conecte-se conosco

Policial

Polícia Civil prende preventivamente homem que voltou ameaçar ex-companheira em Várzea Grande

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem que estava descumprindo as medidas protetivas impostas pela Lei Maria da Penha teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, na segunda-feira (04.05), por policiais da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande (DEDMCI-VG), após voltar a ameaçar a ex-companheira.

No mês de fevereiro, a vítima procurou a DEDMCI-VG relatando que sofreu crimes de lesão corporal e injúria praticadas então companheiro que chegou em casa embrigado, a ofendeu com adjetivos pejorativos e agrediu fisicamente com golpe de cabo de vassoura.

Na ocasião, a vítima representou criminalmente contra o autor e solicitou medidas protetivas contra ele, as quais foram deferidas pela Vara Especializada de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Várzea Grande.

No mês de abril, a vítima retornou à Delegacia da Mulher informando que o suspeito estava descumprido as restrições impostas pela Justiça, se dirigindo até a residência dela, a ameaçando e dizendo que se ela comunicasse os fatos às autoridades e ele fosse preso, iria acionar terceiros para agredi-la fisicamente.

Leia mais:  Policiais civis prendem em zona rural homem que cometeu abusos sexuais contra a própria filha

Diante das graves ameaças e receio que algo mais grave acontecesse com a vítima, a delegada titular da DEDMCI-VG representou preventiva do suspeito que foi decretada pela Justiça na segunda-feira (03) e cumprida pelos policiais da especializada no mesmo dia.

“Apesar da pandemia e dos riscos de contaminação, a unidade continua trabalhando firme, com o propósito de reduzir índices de feminicídio e demais crimes cometidos em ambiente doméstico contra a mulher”, disse a delegada.

Fonte: PJC MT

publicidade

Policial

Policiais promovem encontro de pai e filho em Peixoto de Azevedo

Publicado


Policiais do 22º BPM de Peixoto de Azevedo (a 691 km de Cuiabá) ajudaram neste sábado (08.05), um senhor e seu filho de 12 anos.

O jovem pediu ajuda na unidade do Núcleo de União do Norte dizendo ter sido deixado pelo seu pai que dirigia um caminhão. Ele contou não ter o avisado que ia descer do veículo durante uma parada. Como não notou a ausência do filho, o pai seguiu viagem.

A informação foi passada via rádio e, em diligência os militares de Matupá localizaram o senhor. Na conversa, ele confirmou não ter sentido a falta do filho e acreditava que estivesse dormindo como fez boa parte da viagem.  Os policiais levaram o adolescente até a unidade de Matupá.

No reencontro, pai e filho disseram estarem aliviados e felizes e agradeceram a ajuda dos militares.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 08000.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Leia mais:  Polícia Civil em Barra do Bugres cria espaço para atendimento a vítimas de violência
Fonte: PM MT

Continue lendo

Mais Lidas da Semana