conecte-se conosco

Saúde

Como ajudar no aprendizado da criança no ensino a distância

Publicado


source
A nova modalidade deixou a forma de aprender mais maçante, sem a socialização do presencial
Pexels

A nova modalidade deixou a forma de aprender mais maçante, sem a socialização do presencial

A pandemia trouxe uma realidade muito diferente: o ensino remoto , os alunos e professores precisaram se adaptar rapidamente a essa nova modalidade. Se antes os professores precisavam se esforçar para captar a atenção e interesse dos alunos de forma presencial, esse esforço aumentou de forma virtual.

Os pais, que antes não precisavam se preocupar agora necessitam ficar atentos quanto a distrações das crianças no ambiente virtual , como redes sociais e jogos.

Nas escolas, as crianças além de aprender, socializavam , o que deixava o ensino mais leve e menos maçante como no virtual. Algumas técnicas podem ser implementadas para tornar essa nova realidade mais produtiva para os pais, filhos e professores.

Atitudes como organizar o espaço de estudo podem ajudar a aumentar a produtividade, a bancada deve conter os materiais necessários para estudo além de uma cadeira e uma boa iluminação .

É importante que o espaço de brincar e o espaço de estudo sejam diferentes, evitando que se misturem e distraia o pequeno na hora das obrigações.

Leia mais:  Avião que vai buscar vacinas na Índia decola nesta sexta-feira (15) do Recife

Você viu?

Fazer anotações e planejar o dia auxiliam na produtividade , assim como saber o momento de fazer pausas e relaxar, dando um descanso a mente. Durante o estudo, desligue as notificações das redes sociais, evitando atrapalhar a concentração.

Por fim, entenda os recursos virtuais oferecidos, cada instituição adota uma plataforma diferente, onde as aulas são realizadas e os materiais disponibilizados. Crianças pequenas podem ter dificuldade em acessar os portais, portanto precisam da ajuda dos pais.

Durante esse acompanhamento que também é visto se a criança está fazendo os deveres e aprendendo o conteúdo que foi transmitido. Ao final das aulas, pergunte ao seu filho o que ele aprendeu e o ajude a lembrar do conteúdo em atividades do dia a dia.

Para  participar da Semana da Saúde e obter informações, inscreva-se neste formulário e ainda ganhe 5 e-books, sobre os temas da Semana, gratuitamente, sem sorteio:

Leia mais:  CPI da Covid: Como saber se um estudo científico citado é confiável ou não


Fonte: IG SAÚDE

publicidade

Saúde

‘Todos os cariocas acima de 18 anos’ imunizados em três semanas, prevê Paes

Publicado


source
Prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes
Fernando Frazão/Agência Brasil

Prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes


O prefeito Eduardo Paes anunciou que a vacinação contra a Covid-19 na cidade do Rio será retomada na próxima quarta-feira. Pelo Twitter, Paes informou ainda que as idades que seriam atendidas ao longo desta semana no planejamento anterior estão mantidas — o cronograma havia sido suspenso na última sexta por conta do atraso no envio de doses por parte do Ministério da Saúde.

Assim, pessoas de 34 anos poderão ser imunizadas na própria quarta, sendo mulheres de manhã e homens à tarde. Na quinta-feira, é a vez das mulheres de 33 anos, enquanto homens da mesma idade devem ir até os postos na sexta. Tanto a quinta quanto a sexta-feira também servirão, à tarde, para a repescagem de quem tem 34 anos ou mais, assim como no sábado poderá ser vacinado qualquer um com 33 anos ou mais.

Na mesma postagem, Paes afirmou que, “se não houver mais falhas na entrega”, todos os cariocas acima de 18 anos estarão vacinados ao menos com a primeira dose dentro de três semanas. “Bora distribuir acelerado”, escreveu o prefeito.

Leia mais:  Argentina aprova uso emergencial de vacina de Oxford contra Covid-19


Você viu?

Mais cedo, também pelas redes sociais, Paes contou que o Ministério da Saúde havia antecipado a remessa de novas doses do imunizante, que chegariam à cidade já na noite desta segunda-feira. “Acabamos de receber uma ligação do departamento de logística do Ministério da Saúde, que nos informou estar adiantando as entregas desta semana para a noite de hoje (segunda-feira). Agradeço muito a parceria do ministro Marcelo Queiroga na aceleração desse processo”, postou o prefeito.

Pouco antes, o Ministério da Saúde também havia informado, no seu perfil em rede social, o envio, a partir desta segunda-feira, de 10,2 milhões de doses de vacina para todo o Brasil. Ainda segundo a postagem, serão 3, 812 milhões doses da AstraZenecaFiocruz, 1,036 milhão de AstraZeneca Covax Facility, 3,335 milhões CoronavacButantan e 2.104 Pfizer BioNTech.

Na sexta-feira, poucas horas após divulgar a queda do número de mortes e casos graves de Covid-19 na cidade devido ao avanço da vacinação, a Prefeitura do Rio anunciou que a aplicação de primeiras doses seria suspensa a partir daquele dia por falta de imunizantes. O prefeito Eduardo Paes (PSD) afirmou que o Ministério da Saúde estva demorando a entregar mais lotes e cobrou, pelo Twitter, o envio imediato. A pasta negou que houvesse atraso.

Fonte: IG SAÚDE

Continue lendo

Mais Lidas da Semana