conecte-se conosco

Mato Grosso

Brava Festival realiza exposição com mais de 60 obras produzidas por artistas negras

Publicado


Está aberta para visitações a exposição Brava, o primeiro festival de artes visuais de mulheres negras realizado em Mato Grosso. São mais de 60 esculturas, cerâmicas, pinturas em tela, ilustrações em aquarela, artes digitais, fotografias e artesanatos expostos até o dia 21 de maio, de segunda a sexta, das 08h às 17h, no Museu de Imagem e Som de Cuiabá (MISC), situado na Rua 7 de Setembro, 1 – Centro Norte, Cuiabá – MT. 

As obras apresentam uma diversidade de técnicas, estéticas e possibilidades criativas. Ao todo, 10 mulheres artistas negras expõem seus trabalhos no Museu de Imagem e Som de Cuiabá – MISC.

A exposição é uma das ações do projeto “Brava – Festival de Artes Visuais de Mulheres Negras”, contemplado pelo edital Circuito Mostras e Festivais da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT).

A maior parte das artes são feitas por artistas mato-grossenses. Patty Wolf, Hiasmyn L e Rosa Argilosa foram as artistas convidadas pela curadoria. Foram convidadas três artistas graffiteiras, ilustradoras digitais e artistas plásticas de Teresina (PI), São Paulo e Rio de Janeiro. Também foram selecionadas através de convocatória pública a fotógrafa Carina Valéria, a artesã Maria Auxiliadora, a ilustradora Elaine Fogaça e a designer digital Lia Amazonas.

“O festival não busca, necessariamente, apresentar um panorama da diversidade artística negra. Tão pouco se trata de uma seleção com as principais personalidades negras do cenário regional e nacional. Com todo respeito às nossas ancestrais, nesta ocasião queremos conversar principalmente com as adolescentes e jovens negras. Para isso, a curadoria procurou artistas negras também jovens, em quem podemos nos referenciar. Queremos reunir mulheres estreantes com mulheres experientes. Queremos apresentar para as adolescentes negras, que desenham no caderno agora, que elas podem ser artistas valorizadas e reconhecidas em um futuro muito próximo”, afirma Hiasmyn L, idealizadora do festival.

Leia mais:  Campanha ‘Oxigênio Solidário’ arrecada R$ 1,13 milhão em cilindros e cargas para atender unidades de saúde

Todas as medidas de biossegurança estão sendo mantidas. O uso de máscaras é obrigatório, e é disponibilizado álcool gel na entrada da exposição. Também é permitido o máximo de 08 pessoas dentro das salas, mantendo o distanciamento mínimo de 02 metros. A exposição presencial conta com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer de Cuiabá, que disponibilizou o espaço do MISC.

Visitas guiadas presenciais e virtuais

O Brava Festival realiza visitas guiadas. Para isso basta entrar em contato com a organização do evento e reservar o horário de sua preferência, pelo instagram: www.instagram.com/bravafestival. A exposição também atende grupos de instituições públicas e privadas por meio de visitas virtuais por videoconferência guiadas por uma arte-educadora.

As escolas e instituições de todo estado de Mato Grosso que estiverem interessadas em agendar uma visita online, podem entrar em contato pelo e-mail: [email protected] ou pelo telefone (65) 98150-0520. Nas visitas online os participantes poderão aprender mais sobre as diferentes técnicas de artes visuais e sobre o trabalho de cada artista negra que expõe no festival.

Leia mais:  Sema apreende 256 kg de pescado no município de Sinop

Após o encerramento da exposição presencial, será disponibilizada a exposição virtual, na qual as obras poderão ser visualizadas também no site do Brava Festival.

Brava Festival

Além da exposição, o Brava Festival já realizou oficinas, performances, palestras, consultorias e debates online, voltados à capacitação profissional de artistas de Mato Grosso. Foram abordados temas como: possibilidades de atuação no mercado das artes; pautas sociais no processo criativo; estilo estético e criação de redes colaborativas. Todas as ações formativas estão disponíveis no site www.bravafestival.com.br.

Serviço

Exposição de Artes Visuais “Brava”

Data: aberta até 21 de maio de 2021

Horário: 08h às 17h (de segunda a sexta-feira)

Local: Museu de Imagem e Som de Cuiabá (MISC)

Endereço: Rua 7 de Setembro, 1 – Centro Norte, Cuiabá – MT

Classificação: Livre (Uma sala com classificação 16 anos)

Informações: instagram.com/bravafestival

Fonte: GOV MT

publicidade

Mato Grosso

Sábado (24): Mato Grosso registra 481.986 casos e 12.617 óbitos por Covid-19

Publicado


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (24.07), 481.986 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 12.617 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 707 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 481.986 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 10.875 estão em isolamento domiciliar e 456.929 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 403 internações em UTIs públicas e 319 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 73,41% para UTIs adulto e em 37% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (98.149), Rondonópolis (34.256), Várzea Grande (32.270), Sinop (23.249), Sorriso (16.879), Tangará da Serra (16.539), Lucas do Rio Verde (14.450), Primavera do Leste (12.598), Cáceres (10.493) e Barra do Garças (9.652).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia mais:  CBMMT auxilia no fornecimento de água potável para os moradores de Poconé

O documento ainda aponta que um total de 373.911 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 655 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (23.07), o Governo Federal confirmou o total de 19.632.443 casos da Covid-19 no Brasil e 548.340 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 19.523.711 casos da Covid-19 no Brasil e 547.016 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (24.07).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

Leia mais:  Governo de MT entrega 250 cestas básicas aos moradores do bairro Mapim

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mais Lidas da Semana