conecte-se conosco

Mato Grosso

Governo de Mato Grosso vai reativar 10 UTIs no Hospital Regional de Sinop

Publicado


O Governo de Mato Grosso vai reativar, nos próximos dias, 10 Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) no Hospital Regional de Sinop, destinadas a atender casos de covid-19. O contrato com a empresa responsável já foi assinado e todos os trâmites devem ser finalizados em até 10 dias.  

O anúncio foi feito nesta terça-feira (23.02) pelo governador Mauro Mendes, após reunião com o deputado federal Juarez Costa, com o deputado estadual Dilmar Dal Bosco, com o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, além de vereadores e lideranças do município.

“Depois de quatro tentativas, conseguimos contratar uma empresa. O Governo está correndo muito com isso, para o quanto antes reativarmos essas UTIs e atender a população de Sinop e da região”, afirmou o governador.

O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, destacou o empenho da gestão em garantir o atendimento aos acometidos pelo coronavirus, tanto na ampliação de leitos de enfermaria quanto de UTIs.

“Estamos envidando todos os esforços para ampliar a rede assistencial nesse momento e evitar um possível colapso do sistema de saúde. Nos últimos 15 dias, foram abertos 60 leitos de UTI em Mato Grosso pelo Governo do Estado em parceria com os municípios. Hoje temos 451 leitos de UTI cofinanciados pela gestão estadual”, relatou Figueiredo.

Leia mais:  Unemat inicia última etapa de matrículas para disciplinas do Ensino Remoto Emergencial

Abertura de UTIs

O Governo de Mato Grosso tem se empenhado para estruturar a rede pública para atender pacientes com coronavírus, abrindo UTIs nas unidades estaduais e também junto com as prefeituras.

Somente nas últimas duas semanas, foram abertas 60 novas UTIs em todo o estado, sendo 10 em Lucas do Rio Verde; 10 em Alta Floresta; 10 em Primavera do Leste; 10 em Nova Mutum; 10 no Hospital Estadual Santa Casa e 10 no Hospital Metropolitano.

Desde o ini´cio da pandemia, o Estado já criou 159 novos leitos de UTI e atualmente cofinancia 451 UTIs, contando as estaduais e municipais.

Fonte: GOV MT

publicidade

Mato Grosso

Governador Mauro Mendes pede auxílio do embaixador dos EUA para compra direta de vacinas

Publicado


O governador Mauro Mendes pediu o auxílio do embaixador dos EUA no Brasil, Todd Chapman, para que Mato Grosso e os oito estados que compõem a Amazônia Legal possam fazer a aquisição direta de vacinas contra a covid-19.

O pedido foi feito na manhã desta sexta-feira (05.03), durante reunião do Consórcio Interestadual da Amazônia Legal com o embaixador. Também endossaram a solicitação os governadores Gladson Cameli (Acre), Waldez Góez (Amapá), Wilson Lima (Amazonas), Flávio Dino (Maranhão), Helder Barbalho (Pará), Marcos Rocha (Rondônia), Antonio Denarium (Roraima) e Mauro Carlesse (Tocantins).

“Nós vimos com muita boa vontade quando vosso presidente anunciou que até maio pretende atingir a vacinação de grande parte de sua população. Vocês têm grandes laboratórios, grande capacidade de produzir. Queremos pedir a sua ajuda, enquanto embaixador, junto ao governo americano, para que ele possa negociar conosco, com o Consórcio da Amazônia Legal – que presta serviços importantes na área ambiental ao planeta – uma quantidade expressiva de vacinas que nós queremos comprar. E aí o governo americano, atingindo a meta de vacinação, possa nos auxiliar a comprar essas vacinas para atender a parte dos brasileiros que vivem aqui na Amazônia Legal”, solicitou Mauro Mendes.

Leia mais:  Atendimento do Detran-MT será suspenso na sexta-feira (30); na terça-feira (03) atenderá apenas no período da manhã

O chefe do Executivo de Mato Grosso ressaltou que os estados que compõem o consórcio fazem um grande trabalho para a preservação ambiental e o desenvolvimento sustentável não só do Brasil, mas de todo o mundo – bandeira que tem sido defendida pelo atual presidente americano, Joe Biden.

“O senhor deixou muito claro que vai ter um diálogo com o Governo Federal, mas também com os governos estaduais. Os 9 estados amazônicos têm o maior ativo ambiental desse país e um dos maiores ativos ambientais do planeta. A floresta amazônica que nós temos aqui é um patrimônio do nosso país e presta grandes serviço ao planeta e a toda a humanidade. Nós queríamos pedir um gesto de boa vontade dos EUA nessa questão da pandemia”, destacou.

O embaixador Todd Chapman respondeu que irá auxiliar os estados a estreitar o relacionamento com o governo americano para possibilitar essas aquisições.

“Nós estamos completamente abertos para oferecer as melhores vacinas do mundo, com as melhores tecnologias que existe. Queremos trabalhar com vocês e cumprir com as normas legais do país. Entendo que essa é a prioridade número 1 dos governadores é a saúde de sua gente”, declarou.

Leia mais:  Seciteci oferta 300 vagas gratuitas para o curso profissionalizante de programador web

Desde o ano passado, o governador Mauro Mendes tem buscado comprar vacinas de forma direta para Mato Grosso, tendo conversado com os institutos e empresas que fabricam imunizantes em todo o mundo, mas por enquanto só há negociação com governos federais. Nesta semana, o gestor visitou a fábrica da vacina russa Sputnik V.

O gestor também tem buscado as vias diplomáticas, mantendo conversas com a embaixada da China e com o Instituto Sociocultural Brasil-China (Ibrachina).

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mais Lidas da Semana