar o feriado de Carnaval em São Francisco do Sul, litoral catarinense. A chegada de Bolsonaro provocou aglomerações, após o presidente parar em diversos pontos para cumprimentar apoiadores e tirar fotos. Jair Bolsonaro deve voltar à Brasília na quarta-feira (17). 

publicidade

Economia

Com expectativa de alta na taxa de juros, Tesouro Selic tem aumento de procura

Publicado


source
Banco Central reajustou a taxa Selic para 4,25% a.a
Isabella Siqueira

Banco Central reajustou a taxa Selic para 4,25% a.a

A busca pelo  Tesouro Selic , título atrelado à taxa básica de juros do Tesouro Direto, também está em alta. A participação desse papel nas vendas da plataforma cresce mês a mês desde fevereiro, com a expectativa de aumento da Selic .

Porém, o Tesouro IPCA ainda é bem mais vantajoso que o Tesouro Selic para objetivos além da reserva de emergência, aquele dinheiro para ser usado diante de imprevistos, recomendam consultores financeiros.

“O Tesouro Selic deve ser apenas para a pessoa que quer liquidez para a reserva de emergência ou está pensando em retirar o dinheiro daqui a alguns meses. Ao olhar para um horizonte maior, de alguns anos, títulos que vão pagar a inflação mais uma taxa real têm melhor rendimento”, afirma Michael Viriato, coordenador do laboratório de finanças do Insper.

Leia mais:  Lei que altera LDO em favor de programas emergenciais é publicada

Quem está ficando para trás nas vendas do Tesouro Direto são os títulos prefixados , aqueles que oferecem uma taxa combinada na hora da aplicação caso o investidor fique com o dinheiro investido até a data de vencimento. A participação desses papéis nas vendas da plataforma cai a cada mês desde janeiro, o que é natural em épocas em que há projeção de avanço na inflação e na Selic. A estimativa é que eles gerem menos retorno.

Continue lendo

Mais Lidas da Semana