conecte-se conosco

Internacional

Em novo processo, ex-policial se declara inocente pela morte de George Floyd

Publicado


source
Derek Chauvin, condenado pelo assassinato de George Floyd
Reprodução

Derek Chauvin, condenado pelo assassinato de George Floyd

O ex-policial Derek Chauvin,  condenado a 22 anos e meio de prisão pelo assassinato de George Floyd na esfera estadual, e os outros três agentes que atuaram na abordagem fatal em Minneapolis, em 25 de maio de 2020, voltaram a se declarar inocentes em uma audiência judicial. Dessa vez, o caso tramita na Justiça federal.

Chauvin, que mesmo condenado nunca reconheceu que sua abordagem foi criminosa, Tou Thao, Alexander Kueng e Thomas respondem por “violação dos direitos constitucionais” nesse processo. Os outros três agentes também vão responder em Minnesota, por “cumplicidade em homicídio”, mas as audiências foram remarcadas para março de 2022.

Os quatro participaram da sessão por videoconferência e falaram logo na abertura da audiência. A imprensa norte-americana informa que a defesa de Chauvin estaria tentando fechar um acordo para não responder novamente a um processo completo, mas a informação não foi confirmada oficialmente por seus advogados.

Chauvin foi o policial branco que matou Floyd por sufocamento, ao permanecer por cerca de nove minutos com seu joelho no pescoço do homem negro. Os agentes que estavam na abordagem, chamada por um funcionário de uma loja porque Floyd tentou passar uma nota de US$ 20 falsa, nada fizeram para ajudar o homem.

O assassinato de Floyd gerou uma grande onda de protestos em todos os estados norte-americanos e também em outros países e críticas sobre o treinamento policial na abordagem de pessoas negras.

Fonte: IG Mundo

publicidade

Internacional

Ações da chinesa Evergrande caem à mínima em 11 anos

Publicado


As ações da chinesa Evergrande caíram nesta segunda-feira (20) para mínimas de 11 anos, à medida que se aproxima o prazo para vencimento de uma dívida e crescem os temores de calote.

A Evergrande tem se esforçado para levantar fundos para pagar seus muitos credores, fornecedores e investidores, com os reguladores alertando que seus 305 bilhões de dólares em passivos podem gerar riscos mais amplos para o sistema financeiro do país se não forem estabilizados.

A ação fechou em queda de 10,2%, depois de cair 19% para seu nível mais fraco desde maio de 2010.

A unidade de gestão de propriedades da empresa caiu 11,3%, enquanto a unidade de carros elétricos perdeu 2,7%. A empresa de streaming de filmes Hengten Net, da Evergrande, despencou 9,5%.

“As ações continuarão caindo porque ainda não há uma solução que pareça ajudar a empresa a aliviar o estresse de liquidez, e ainda há muitas incertezas sobre o que ela fará no caso de reestruturação”, disse Kington Lin, diretor de gestão de ativos da Canfield Securities.

Leia mais:  Boeing avalia datas em agosto para lançar cápsula espacial Starliner

Um dos principais credores de Evergrande fez provisões para perdas em uma parte de seus empréstimos para a empresa, enquanto alguns planejam dar mais tempo para pagar, disseram quatro executivos de banco à Reuters.

A incorporadora disse no domingo que começou a reembolsar os investidores em seus produtos de gestão de fortunas com imóveis.

O Banco do Povo, seu banco central e o órgão de supervisão bancária da China, convocaram os executivos da Evergrande em agosto e alertaram que é necessário reduzir seus riscos de dívida e a estabilidade prioritária.

A Evergrande tem que pagar 83,5 milhões de dólares em juros em 23 de setembro. Ela tem outro pagamento de juros de 47,5 milhões com vencimento em 29 de setembro. Ambos os títulos entrariam em default se Evergrande não liquidar os juros dentro de 30 dias das datas de pagamento programadas.

Em qualquer cenário de inadimplência, a Evergrande precisará reestruturar os títulos, mas os analistas esperam um baixo índice de recuperação para os investidores.

Leia mais:  Parceiros de negócios de Trump podem estar envolvidos com máfia

O estresse também tem pressionado o setor imobiliário mais amplo, bem como o iuan, que caiu para uma mínima de três semanas de 6,4831 por dólar.

As ações da Sunac, quarta maior incorporadora imobiliária da China, caíram 10,5%, enquanto a Greentown China, apoiada pelo Estado, caiu 6,7%.

Continue lendo

Mais Lidas da Semana