conecte-se conosco

Policia Federal

PF, em ação conjunta, apreende 870 kg de cocaína

Publicado


Cuiabá/MT – A Polícia Federal (PF), a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a Polícia Militar do Mato Grosso (PMMT) e o Grupo Especial de Fronteira (GEFRON), em uma ação conjunta, nesta quinta-feira (29/7), realizaram a prisão em flagrante de um homem que transportava aproximadamente 870 quilos de cocaína.

A carreta, que partiu de Mato Grosso, foi monitorada e abordada pela equipe policial no município de Medicilândia/PA, que fica cerca de 90 km do município de Altamira/PA, em local ermo e de difícil acesso. A droga estava em compartimento oculto de um caminhão. Todo o procedimento será lavrado na Delegacia da Polícia Federal de Altamira/PA.

A ação tem o objetivo de combater o tráfico de drogas em grande volume pelo modal rodoviário. As investigações e investidas contra o tráfico de drogas continuam, com especial atenção à prisão das lideranças e descapitalização de organizações criminosas.

Comunicação Social da Polícia Federal em Mato Grosso

[email protected]

instagram: @policiafederal_mt

(65) 992488987

Leia mais:  Polícia Federal deflagra Operação Checker para combater fraudes no Auxílio Emergencial.
publicidade

Policia Federal

PF realiza Operação Segurança Legal em São Paulo

Publicado


São Paulo/SP – A Polícia Federal executa com regularidade bimestral a OPERAÇÃO SEGURANÇA LEGAL na circunscrição da Superintendência da PF em São Paulo.

A Operação Segurança Legal visa coibir o exercício ilegal da atividade de segurança privada, explorada por empresas sem autorização da Polícia Federal e por pessoas não capacitadas, condutas que podem comprometer a segurança em espaços de acesso ao público, colocando em risco a vida de trabalhadores e de cidadãos que frequentam tais locais.

A operação mobiliza equipes de policiais federais, que promovem diligências de fiscalização para prevenção e repressão às atividades de segurança privada clandestina. Tais empresas atuam no mercado, prestando serviços de vigilância e segurança sem estarem em condições legais e técnicas para fazê-lo.

Somente neste mês de setembro de 2021, cerca de 11 empresas clandestinas foram fiscalizadas na Operação Segurança Legal. Durante este ano de 2021, mais de 35 diligências fiscalizatórias em empresas clandestinas foram realizadas. Isso, para garantir à sociedade uma prestação de serviço de segurança privada de forma lícita e legítima.

Leia mais:  PF realiza operação de combate a fraudes em licitações e desvio de verbas públicas no Sudoeste baiano

Foram encontradas várias irregularidades nos locais que foram alvos das diligências, entre eles, pessoas não autorizadas pela PF nas funções de vigilante, uso de uniformes não aprovados ou em desacordo com as normas legais.

Erro muito comum da população é acreditar que só a segurança armada necessita de autorização federal. A lei não faz tal distinção e toda atividade de segurança privada, seja armada ou desarmada, necessita de autorização da PF. Ainda que atuando na atividade desarmada, os vigilantes, para exercerem a profissão, precisam se capacitar por meio de um curso de formação, além de fazer um curso de reciclagem a cada dois anos, tudo sob fiscalização da PF.

Denúncias sobre irregularidade ou clandestinidade nas atividades de segurança privada podem ser feitas à DELESP pelo e-mail [email protected] ou à Delegacia da PF mais próxima.

Seguindo todos os protocolos de cuidados do Ministério da Saúde, a Polícia Federal prossegue com seu trabalho.

Comunicação Social da Polícia Federal em São Paulo

Leia mais:  Polícia Federal deflagra Operação Checker para combater fraudes no Auxílio Emergencial.

Fone: (11) 3538-5013
E-mail: [email protected]

Continue lendo

Mais Lidas da Semana