conecte-se conosco

Tribunal de Justiça de MT

Desembargador Rubens de Oliveira completa 22 anos de magistratura

Publicado


Nesta quinta-feira (15 de outubro), o desembargador Rubens de Oliveira Santos Filho completa 22 anos de magistratura. Nascido em Cuiabá, ele estudou na Escola Modelo Barão de Melgaço, cursou o ginásio no Colégio São Gonçalo e o curso técnico na antiga Escola Técnica Federal de Mato Grosso. Estudou no Colégio Pré-Universitário de Brasília e ingressou na Universidade Federal de Mato Grosso em junho de 1972, sendo aprovado em primeiro lugar no vestibular.
 
 
Advogado militante por 20 anos (1978 a 1998), presidiu, por dois mandatos, a Ordem dos Advogados do Brasil seccional Mato Grosso (OAB/MT), de 1º de fevereiro de 1991 a 1º de fevereiro de 1993 e de 1º de fevereiro a 18 de agosto de 1998.
 
Rubens de Oliveira Santos Filho foi eleito desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso em 15 de outubro de 1998, na vaga correspondente ao quinto constitucional.
 
 
Desde então já ocupou diversos cargos, como vice-presidente e corregedor do Tribunal Regional Eleitoral (22 de março de 2001 a 16 de abril de 2002) e, no período, acumulou a função presidente do Colégio de Corregedores da Justiça Eleitoral do Brasil. Na sequência, de 17 de abril de 2002 a 21 de março de 2003, assumiu a presidência do TRE-MT. No biênio 2007/2009 cumpriu o mandato como vice-presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso e, no biênio 2011/2013, foi presidente do TJMT.
 
Atualmente, o desembargador preside a Segunda Turma de Câmaras Cíveis Reunidas de Direito Privado, a Quarta Câmara de Direito Privado e a Seção de Direito Privado.
 
Lígia Saito
Coordenadoria de Comunicação do TJMT
 
 
 

Leia mais:  "Eu não quis enxergar a pessoa que ele era", diz jovem vítima de estrangulamento com fio de celular

publicidade

Tribunal de Justiça de MT

Juiz da Vara de Violência de Cuiabá será Embaixador de projeto da BPW

Publicado


O juiz titular da Primeira Vara de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Cuiabá, Jamilson Haddad, recebe na noite desta quarta-feira (23), o título de Embaixador do Projeto Chita & Fuxico, em nível estadual, homenagem realizada pela Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais – BPW Cuiabá a personalidades comprometidas com a causa da mulher em Mato Grosso.
 
“Fiquei surpreso, alegre, honrado e muito feliz pela indicação, especialmente por ser em relação a um projeto com tamanha relevância social. Penso que ser indicado por uma entidade tão representativa para as mulheres de Mato Grosso, é muito bom para o Judiciário”, declarou o magistrado sobre o título.
 
De acordo com ofício da presidente da BPW, Zilda Zompero, o nome do magistrado foi indicado por estar desde 2012 trabalhando com destaque na aplicação da Lei Maria da Penha, seja como juiz da Primeira Vara, seja em espaços representativos do cenário brasileiro, a exemplo do Fórum Nacional de Juízas e Juízes de Violência Doméstica (Fonavid), no qual é o segundo vice-presidente. “Nossa ONG Feminina percebe seu trabalho. Como embaixador do projeto, esperamos que nos auxilie dando sugestões para o desenvolvimento”, diz em trecho da comunicação.
 
Chita & Fuxico é um projeto social eco sustentável que apoia mulheres em situação de vulnerabilidade social, por renda, vítimas da violência doméstica e mães com filhos portadores de necessidades especiais. O projeto é elaborado pela Comissão de Responsabilidade Social, da BPW Cuiabá.
 
A associação ainda irá agraciar com o título de Embaixadora a primeira-dama de Mato Grosso, Virgínia Mendes.
 
 
Alcione dos Anjos
Coordenadoria de Comunicação da Presidência do TJMT
 
 
 

Leia mais:  Diretoria do TJMT se reúne com a OAB/MT: diálogo frequente em busca de soluções para a sociedade

Continue lendo

Mais Lidas da Semana