conecte-se conosco

Nacional

Motorista de aplicativo morto no Ceará reagiu à abordagem; 6º suspeito foi preso

Publicado


source
homem de camisa laranja
Facebook

Alexandre Fernandes, de 32 anos, desapareceu ao fazer última corrida de aplicativo do dia

O latrocínio do motorista de aplicativo Alexandre Fernandes, de 32 anos, encontrado morto às margens da BR-116 , na cidade de Aquiraz, na Grande Fortaleza após passar dias desaparecido, ocorreu pouco após o anúncio de assalto na última segunda-feira (10).

Segundo o Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa, que até o momento prendeu seis suspeitos envolvidos no crime , a vítima teria reagido ao assalto após a entrada do segundo suspeito e sido alvejada por dois tiros.

A polícia do Ceará encontrou os suspeitos depois de descobrir que o som do carro de Alexandre foi vendido em uma loja de ítens automotores de Fortaleza. O dono da loja, identificado apenas como “Vinícius”, foi preso e apontou os outros homens que repassaram o objeto para ele.

Leia mais:  Clima quente e tempo limpo em nesta quarta-feira em São Paulo

A corrida foi solicitada no aplicativo de um dos suspeitos, ainda foragido, com dados falsos. Ele entrou no veículo, solicitou que outro passageiro embarcasse adiante e anunciou o assalto. Alexandre não quis passar para o banco de trás do carro, segundo relatos dos suspeitos, tentou tomar a arma dos suspeitos e foi morto.

Com os suspeitos, foram encontrados um bloqueador de GPS, um celular, dois carros e o revólver usado no crime. As investigações da polícia do Ceará apontam que eles faziam parte de uma rede de desmanche de veículos roubados.

publicidade

Nacional

‘Encho sua cara de bala’: Homem saca arma após ser cobrado por não usar máscara

Publicado


source
Homem ameaça atirar por ser cobrado de usar máscara
Reprodução

Homem ameaça atirar por ser cobrado de usar máscara

RIO – Um homem foi filmado com uma arma na mão e ameaçando atirar contra uma pessoa que tinha lhe pedido para colocar máscara, em Belo Horizonte (MG). O portador do revólver havia entrado em uma clínica médica sem o equipamento de proteção obrigatório em toda a capital mineira.

A ameaça ocorreu na manhã desta segunda-feira e foi filmada. As imagens mostram dois homens discutindo, um deles dentro do estabelecimento e outro do lado de fora.

De acordo com o jornal O Tempo, o homem que estava em frente à clínica parou no local após ouvir os gritos da pessoa armada. Na gravação, ele diz: “você está xingando a mulher porque a mulher está falando uma coisa que ela está certa”.

Em seguida, o homem armado responde: “E eu também estou certo no meu direito”. Na sequência, ele já levanta o tom de voz, grita que não quer mais discutir e xinga o interlocutor.

Leia mais:  Clima quente e tempo limpo em nesta quarta-feira em São Paulo

A pessoa que estava em frente à clínica retruca e diz para o homem armado repetir os xingamentos do lado de fora do estabelecimento. É neste momento que o agressor saca a arma da cintura e caminha para fora da clínica.

“O que você quer? Você quer?”, diz o homem, mostrando a arma. “Dá um tapa em mim para ver se eu não encho sua cara de bala”, diz o homem, aos gritos.

Você viu?

Desesperada, uma atendente que filmava a ameaça pedia para o homem armado guardar o revólver. Segundo o jornal O Tempo, o agressor havia entrado na clínica anteriormente e foi cobrado para colocar máscara.

Pouco depois ele retornou ao local com o equipamento de proteção no rosto, mas sem tapar o nariz, e xingando a atendente. Ao escutar os gritos, um outro homem parou no local para socorrer as trabalhadoras da clínica.

De acordo com o jornal O Tempo, o agressor é um policial militar reformado. A reportagem do GLOBO entrou em contato com a corporação mas não obteve retorno até a publicação.

Continue lendo

Mais Lidas da Semana