conecte-se conosco

Política Nacional

Sebastião Melo vence e é eleito prefeito de Porto Alegre

Publicado


source

Sebastião Melo foi eleito, neste domingo (29), prefeito de Porto Alegre . O candidato do MDB, que também teve a melhor votação no primeiro turno, derrotou Manuela d’Ávila, do PC do B, em uma eleição muito acirrada. Os dois estiveram empatados tecnicamente durante as duas semanas entre um turno e outro.


O vice de Sebastião Melo é Ricardo Gomes, do Democratas – ele foi responsável pela coordenação geral da campanha. Além de MDB e DEM, PRTB, Cidadania, Solidariedade, PTC e DC integram a coligação Estamos Juntos Porto Alegre.

Sobre Sebastião Melo

Sebastião de Araújo Melo nasceu em Piracanjuba, estado de Goiás. Tem 62 anos, é casado com Valéria Leopoldino e tem dois filhos: Pablo e João Artur.

Até os 15 anos, Melo trabalhou no campo, como lavrador, e mudou-se para Porto Alegre em 1978, onde se filiou ao então MDB, seu único partido até hoje. Para poder concluir e custear os estudos de Segundo Grau no Colégio Marechal Floriano, trabalhou em lancheria no centro da cidade. Também foi carregador de caixotes nas Centrais de Abastecimento (Ceasa). Foi, ainda, vendedor em lojas de material de construção.

Leia mais:  Kassio Nunes: quem é o favorito de Bolsonaro para vaga no STF

Cursou Direito na Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos) no turno da noite. Durante o dia trabalhava como balconista numa loja de materiais de construção. Sebastião Melo iniciou-se na política estudantil ao presidir o Centro Acadêmico Visconde de São Leopoldo. Formou-se em Direito em 1988 e foi orador da turma. Formado, passou a trabalhar na profissão de advogado e em seguida passou a exercer o cargo de conselheiro estadual da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), subseção do Rio Grande do Sul. Foi secretário e conselheiro da Caixa de Assistência dos Advogados do Rio Grande do Sul.

Em 2000, elegeu-se pela primeira vez vereador de Porto Alegre, reelegendo-se em 2004 e em 2008. Na Câmara Municipal destaca-se pela defesa de causas coletivas. É vereador de poucos projetos porque acredita que uma das principais atribuições do Poder Legislativo é o trabalho de fiscalização. É autor da lei da retirada gradativa das carroças das ruas de Porto Alegre num prazo de oito anos, através da transposição destes trabalhadores para outras atividades produtivas.

Leia mais:  Arthur Lira lança candidatura para ser presidente da Câmara

Em 2007 foi escolhido para presidir a Câmara Municipal de Porto Alegre, e no ano seguinte, foi reeleito. Durante as duas gestões na presidência, Melo implantou uma modernização no Legislativo da Capital, que resultou em serviços mais eficientes e economia aos cofres da instituição. Foi a primeira Câmara de Vereadores entre as capitais brasileiras a assinar o Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade (PGQP).

Após o terceiro mandato como vereador, Melo, em 2012, foi eleito vice-prefeito de Porto Alegre. Quatro anos mais tarde, foi candidato à Prefeitura da Capital e em 2018 elegeu-se deputado estadual, cargo que ocupa atualmente

publicidade

Política Nacional

Compra de vacina Covaxin não tinha garantia, indicam documentos apreendidos

Publicado


source
Precisa Medicamentos era intermediadora de vacina indiana
Divulgação

Precisa Medicamentos era intermediadora de vacina indiana


O Ministério da Saúde fechou o contrato de compra da vacina Covaxin sem que a Precisa Medicamentos tivesse qualquer garantia do laboratório fabricante. Isso é o que indicam documentos apreendidos pela Polícia Federal (PF) .

Segundo o Jornal Nacional, a Precisa nunca apresentou o contrato firmado com o laboratório indiano Bharat Biotech, responsável pela produção do imunizante. Após diversas irregularidades apontadas na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, o governo federal cancelou o contrato.

Leia mais:  CPI da Covid: 18 governadores decidem acionar STF contra convocação
Continue lendo

Mais Lidas da Semana