conecte-se conosco

Prefeitura Várzea Grande MT

Prefeita prestigia inauguração da delegacia 24h de atendimento às vítimas de violência doméstica e sexual

Publicado


.

09/09/2020    8

A prefeita de Várzea Grande, Lucimar Sacre de Campos, prestigiou na  terça-feira (08.09) a inauguração da reforma e adequação do “Plantão de Atendimento a vítimas de violência doméstica e sexual 24h”, no bairro Planalto em Cuiabá. A unidade que funcionará 24 horas por dia, foi implantada pelo Governo do Estado e contou com a contribuição de voluntários angariados pela primeira-dama de Mato Grosso, Virginia Mendes. 

A solenidade também foi prestigiada pela primeira-dama da República, Michelle Bolsonaro, da ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, e da líder de movimentos de defesa dos direitos das mulheres, Maria da Penha, que acompanhou o evento on-line. 

Lucimar Campos ressaltou a importância do Departamento especializado na demanda dos grupos vulneráveis, uma vez que historicamente trata-se de pessoas que têm dificuldade de fazer a denúncia, bem como de serem devidamente acolhidas. “Esperamos que isto esteja mudando aos poucos devido a alterações legislativas, bem como comportamentais, mas as Delegacias da Mulher são um marco importante para a política de enfrentamento à violência contra as mulheres. Nelas, a vítima é acolhida por delegadas mulheres com atendimento especializado e direcionado a cada caso, buscando uma resposta eficaz à violência e contribuindo na consolidação da cidadania feminina. O governador Mauro Mendes e a primeira-dama Virginia Mendes, que tanto se empenharam para ofertar esse espaço de atendimento especializado, estão de parabéns assim como as delegadas e agentes de polícia que irão trabalhar na nova unidade. Com certeza irá fortalecer o combate à violência que atinge os grupos vulneráveis”, declarou. 

Mauro Mendes destacou a importância da presença na inauguração “de mulheres que fizeram e estão fazendo história como a desembargadora Maria Erotides, a primeira delegada de Mato Grosso Miedir Santana, a prefeita de Várzea Grande Lucimar Sacre de Campos, a líder do movimento em defesa dos direitos das mulheres Maria da Penha, entre tantas outras aqui presentes”. 

Leia mais:  Ação de conscientização e combate à Covid-19 que ocorre na Capela do Piçarrão,prossegue neste sábado (29)

Em seu discurso de inauguração, Mauro Mendes, lembrou que há dez anos Mato Grosso aguardava pela implantação do serviço e sua esposa assumiu o compromisso de implantar o serviço desde o início do seu governo. “Ela (Virgínia Mendes), encabeçou esta luta e sabemos das dificuldades pois precisaríamos de ao menos cinco delegados para esta unidade funcionar 24 horas por dia e temos hoje um déficit de delegados, nomeamos 30 delegados, mas precisamos de mais. Ela dizia que elas precisam, as mulheres merecem, e as mulheres terão esse equipamento público e aqui está ele entregue”, disse. 

A obra custou R$ R$ 413.372, 62 mil e mais de R$ 200 mil foram arrecadados pela primeira-dama, Virginia Mendes, que teve atuação direta no processo de mobilização para reforma e adequação da estrutura. A primeira-dama de Mato Grosso declarou que fez questão de se envolver pessoalmente em todos os detalhes da reforma e adequação do “Plantão de Atendimento a vítimas de violência doméstica e sexual”, pois vê combate à violência doméstica como algo essencial. 

“Agradeço de todo coração todos que nos ajudaram a chegar até aqui. Sem a ajuda de centenas de pessoas nada disso seria possível. Unidos somos mais fortes e vamos garantir os direitos das mulheres. Agradeço ao governador que sempre me apoiou e todos os que somaram forças conosco. Agradeço à primeira-dama do Brasil, Michelle Bolsonaro, por ter vindo nos prestigiar. Dedicando especial atenção a esta ação tão importante. Obrigada primeira-dama pela parceria. Assim como agradeço a ministra Damares Alves”, afiançou Virginia Mendes. 

Leia mais:  Várzea Grande recebe doação de colchões para auxílio no atendimento a pacientes do Covid-19

A primeira-dama da República, Michelle Bolsonaro, elogiou a nova estrutura e disse que o atendimento especializado vai de encontro com o desejo de que não aconteça mais violência contra a mulher, mas que uma vez vítima, a mulher possa ser atendida a qualquer momento. 

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, destacou que a unidade servirá de espelho para outras delegacias de proteção às mulheres e vítimas de violência do país. “Queremos desafiar os demais governadores do Brasil para que tentem fazer uma delegacia mais espetacular que esta. A forma como a primeira-dama Virginia Mendes conduziu esta reforma e como está entregando é uma demonstração de carinho e um recado para os agressores de mulheres: acabou para vocês”. 

O delegado-geral adjunto da PJC, Gianmarco Paccola Capoani, destacou que a delegacia servirá de modelo para outros projetos. Segundo ele, são registrados cerca de 20 atendimentos a mulheres por dia, sendo a maioria de madrugada. Só em 2019, foram atendidas 3052 mulheres só em Cuiabá. 

A ESTRUTURA – Além de salas apropriadas para acolhimento das vítimas, cartórios, atendimentos para as equipes que atuarão no local, possui uma brinquedoteca e playground para crianças. A equipe é formada por cinco delegadas e mais as equipes de escrivães, investigadores, assistentes sociais e psicólogas, no total de 50 servidores da Polícia Civil. 

A nova unidade policial está instalada no bairro Planalto, anexo ao prédio da 2ª Delegacia da Capital. 

Por: Rafaela Maximiano – Secom/VG

publicidade

Prefeitura Várzea Grande MT

Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos

Publicado


Legenda:

O prefeito Kalil Baracat anunciou que a Saúde Municipal, vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos na próxima semana. A decisão foi tomada após conversas com o secretário de Saúde Gonçalo de Barros, nesta sexta–feira (9), durante vacinação da Guarda Municipal ocorrida no Ginásio Poliesportivo ‘Fiotão’. Neste sábado, na parte da tarde serão vacinados os demais servidores públicos das Forças de Segurança Pública como as Polícias, Militar e Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros e profissionais do sistema prisional.

Nesta tarde foram vacinados 137 Guardas Municipais, que atendem os critérios do Ministério da Saúde e do Estado. Amanhã dia 10 de março serão vacinados 182 agentes de segurança do Estado, lotados no município de Várzea Grande, no drive thru do Centro Universitário – UNIVAG, para dar celeridade no

O prefeito Kalil Baracat, havia garantido a vacinação à categoria, por entender que estes profissionais estão diretamente envolvidos nas ações de Saúde e de fiscalização, como transporte de vacinas, fiscalização de medidas protetivas, ações em conjunto com a Vigilância em Saúde, blitzes de trânsito e no cumprimento dos Decretos Municipais que estabelecem regras a serem seguidas na pandemia,  e também já havia a autorização do Ministério da Saúde, quando modificou os critérios de priorização, de quem deve ser vacinado, ou por categoria, ou por idade.

“Eles foram imunizados por iniciativa da prefeitura, que têm autonomia para realizar a gestão da Campanha de Vacinação. Porém em conversas com o Governo do Estado, que autorizou a vacinação das Forças de Segurança Estadual, houve a garantia da reposição deste quantitativo utilizado para vacinar a nossa Guarda Municipal e os agentes de segurança do Estado com lotação na cidade. O Ministério da Saúde vai estabelecendo critérios de prioridades e nossas equipes da Saúde vão ajustando conforme as novas normas ditadas. A nossa campanha está dentro do que estabelecem as regras nacionais do Programa Nacional de Imunização – PNI, e em muitos estados, as forças de segurança estão sendo vacinadas, e agora chegou a vez deles. Gostaria de vacinar a todos ao mesmo tempo, mas as doses vêm de forma fracionada, e assim vamos avançando. Uma notícia boa é que na próxima semana já vamos abrir cadastro para os idosos de 60 anos acima. A ordem é não deixar doses paradas e avançar na campanha”, disse o chefe do Executivo Municipal.

Leia mais:  Servidores e familiares têm novo prazo para adesão ao plano de saúde da Unimed

O secretário de Defesa Social, Coronel Alessandro Ferreira da Silva, disse que foram vacinados os profissionais da corporação que estão realmente envolvidos com as ações da Saúde Municipal na contenção da Pandemia do novo coronavirus, são os que realmente trabalham na ponta e atuam em conjunto com os programas e projetos da Saúde na proteção das pessoas, e ainda, os que estão fazendo escolta e vigilância as vacinas e ações de vacinação. Todo esse processo de logística a Guarda Municipal tem acompanhado, desde a proteção do Centro de Distribuição, bem como a condução e a chegada dos imunizantes nas unidades em que ocorre a vacinação, para que não haja desvio e nenhuma ilegalidade, justamente para que o cidadão destinado a ser imunizado, receba a vacina de forma correta”, destacou o secretário Alessandro Ferreira, reafirmando que a Guarda Municipal vacinada melhora a qualidade de vida no trabalho, mais desempenho e dá mais segurança e tranquilidade psicológica, no exercício de funções ordinárias da corporação.

O secretário de Saúde de Várzea Grande, Gonçalo de Barros, disse que para vacinar a Guarda Municipal, o município se ateve ao que estabelece o Ministério da Saúde por ordem de prioridade. A vacinação foi realizada aos Guardas Municipais envolvidos nas ações de vacinação contra a Covid-19 e nas ações de implantação e monitoramento das medidas de distanciamento social, com contato direto com o público, independente da categoria.

Leia mais:  Várzea Grande acolhe moradores de rua e distribui mais de 7.500 cestas básicas

 “A vacinação foi exclusiva aos profissionais da ativa, com exceção daqueles que não atendem aos critérios médicos estabelecidos pelas autoridades de saúde, como gestantes, lactantes, ter tido a COVID-19 a 30 dias e os que estão afastados ou cedidos. Reconhecemos o papel da Guarda Municipal, no seu empenho e acompanhamento de todas as nossas ações que visam à contenção da doença em nosso território, eles são fundamentais na segurança das vacinas e no acompanhamento das ações de vigilância. Enquanto nossos profissionais de ponta já estão imunizados, é justo a imunização dos Guardas que trabalham no dia a dia frente a pandemia, junto com os servidores da Saúde”, disse Gonçalo de Barros.

O titular da Saúde lembrou que muito antes do Ministério da Saúde se manifestar quanto a prioridade para as forças de segurança, o prefeito Kalil Baracat já havia solicitado a Procuradoria Municipal uma análise da possibilidade legal de vacinar os mesmos como prioritários.

Continue lendo

Mais Lidas da Semana