conecte-se conosco

Economia

Economia brasileira cresceria 8% se não fosse pandemia, diz Bolsonaro

Publicado


source
O presidente da República, Jair Bolsonaro
Luciano Rodrigues

O presidente da República, Jair Bolsonaro


O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que a economia brasileira teria crescido 7% ou 8% em 2021 se não houvesse pandemia em vez dos 4% previstos para o ano. Para ele, as medidas de isolamento adotadas por governadores foram as responsáveis pelos impactos da crise sanitária nos  empregos e na renda .

 “Os informais foram duramente abatidos. E logo por esses políticos, que dizem tanto que estão preocupados com os mais pobres. O governo federal não fechou nenhum botequim”, disse durante uma cerimônia do Ministério do Turismo, realizada no Palácio do Planalto nesta quinta-feira (10).

Bolsonaro também elogiou o desempenho do ministro da Economia, Paulo Guedes, apesar das baixas nas finanças públicas e na sociedade. “Gostaria de saber do Paulo Guedes o que ele fez para a economia, apesar do ‘feche tudo’. Destruíram empregos, levaram à miséria e à depressão milhões de pessoas”, disse.


publicidade

Economia

G7 apoia taxa mínima global para multinacionais e buscará acordo final em julho

Publicado


source
O presidente americano Joe Biden e o premier britânico Boris Johson entre outros líderes no encontro do G7
Foto: LEON NEAL / AFP

O presidente americano Joe Biden e o premier britânico Boris Johson entre outros líderes no encontro do G7

Em seu comunicado final, os líderes do G7 apoiaram a proposta dos ministros de Finanças do bloco de criar um imposto mínimo global de 15% para as multinacionais, em especial as gigantes de tecnologia americanas como Google, Facebook, Apple e Amazon, e prometeram aprofundar o debate sobre a medida.

“Precisamos de um sistema tributário que seja justo em todo o mundo. Apoiamos o compromisso histórico assumido pelo G7 em 5 de junho”, diz o comunicado.

“Vamos agora continuar a discussão para chegar a um consenso sobre um acordo global visando a uma solução equitativa na atribuição de (…) um ambicioso imposto mínimo de pelo menos 15% em uma base país a país, por meio do quadro de inclusão do G20 e da OCDE. E esperamos chegar a um acordo na reunião de julho do G20”, acrescentou. o bloco.

O próprio presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, demonstrou apoiar a medida.

Leia mais:  Pix: O que é, como se cadastrar e quais as principais novidades do novo sistema?

— Empresas demais têm recorrido a paraísos fiscais — afirmou Biden à Reuters. — Um imposto mínimo vai nivelar a competição. Vou avançar nesse tema nos EUA.

Você viu?

Para o G7, os ministros de Finanças, na reunião preparatória, deram “um passo significativo para criar um sistema tributário mais justo para o século XXI”.

“Nossa colaboração criará um campo de jogo mais forte e nivelado, que ajudará a aumentar a receita tributária para apoiar os investimentos e acabar com a evasão fiscal”, afirmou a nota.

Continue lendo

Mais Lidas da Semana