conecte-se conosco

Cuiabá

Emanuel Pinheiro é convidado a integrar chapa de Bruno Covas para compor Frente Nacional dos Prefeitos

Publicado


Assessoria

Clique para ampliar

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, foi convidado para integrar a vice-presidência de Energias Renováveis, na chapa do candidato à presidência  da Frente  Nacional dos Prefeitos (FNP), o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB).

O convite da reunião foi feito pelo ex-prefeito de Campinas Jonas Donizette (PSB) e o atual presidente da FNP. Também participou do debate virtual, o prefeito de Boa Vista, Roraima, Arthur Henrique.  

A eleição virtual e posse da nova diretoria da FNP será no dia 15 de abril, para comandar o biênio 2021/2023. Historicamente, a seleção é realizada por aclamação dos membros da entidade que é  dirigida exclusivamente por prefeitos em exercício dos seus mandatos. 

“Fiquei honrado e orgulhoso em ser convidado para compor a chapa liderada pelo prefeito de SP, Bruno Covas. O  atual presidente, o  Jonas,  fez um grande trabalho e promoveu  uma união de forças entre prefeitos de capitais e municípios com mais de 80 habitantes que compõem a FNP. E ao convidar Cuiabá, para um  cargo  tão importante como este, eu divido com a população essa conquista. Isso mostra a importância de Cuiabá no contexto nacional e quero dizer que vamos nos dedicar ao lado de Bruno Covas. Vamos  buscar ainda mais o fortalecimento e união dos prefeitos do Brasil, fortalecimento do estado democrático de direito e a melhoria da política municipalista. Dessa forma, buscar mecanismos de modernidade e sustentabilidade para diversas ações. Iremos colocar Cuiabá em uma condição de debate nacional”, agradeceu o prefeito. 

Leia mais:  Secretaria Municipal da Mulher realizará capacitação multidisciplinar a 500 profissionais da Assistência Social

A  FNP representa municípios com mais de 80 mil habitantes e capitais e é organizada em diretoria executiva, vice-presidências temáticas.

publicidade

Cuiabá

Pinheiro encaminha Projeto de Lei para endurecer a fiscalização e aguarda Justiça para definir toque de recolher

Publicado


Izabela Dias / Secom

Clique para ampliar

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, anunciou na manhã deste sábado (27), que vai entregar um Projeto de Lei na Câmara Municipal para criar medidas ainda mais rigorosas na fiscalização dos estabelecimentos comerciais que descumprem as medidas já estabelecidas de biossegurança.

“Após reunião do Comitê Municipal de Enfrentamento à COVID-19, realizada ontem, já havíamos definido a volta do toque de recolher. Entretanto, vamos esperar a decisão da Justiça para definir qual o caminho Cuiabá vai tomar. Enquanto isso, no dia 1º de março, segunda-feira, entregarei ao presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, Juca do Guaraná, um Projeto de Lei que determina medidas ainda mais rigorosas na fiscalização dos estabelecimentos que teimam em descumprir as medidas de biossegurança neste período de pandemia, solicitando a votação em urgência urgentíssima”, afirmou o prefeito.

Segundo Pinheiro, as medidas vão da simples advertência até a suspensão do alvará com o fechamento do estabelecimento por até 90 dias. “A base deste Projeto de Lei é a seguinte: aqueles que andam de acordo com a lei, que andam corretamente e que estão preocupados em trabalhar sem causar a proliferação do vírus não podem pagar pelos irresponsáveis que trabalham de qualquer forma e propiciam essa onda crescente de propagação da COVID-19 em Cuiabá”, comentou.

Leia mais:  Idosos vacinados comemoram aplicação da 1ª dose: "Somos vitoriosos por chegar até aqui"

Para o prefeito, este não é o momento de decretar lockdown, pois o setor produtivo não aguenta mais ser penalizado. “O trabalhador precisa do emprego, precisa trabalhar e ganhar o seu salário. A Prefeitura de Cuiabá está trabalhando diuturnamente para vencer a pandemia, e a saída é a vacina. Estamos usando de todos os meios, empregando todos os esforços possíveis e imagináveis para conseguirmos mais vacinas para imunizar toda a população cuiabana. Esse é meu compromisso e eu reitero nesse momento com cada um de vocês”, finalizou.

Na manhã de hoje (27) o prefeito Emanuel Pinheiro aderiu à instalação de um consórcio por meio da Frente Nacional dos Prefeitos (FPN) para aquisição das vacinas contra a Covid-19.

 

 

Continue lendo

Mais Lidas da Semana