conecte-se conosco

Prefeitura Várzea Grande MT

Prefeitura de Várzea Grande atualiza decreto e mantém rigor na fiscalização

Publicado


Seguindo recomendação técnica do Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus (COVID 19), com base em dados da pandemia da COVID 19, o prefeito Kalil Baracat, por meio de decreto municipal, alterou as regras que norteiam as ações do comércio e da população, especialmente quanto a utilização de locais para práticas esportivas, eventos sociais e shopping center, sem abrir mão das iniciativas de combate à propagação do coronavírus e também as exigências de distanciamento social, de uso de máscara e álcool em gel, além das obrigações para setores da economia local.

“Estamos buscando o ponto de equilíbrio em que todos possam trabalhar, produzir, estudar, enfim viver o mais próximo da realidade, do modo de vida antes da pandemia da COVID 19, mas não iremos em hipótese alguma deixar de tomar as medidas necessárias para resguardar vidas e proteger a todos com vacinas, atendimento médico e medicamentos que são essenciais neste momento, mais do que tudo”, disse o prefeito Kalil Baracat.

Por meio do novo decreto, fica autorizado o uso de equipamentos comunitários em geral, respeitando o limite de 30% de capacidade de locais voltados ao lazer e a prática física, como quadras poliesportivas, ginásios de esporte, miniestádio, espaços fitness, academias ao ar livre e congêneres, incluindo, VIA 31, Ginásio do Fiotão, Espaço FIT, Parque Tanque do Fancho, Parque Flor do Ipê, Orla da Alameda, Praças, e todos os outros espaços coletivos. No entanto, vale destacar que o Parque Bernardo Berneck e o Miniestádio do Bairro Jardim dos Estados seguem exclusivos para vacinação. “O Parque Berneck e o Miniestádio do Bairro Jardim dos Estados não receberão público para práticas esportivas ou de lazer, estes locais estão restritos para a campanha de imunização contra o Covid-19”, observou o secretário de saúde, Gonçalo de Barros.

Leia mais:  Várzea Grande supera 7 mil imunizados e reforça medidas preventivas e de controle

Quanto a locação de quadras de esporte, campos de futebol, quadra de areia, quadra society e congêneres, estão permitidas as práticas esportivas, contudo sem a presença de público para assistir ou acompanhar a atividade. O horário permitido é de segunda-feira a sábado, das 08h às 22h, e aos domingos, das 08h às 12h.

O prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat, reforça que apesar das alterações realizadas, a fiscalização exercida pela Guarda Municipal, Vigilância Sanitária e órgãos de fiscalização do município segue rigorosa. Além disso, a campanha de vacinação continua acelerada e descentralizada no município.

O novo decreto estabelece o limite de 30% da capacidade máxima do local para os eventos sociais, corporativos, empresariais, técnicos e científicos, cinemas, museus e teatros, com limite de horário das cinco horas da manhã até às 23 horas. A regra ampliou o horário de funcionamento de igrejas e edifícios religiosos, que podem realizar missas, cultos ou cerimônias, das cinco horas da manhã até 22h, todos os dias da semana, respeitando requisitos sanitários de combate ao novo coronavírus, entre os quais limitar o número de pessoas até 30% da capacidade, no interior dos recintos.

“Lembro ainda que todas as decisões adotadas por nós são discutidas no Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus (COVID 19), no qual setores econômicos como a CDL, ACIVAG, Câmara Municipal tem assento e participam das decisões em comum acordo”, frisou Kalil Baracat.

Já o shopping center manterá o atendimento em 50% de sua capacidade, com horário de atendimento ao público de segunda-feira a sábado, das 08h às 22h, e aos domingos, das 08h às 12h, exceto a praça de alimentação que poderá funcionar no domingo até às 15h, podendo também realizar delivery até às 23h59 horas, em todos os dias da semana.
Os supermercados, mercados, mercearias, feiras, padarias, açougues e similares, lanchonetes, cafeterias, bares e congêneres podem funcionar de segunda-feira a sábado, das cinco horas da manhã às 22h, e no domingo das 05h às 12h, bem como as conveniências localizadas em postos de combustível, distribuidoras de bebidas, podendo realizar delivery em todos os dias até às 23:59 horas. Os horários de funcionamento dos restaurantes e pizzarias também estão ampliados, de segunda-feira a sábado das 05h às 22h, e aos domingos, das 5h às 15h, com delivery até às 23:59 horas.

Leia mais:  Bombeiros prestam homenagem aos profissionais do Hospital e Pronto Socorro de Várzea Grande

Nos estabelecimentos que vendem bebida alcoólica, somente será possível o consumo de bebida no local pelos consumidores sentados à mesa, respeitado o distanciamento e a capacidade de público de cada segmento.

O ensino público segue de forma remota, com previsão de retorno ao sistema híbrido em 3 de maio. Já o ensino privado segue de forma híbrida para infantil, fundamental, médio e superior, observando 50% (cinquenta por cento) da capacidade de alunos na sala de aula, bem como os cursos de idiomas, oficinas, cursos de pós-graduação e aulas práticas de ensino superior e técnico, aulas nos cursos ou “cursinhos”. O novo decreto, de nº 45, publicado nesta terça-feira, 20 de abril, está disponível em sua versão completa no site da Prefeitura de Várzea Grande.

publicidade

Prefeitura Várzea Grande MT

Marido, que espera mulher na porta do hospital, recebe primeira dose da vacina contra Covid-19

Publicado


Desde o dia 11 de julho, Jarcedi Han coloca duas cadeiras em frente ao Hospital Metropolitano de  Várzea Grande. Ali, pela manhã e ao fim de tarde, toma chimarrão e aguarda a esposa Cristiane Fagundes, internada em decorrência da Covid-19. O gesto de amor, cumplicidade e esperança comoveu a comunidade e ganhou repercussão na mídia e nas redes sociais.

O casal é de Sapezal e após a intubação de Cristiane no município, no dia 11 de julho, após três dias hospitalizada, ela foi transferida de UTI móvel para a unidade de saúde em Várzea Grande. O Hospital Metropolitano é referência para o tratamento da Covid-19 desde o começo da pandemia. Hoje, são 109 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pactuados com o estado.

A espera tem sido longa e cheia de angústia. Neste tempo, Cristiane chegou a ser extubada, no entanto foi intubada novamente e receberá a traqueostomia.  “Neste tempo em que fizeram a extubação dela, Cristiane conversou, sorriu, chorou”, contou ele.

A partir do diálogo entre as prefeituras de Várzea Grande, de Sapezal e Governo do Estado, Jarcedi, 52 anos, recebeu ontem a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus, afinal sua faixa etária está contemplada no Plano Nacional de Imunização (PNI) praticada nos dois municípios. “Estou muito emocionado, a vacina significa gotas de esperança e a Cristiane, 42 anos, não teve tempo de tomar”, disse Jarcedi, com lágrimas nos olhos, após receber a primeira dose da Coronavac, no ponto fixo das Clínicas Médicas do Univag.

Após a primeira etapa da imunização, Jarcedi retornou às suas cadeiras, colocadas diante do hospital, em que ele esteve na inauguração, em 2011, quando à época era o secretário de saúde de Sapezal. Anos antes, o contador também exerceu a função de secretário de Administração por 12 anos em Campos de Júlio. “A saúde pública tem sido impecável no atendimento da população, já estive aqui em uma situação festiva e agora retorno vivendo esse pesadelo, mas não perco minha fé e tenho a certeza de que ela está sendo cuidada da melhor maneira possível. A equipe do hospital também me acolhe com muito respeito e carinho, já vieram assistente social, psicólogo, médicos, enfermeiros, todos muitos solidários diante da minha dor e da dor de outras famílias. Aqui em Várzea Grande, minha família são vocês”, disse ele.

Leia mais:  Primeira-dama de Várzea Grande testa positivo para Covid-19

Jarcedi e Cristiane se conheceram no Paraná, na cidade Ampere, e há 24 anos moram em Mato Grosso. Casaram no sul do país e decidiram começar a vida em família no interior do estado que prospera diariamente. Administradora, Cristiane não tem comorbidades e a doença avançou com muita rapidez em seu organismo. O casal possui três filhos, de 24, 19 e 17 anos, e uma netinha, de 3 anos.  “Estamos unidos pelo amor e pela fé, ficarei aqui até ela ganhar alta e, então, irmos juntos para casa”, comentou.

Ao acompanhar a vacinação do senhor Jarcedi, a Gerente da Vigilância Epidemiológica de Várzea Grande, Relva Cristina de Moura, se emocionou e destacou dois sentimentos importantes nesta época de pandemia. “Vivemos uma pandemia que tem causado dores em muitas famílias, precisamos ter mais amor e mais esperança. Mais amor no cuidado conosco e com o próximo e esperança na vacina, como bem disse o senhor Jarcedi, são gotas de esperança”, pontuou ela. Opinião compartilhada pelo secretário de saúde do município, Gonçalo de Barros. “Estamos nos dedicando ao máximo para oferecer tratamento digno de saúde e efetividade na campanha de vacinação. Jarcedi está com 52 anos, apto por sua faixa etária a receber a vacina, ficando mais protegido para aguardar sua esposa com mais segurança na porta do hospital, um gesto que reafirma que as relações familiares são alicerces do ser humano”, acrescentou.

Leia mais:  Bombeiros prestam homenagem aos profissionais do Hospital e Pronto Socorro de Várzea Grande

O secretário também comentou que atualmente Várzea Grande está vacinando o público 25 anos acima e realizando Corujinha e Corujão, bem como o Resgate Cidadão no sentido de não deixar ninguém sem vacina de acordo com a faixa etária contemplada.  

Por sua vez, o prefeito Kalil Baracat e a primeira-dama Kika Dorilêo Baracat também se comoveram com a história de cumplicidade de Jarcedi e Cristiane, que passaram a receber muito carinho e orações da comunidade. “São milhares de famílias vivendo dias de incertezas e nós, como gestão pública, temos o dever de oferecer o que há de melhor para todos tenham atendimento de saúde pública e gratuita. Além disso, oferecer uma rede de acolhimento para as famílias, pois quando um familiar adoece, todos ficam sensibilizados. A covid-19 traz uma situação ainda mais difícil, a necessidade de isolamento, e neste sentido, temos de criar ferramentas para que o cidadão não se sinta desamparado, ao contrário, ele tem uma rede de apoio”, finalizou Kalil, acrescentando que ele e a primeira-dama estão unidos em oração pela recuperação de Cristiane e de todos as vítimas no novo coronavírus.

Continue lendo

Mais Lidas da Semana