conecte-se conosco

Entretenimento

Raissa Barbosa pretende criar projeto de lei contra a psicofobia

Publicado


source
Fãs citam Raissa Barbosa na redação do ENEM
Reprodução/Instagram

Fãs citam Raissa Barbosa na redação do ENEM


Raissa Barbosa, ex-participante de ‘A Fazenda 12’, disse que pretende criar um projeto de lei contra a psicofobia. “Como vocês sabem, todos os dias diversas pessoas (inclusive eu) sofrem diversos ataques psicofobicos, principalmente nas redes sociais. Chegou a hora de tomarmos medidas cabíveis e culpatórias”, escreveu em seu Twitter.

Raissa, que tem síndrome de Borderline, quer que os políticos olhem com mais atenção para a causa. Para isso, ela levantou a tag “Lei Raissa Barbosa” no Twitter, que ficou entre os assuntos mais comentados do site neste sábado (27).

“A tag é apenas o início de uma jornada. Estamos elaborando uma proposta legislativa para criminalizar com penas duras quem praticar psicofobia. Meu advogado @guibelarmino está preparando o texto da lei que vamos apresentar para os Deputados e Senadores”, explicou Raissa.

Você viu?

“Psicofobia é o termo usado para designar atitudes preconceituosas e discriminatórias contra pessoas com deficiências ou transtornos mentais. Apesar das consequências danosas, a psicofobia faz-se presente com extrema frequência e principalmente em ambiente virtual, afligindo pessoas de todas as idades, gêneros, etnias e classes sociais. Nosso objetivo é sensibilizar o Poder Legislativo, para inserir no Código Penal dispositivo que configure como criminosas as condutas psicofóbicas, impondo penas duras para quem cometer o crime”, explicou o advogado.

“Batizamos esta campanha de #LeiRaissaBarbosa pois a modelo Raissa Barbosa, participante do reality #AFazenda12, após divulgar ser portadora da síndrome de Boderline, proporcionou grande discussão sobre o tema e em decorrência disso sofreu e continua sofrendo psicofobia na internet”, finalizou Guilherme.


Leia mais:  Ele cresceu! Ex-ator mirim da Globo faz sucesso nas redes sociais: "Lindo"


Fonte: IG GENTE

publicidade

Entretenimento

Sem Meghan, Harry irá ao funeral do príncipe Philip

Publicado


source
Os príncipes Philip e Harry
Getty Images

Os príncipes Philip e Harry

O príncipe Harry vai comparecer ao funeral de Philip, no dia 17 de abril, mas sem a companhia de sua esposa, a atriz Meghan Markle . A informação foi divulgada pelo Palácio de Buckingham neste sábado, 10. Philip era marido da rainha Elizabeth II e avô de Harry. A ausência de Meghan, que é a duquesa de Sussex, foi  justificada com as recomendações médicas que ela recebeu para não viajar dos Estados Unidos ao Reino Unido, já que ela está grávida do segundo filho.

A cerimônia será realizada no castelo de Windsor e não será de Estado, mas algo íntimo, refletindo muitos dos desejos do duque de Edimburgo, como afirma o porta-voz da Família Real. De acordo com o comunicado oficial, o funeral, que será televisionado, “celebrará e refletirá uma vida de serviço de Philip” e começará às 15h (horário local). A celebração será adaptada para atender os protocolos sanitários contra a Covid-19 e, por isso, haverá apenas 30 convidados, que serão divulgados em lista na próxima quinta-feira, 15. O plano do funeral, assinado pela própria rainha, prevê um minuto de silêncio nacional. Além disso, os membros da Família Real, separadamente da rainha, vão caminhar atrás do caixão entre o Castelo de Windsor e a Capela de Saint George. A procissão terá oito minutos e oitos carregadores levarão o caixão, coberto com o estandarte do duque, uma coroa de flores, seu chapéu naval e uma espada no topo. A rainha Elizabeth II também aprovou oito dias de luto nacional, que terminará no próximo sábado. Durante este período, as bandeiras do Reino Unido permanecerão a meio mastro. “Embora este seja naturalmente um momento de tristeza e luto para a Família Real e para muitos outros que conheceram ou admiraram o Duque de Edimburgo, espera-se que os próximos dias também sejam vistos como uma oportunidade para celebrar uma vida notável, em termos de sua vasta contribuição e legado duradouro”, disse o porta-voz do Palácio. O comunicado também pediu que as pessoas que desejam prestar suas condolências pessoalmente fiquem em casa.

Leia mais:  BBB 21: Fiuk teve que vender carro de R$ 150 mil após chegar à falência
Fonte: IG GENTE

Continue lendo

Mais Lidas da Semana