conecte-se conosco

Economia

Desigualdade racial fez aumentar a disparidade de renda, diz Ipea

Publicado


source
Desigualdade racial no Brasil pouco evolui em relação à salários
Flick / Artur Luiz

Desigualdade racial no Brasil pouco evolui em relação à salários

Em três décadas, a desigualdade racial  aumentou a já elevada disparidade de renda brasileira. Este foi o resultado de um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), feito com base na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), que aponta pouco avanço no combate à desigualdade salarial e racial no Brasil. Entre 1986 e 2019 , a desigualdade racial de renda no Brasil permaneceu praticamente estagnada. 

O pesquisador e autor do trabalho, Rafael Osório, ressalta que a pouca elevação da renda da parcela negra da população pode ter sido por conta do aumento da autodeclaração entre os ricos. “A desigualdade racial de renda persiste sem abalos substantivos”, ressalta.

“A valorização da negritude e as políticas para a população negra, dissociadas do combate às desigualdades socioeconômicas e regionais que afetam a todos, não levarão a grandes reduções da desigualdade racial em poucas décadas”, adiciona Osório.

O estudo aponta que a renda média dos brancos permanece ao menos duas vezes maior do que a dos negros. Somente em 2014, quando a renda média dos brancos chegou a 24 dólares por dia, a renda média dos negros ultrapassou o mínimo histórico dos brancos, de 12 dólares em 1992, diz o Ipea.

Clique  aqui para acessar o estudo completo. 

publicidade

Economia

Guedes quer aumentar tributos de lucros e dividendos para compensar tabela do IR

Publicado


source
Guedes que aumentar taxação sobre lucros e dividendos para diminuir impacto nos cofres públicos
Lorena Amaro

Guedes que aumentar taxação sobre lucros e dividendos para diminuir impacto nos cofres públicos

Para compensar a queda de arrecadação com a alteração da tabela de isenção do Imposto de Renda para R$ 2,4 mil , o Ministério da Economia estuda aumentar em 20% a tributação de lucros e dividendos . A proposta será enviada à Câmara dos Deputados até quarta-feira (23) e faz parte do pacote de medidas da Reforma Tributária. A informação é do jornal Estado de S. Paulo .

A alíquota proposta anteriormente era de 15%, mas a taxação imposta não daria conta de diminuir as perdas na arrecadação. Recuperar o valor perdido em alterações tributárias é obrigatório pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Já a faixa de isenção para lucros e dividendos será de R$ 20 mil por mês. 

Imposto de Renda 

Com as alterações no Imposto de Renda para pessoas físicas, o Palácio do Planalto também pretende reduzir a alíquota para pessoas jurídicas . Enquanto o ministério da Economia quer conceder o benefício aos poucos para evitar uma brusca queda na arrecadação, empresários e associações que representam comerciantes pressionam para que a medida passe a valer após a sanção da Reforma Tributária

Leia mais:  Senado aprova projeto que prorroga prazo de entrega do IR2021 para 31 de julho

A proposta será analisada pela Câmara dos Deputados e uma comissão para o estudo do tema dever ser anunciada até o fim da semana. A reforma será dividida em fases e terá a tramitação nas duas Casas ao mesmo tempo. O Congresso Nacional pretende aprovar os textos até o fim do ano, após pressão do governo federal. 

Continue lendo

Mais Lidas da Semana