conecte-se conosco

Cuiabá

Fiscais doam 2 toneladas de alimentos e fortalecem campanha lançada pela primeira-dama Márcia Pinheiro

Publicado


Vicente Aquino

Clique para ampliar

Os servidores da Secretaria Municipal de Ordem Pública (SORP), liderados pelos agentes de fiscalização, promoveram uma arrecadação interna de 2 toneladas de alimentos que foram direcionados à campanha Vacina Solidária, da primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro.  

Para o secretário-adjunto de Fiscalização, Benedito Alfredo Granja, a ajuda solidária é uma oportunidade de mostrar a impressão errada, em determinadas ocasiões, da sociedade sobre a atuação dos fiscais da prefeitura durante a pandemia.  

“Muitas vezes somos incompreendidos pelas pessoas porque estamos realizando a nossa função. Nós lamentamos ter que fechar um estabelecimento, mas é preciso prezar pela vida da população. Essa doação mostra que nós [fiscais] também temos sentimentos e nos importamos com as famílias que precisam trabalhar e foram afetadas pela pandemia”, disse.

O prefeito Emanuel Pinheiro defendeu a categoria pelo trabalho feito na linha de frente da pandemia que tem garantido a ordem no combate a aglomeração e sendo fator crucial para o desafogamento do sistema público de saúde.

Leia mais:  Vereador Eduardo Magalhães apresenta indicações solicitando serviços para 18 bairros

“Nosso fiscais nem sempre são bem recebidos, muitas vezes são até injustiçados, mas cumprem com seus deveres. E agora mostram o espírito humanitário atendendo ao pedido da primeira-dama e mostrando à sociedade que o fiscal tem compromisso com o bem estar social da nossa população”, elencou.

A expressiva doação dos servidores da SORP, liderados pelo secretário Leovaldo Sales, se soma com as mais de 1 toneladas de alimentos arrecadados em menos de um mês de campanha. Ao todo, já são mais de 4 toneladas de alimentos arrecadados, sendo 1,3 mil cestas já entregues para famílias em vulnerabilidade social.

“Agradecemos muito aos servidores, ao secretário Sales, e aos fiscais por essa grande doação que irá ajudar inúmeras famílias que precisam, aquelas que foram afetadas pela pandemia e estão com dificuldade para o sustento familiar. É nossa obrigação, enquanto cidadãos, ajudar essas pessoas e vocês reconhecem essa missão. Portanto, meu muito obrigado”, agradeceu a primeira-dama.

A campanha Vacina Solidária busca arrecadar alimentos não perecíveis para serem entregues às famílias em vulnerabilidade social afetadas pela pandemia. As doações podem ser feitas nos centros de vacinação da Prefeitura de Cuiabá: Centro de Eventos do Pantanal, Sesi Papa, Sesc Balneário, Universidade Federal de Mato Grosso e Assembleia Legislativa.

Leia mais:  Sorp adere a blitz 'Consciência Já' com as associações de bares e restaurantes; fiscalização será reforçada na Praça Popular 

O 6º polo de imunização contra a Covid-19 que funciona no Senai da região do Porto, aberto essa semana, também já funciona como ponto de coleta de alimentos da campanha coordenada pelo Núcleo de Apoio à Primeira-dama. 

publicidade

Cuiabá

NOTA OFICIAL – Ações da Assistência Social

Publicado


Davi Valle

Clique para ampliar

A  Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência esclarece:

– Ações voltadas à população em situação de vulnerabilidade social recebem atenção diferenciada da Prefeitura de Cuiabá, que tem como premissa uma gestão humanizada;

– Em 2020, sensível à pandemia causada pela pandemia do novo coronavírus, a Prefeitura de Cuiabá  – foi pioneira  – e instituiu o  programa Renda Solidária Cuiabá, para atendimento exclusivamente com benefício no valor de R$ 500 (pelo período de três meses) a feirantes em geral;  carroceiros; catadores de recicláveis;  ambulantes e profissionais do transporte escolar; 

– Mantém serviços, programas, projetos e benefícios da política de Assistência Social em todas as unidades, sendo mais de 47 mil famílias referenciadas aos CRAS;

-Realiza ainda projetos executados rotineiramente de busca ativa às famílias, trata-se do “Quero te Conhecer” Pop Rua que consiste na abordagem social da população em situação de rua para sensibilização e reconhecimento da importância do acolhimento em uma das quatro unidades do município ou até mesmo, contribuir para que essas pessoas retornem às cidades de origem; e Imigrantes para sensibilização desta população que utiliza das ruas na capital;

Leia mais:  Juca e Coelho selam parceria forte entre Câmara e UCMAMT

-O município conta com 14 (quatorze) unidades do Centro de Referência de Assistência Social- CRAS, que oferecem o serviço de fortalecimento de vínculos, bem como realizam o cadastramento de famílias junto ao Cadastro Único possibilitando o  acesso ao Benefício de Prestação Continuada (BPC) e ao Programa Bolsa Família, dentre outros;

– Só no ano de 2020, o Município realizou a concessão de  8.184 benefícios eventuais (cestas básicas, caixas de leite e kits de natalidade) para pessoas em situação de extrema vulnerabilidade. Já no ano de 2021, somam mais de 13.387 benefícios concedidos (cestas básicas, caixas de leite e kits de natalidade);

– Cuiabá possui 17.115 beneficiários do BPC, que atende a idosos e pessoas com deficiência. Outras 24.167 famílias são atendidas pelo Bolsa Família (CadÚnico);

-Reitera que os serviços da política de Assistência Social são escopo de atuação e realizados de forma rotineira pela busca da garantia de direitos das famílias atendidas.

-A secretária da pasta, Hellen Ferreira, servidora efetiva do Executivo Municipal, recebe com indignação as críticas do governador do Estado. Pondera que não refletem os anos de dedicação e de esforço na construção e execução de  políticas públicas eficazes. Considera ainda que os apontamentos são descabidos, frágeis e refletem o desconhecimento por parte do gestor do Estado

Leia mais:  Vereador Eduardo Magalhães apresenta indicações solicitando serviços para 18 bairros

– Lamenta que mais uma vez que os profissionais que desempenham a honrosa função no desenvolvimento da política de assistência social para administração pública em Cuiabá e, não o assistencialismo, tenham o desempenho de suas atividades preteridas por parte do  governador do Estado; 

-Solicita ainda que o município de Cuiabá, como ocorre habitualmente, deixe de ser preterido por parte do Governo do Estado no que tange ao atendimento às famílias em vulnerabilidade;  visto que em nenhum momento a Secretaria fez parte do planejamento ou execução das ações de cidadania realizadas pelo Estado, diferente do divulgado; 

– Por fim,  lamenta  a fala infeliz citando que só demonstram a languidez , a falta de sensibilidade, diálogo e respeito aos usuários e servidores

Continue lendo

Mais Lidas da Semana