conecte-se conosco

Mato Grosso

Empresa aérea mato-grossense inaugura três voos regulares para interior do Estado

Publicado


A Asta Linhas Aéreas iniciou nesta segunda-feira (22.02) as operações regulares em Mato Grosso. Serão realizados voos para Juína, Lucas do Rio Verde e Nova Mutum. Em uma parceria com as empresas Gol e Voepass, os consumidores poderão comprar seus bilhetes a partir destes municípios para qualquer destino nacional, retirando bagagens apenas no destino final.

“Este é um momento muito importante para Mato Grosso. O Governo do Estado trabalha para que haja cada vez mais desenvolvimento, com concorrência saudável e consequente diminuição de preços de passagens aéreas e melhores serviços”, disse César Miranda, secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico.

Ele ressaltou que Mato Grosso tem o programa VOE MT, que busca incentivar voos regionais. “O programa está passando por uma revisão, ouvindo os setores envolvidos para que seja atrativo para as empresas aéreas investirem no Estado e melhorar ainda nossa malha aérea. O compromisso do governador Mauro Mendes é criar um bom ambiente de negócios para atrair estes investidores e, consequentemente, gerar mais emprego e renda para todos os municípios”, afirma César Miranda, secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso.

Leia mais:  Mais de 40 mil processos de habilitação são abertos de forma online

De acordo com o CEO da Asta, Adalberto Bogsan, nos próximos dois anos o objetivo é chegar a 16 cidades, 11 em Mato Grosso e duas em outros Estados. “Com este acordo, os clientes terão a facilidade de compra de um bilhete único e único check-in em voos operados pela Asta. Nosso foco é fomentar a aviação por todas as regiões do Brasil, dando mais opções de destinos a passageiros do interior do Estado”, afirmou.

O senador Wellington Fagundes reforçou o potencial de Mato Grosso. “É um estado que, mesmo durante a pandemia, conseguiu aumentar a produtividade e os seus negócios, é um estado de oportunidades. Quem investir aqui terá, com certeza, bons resultados”, disse.

Eduardo Sanovicz, presidente da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), reforçou que é a data é importante, pois “marca o dia em que a integração se consolida para os consumidores de Mato Grosso”.

Fonte: GOV MT

publicidade

Mato Grosso

Sábado (27): Mato Grosso registra 250.526 casos e 5.786 óbitos

Publicado


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (27.02), 250.526 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 5.786 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 557 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 250.526 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 8.771 estão em isolamento domiciliar e 234.677 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 392 internações em UTIs públicas e 361 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 87,11% para UTIs adulto e em 41% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (53.656), Rondonópolis (19.387), Várzea Grande (15.878), Sinop (12.883), Sorriso (10.302), Tangará da Serra (9.981), Lucas do Rio Verde (9.332), Primavera do Leste (7.419), Cáceres (5.545) e Nova Mutum (5.064).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia mais:  Mais de 40 mil processos de habilitação são abertos de forma online

O documento ainda aponta que um total de 215.765 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 890 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na última sexta-feira (26), o Governo Federal confirmou o total de 10.455.630 casos da Covid-19 no Brasil e 252.835 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 10.390.461 casos da Covid-19 no Brasil e 251.498 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados de sábado (27).

Recomendações

Já há uma vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

Leia mais:  Seduc oferece formação aos profissionais da educação em programa de apoio socioemocional

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
– Evitar contato próximo com pessoas doentes;
– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mais Lidas da Semana