conecte-se conosco

Pet

Quer ajudar um cão abandonado? Saiba como ganhar a confiança do animal

Publicado


source
Animais perdidos ou abandonados podem estar assustados, tente uma aproximação tranquila
Pixabay/federicogabriel92

Animais perdidos ou abandonados podem estar assustados, tente uma aproximação tranquila

É muito comum encontramos cachorros pelas ruas precisando de ajuda, sejam eles animais abandonados, perdidos ou mesmo os que nunca tiveram um lar. Mas como fazer para ajuda-los, considerando que esses animais, muitas vezes, estão assustados e podem querer fugir ao menor sinal de contato humano, correndo o risco de sofrer algum acidente. Antes de tentar mexer com um animal em situação de rua, até mesmo para evitar possíveis mordidas, é necessário ganhar a confiança dele.

Para se aproximar de um cãozinho, caso ele esteja tranquilo e deixe que isso aconteça, é necessário prendê-lo com um método de contensão. Uma vez que o cão esteja seguro, é preciso verificar se não há alguma identificação, indicando que se trata de um animal que tenha dono. Embora no Brasil ainda não seja algo muito comum, procure uma clínica veterinária para checar se o animal não possui um microchip de identificação .

Animal na estrada

Caso o animal esteja em uma estrada, é preciso tomar cuidado para não por o animal e outras pessoas em perigo, evitando que ele corra para o meio do tráfego, podendo ser atropelado. Se certifique de que o animal esteja seguro e, uma vez fora da estrada, prossiga com os cuidados.

Um animal encontrado perdido, pode estar assustado por uma série de motivos, por isso é necessário tomar uma série de cuidados ao se aproximar do cachorro. Mantenha a calma e esteja sempre no mesmo nível da altura do animal – para que ele não se sinta ameaçado. Caso seja possível, tenha consigo algo que possa ser do agrado do pet, como um petisco, por exemplo.

Fale com ele em tom ameno e não olhe diretamente nos olhos e, então, o ofereça o petisco ou algum alimento que esteja disponível para ser oferecido.

Você viu?

O que fazer, caso o animal tente fugir 

Um animal perdido pode estar assustado, tome cuidado para que ele não corra em direção aos carros
Pixabay/harmonicafat

Um animal perdido pode estar assustado, tome cuidado para que ele não corra em direção aos carros

Quando encontramos um animal abandonado, provavelmente ele já passou por alguns traumas que o faz desconfiar de seres humanos, o que dificultará uma aproximação. Procure se assegurar de que o animal não terá uma rota de fuga, mas também tente uma aproximação que não pareça ameaçadora para ele. Ofereça comida e água e dê o tempo para que o pet se aproxime do alimento – certamente ele estará com fome.

Leia mais:  Gato reaparece na casa dos tutores depois de quase 13 anos desaparecido

Mesmo alimentado, a confiança de um cachorro traumatizado não será conquistada tão facilmente, repita esse processo por alguns dias. Com o hábito, o animal saberá que é alguém que ele pode confiar. Ao notar que o animal está habituado com a presença humana, tente uma aproximação. Evite uma aproximação abrupta, para não assustar o animal.

Para um animal de rua, que nunca utilizou uma coleira, talvez seja melhor evitar. Isso pode assustá-lo, fazendo com que tente fugir e se machuque. Caso não sinta seguro ou precise de ajuda, procure contato com alguma ONG ou abrigo de proteção animal . Além de terem equipes de resgate e saberem o que fazer, poderão ajudar a encontrar um lar seguro para o animal.

O cachorro na rua está exposto a perigos e o melhor é garantir o bem-estar do animal. O  adestrador comportamental André Almeida passa algumas orientações detalhadas de como agir no caso de encontrar um animal perdido ou em situação de rua. Confira o vídeo:


Fonte: IG PET

publicidade

Pet

Cão com orelhas de 34 cm quebra o recorde mundial de orelhas mais longas

Publicado


source
Lou e a tutora Paige Olsen com a edição do livro dos recordes
Guinness World Records

Lou e a tutora Paige Olsen com a edição do livro dos recordes

A mais recente edição do “Guinness Book”, o famoso livro dos recordes, foi lançado na última quinta-feira (16) e, entre as novas conquistas, está o cachorro de estimação da americana Paige Olsen.

O cão chamado Lou tem 34 centímetros de comprimento, o que rendeu ao pet a marca de maiores orelhas do mundo em um cão vivo. A tutora de Lou é veterinária e adotou o cão ainda filhote e só se deu conta de medir as orelhas do pet quando passou a ter mais tempo livre, devido a pandemia.

De acordo com Paige, Lou não se incomoda com as orelhas alongadas, e elas não requerem nenhum cuidado especial, além de uma boa limpeza mensal. Lou também usa uma espécie de meias especiais para manter os ouvidos aquecidos durante o inverno.

As orelhas de Lou medem 34 centimetros
Guinness World Records

As orelhas de Lou medem 34 centimetros


Fonte: IG PET

Leia mais:  Assista ao fofo antes e depois de cadela obesa que perdeu 16 quilos

Continue lendo

Mais Lidas da Semana