conecte-se conosco

Policial

Policiais civis desenvolvem ações preventivas em escolas de Barra do Bugres e Porto Estrela

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

A Polícia Civil realizará no mês de outubro em Barra do Bugres (168 km a médio norte de Cuiabá), palestras preventivas em escolas municipais e estaduais da região abordando os assuntos de violência doméstica e drogas. As ações preventivas incluem ainda o município de Porto Estrela. 

Para iniciar a sequência das ações sociais, os policiais civis Marcos Antonio de Moura e Adriana Pinheiro dos Santos ministraram uma palestra no assentamento Cabaças, oportunidade em que os participantes assistiram atentamente à apresentação dos servidores.

O trabalho voluntário e preventivo vem sendo desenvolvido pela equipe da Delegacia de Polícia de Barra do Bugres, em parceria com o Conselho Tutelar, para orientar adolescentes, jovens e a comunidade em geral, sobre as temáticas propostas. 

Entre os temas abordados estão crimes sexuais, violência infantil, uso de drogas lícitas e ilícitas, violência doméstica e familiar, entre outros.

Maratona

Após o pontapé inicial das palestras, a Delegacia de Polícia e o Conselho Tutelar de Barra do Bugres planejam executar o cronograma das atividades que seguirá por seis meses.

Para encerrar os trabalhos está sendo organizada a tradicional “Caminhada contra as drogas”, que chegará à 3ª edição e percorrerá as principais vias públicas de Barra do Bugres e de Porto Estrela.

Leia mais:  Nova obra jurídica reúne trabalho de 24 delegados de diversos estados, entre eles três de MT

Conforme o delegado de Barra do Bugres, Rodolpho Bandeira, o trabalho social conta com apoio da Prefeitura Municipal, da Secretaria de Estado de Segurança Pública e do Grupo Primo Menegalli.

Fonte: PJC MT

publicidade

Policial

Polícia Civil recupera R$ 30 mil subtraídos de vítima durante compra de gado

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Uma ação da Polícia Civil realizada em parceria entre a 1ª Delegacia de Polícia de Ribeirão Cascalheira (900 km a leste de Cuiabá) e Delegacia Especializada de Repressão a Crimes (DRCI) Informáticos resultou na recuperação de R$ 30 mil, subtraídos de uma vítima na negociação de cabeças de gado que não foram entregues após o pagamento.

A ocorrência foi registrada na quinta-feira (16.09), quando a vítima procurou a Ribeirão Cascalheira relatando que foi procurado por uma pessoa que lhe ofereceu cabeças de gado. Após ver os animais, a vítima concordou com a compra e efetuou pagamentos em três contas diferentes. Depois dos pagamentos efetuados, o suspeito não atendeu mais a vítima.

Diante das informações, rapidamente a equipe da Delegacia de Ribeirão Cascalheira acionou a DRCI que com base nas informações passadas pela vítima conseguiu recuperar parte do valor subtraído da vítima, com o bloqueio de R$ 30 mil transferido para uma das contas.

As investigações seguem em andamento para identificar os envolvidos no crime.

Fonte: PJC MT
Leia mais:  Polícia Civil apreende ferramenta furtada de obra em e prende receptador em Rondonópolis

Continue lendo

Mais Lidas da Semana