conecte-se conosco

Tribunal de Justiça de MT

Segundo Grau: Pauta de julgamento está disponível no Portal e ClickJud

Publicado


Garantindo a transparência e o acesso à informação aos usuários e usuárias do Poder Judiciário, o Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) disponibiliza a pauta de julgamento de todas as câmaras e turmas do Segundo Grau. A lista de processos e as datas de julgamento são atualizadas e podem ser conferidas no Portal do Tribunal, no menu “serviços” (Clique AQUI) (http://cidadao.tjmt.jus.br/servicos/PautaJulgamento/) ou no web aplicativo ClickJud (https://clickjudapp.tjmt.jus.br/pauta-julgamento/) (Clique AQUI)
 
Para facilitar ainda mais a rotina de advogados (as) e demais operadores (as) do Direito, o horário de todas as sessões encontra-se no menu “Processos” (http://www.tjmt.jus.br/AcessoInformacao/C/46553). Clique AQUI.
 
“A pauta de processos físicos fica disponibilizada no menu ‘Serviços’ do site do Tribunal, e a pauta dos processos eletrônicos no ClickJud. Porém, por conta da pandemia e a suspensão de prazos dos físicos e híbridos desde maio de 2020, são raros os julgamentos desses processos físicos, uma vez que, no retorno das atividades presenciais, quando os prazos dos processos físicos voltaram a fluir, houve novo fechamento do Poder Judiciário”, contextualiza o coordenador judiciário do TJMT, Bruno José Fernandes da Silva.
 
Já a pauta dos processos eletrônicos é atualizada constantemente é pode ser acompanhada pelo ClickJud. “O advogado ou advogada recebe a intimação informando a data do julgamento, para acompanhar deve acessar a Pauta de Julgamento, informar a Câmara e verificar a ordem dos processos que serão julgados naquele dia”, completa o coordenador.
 
O (a) usuário (a) deve ficar atento (a) a escolha da sala virtual para não acessar o local errado. Para ter uma visão geral dos processos daquele dia basta clicar na opção ‘todas’.
 
Canais de acesso – A Coordenadoria Judiciária do TJMT disponibiliza um número especificamente para sanar dúvidas dos (as) operadores (as) do Direito, preferencialmente, pelo whats app: (65) 9 9973-3638 ou pelo e-mail: [email protected]
 
Alcione dos Anjos
Coordenadoria de Comunicação da Presidência do TJMT
 
 

Leia mais:  Juiz e presidente da OAB/MT falam em live sobre retomada das atividades presenciais da Justiça

publicidade

Tribunal de Justiça de MT

Clarice Claudino participa de live sobre o livro – Práticas Sistêmicas na Solução de Conflitos

Publicado


A desembargadora Clarice Claudino da Silva participará de live com a educadora sistêmica Gilmara Thomé, na próxima segunda-feira, às 20h (horário de Mato Grosso). O bate papo terá como tema as Práticas Sistêmicas na Solução de Conflitos, mesmo nome do livro em que as duas participantes são co-autoras, explicando como é possível aplicar o conhecimento sistêmico nos tribunais.
 
O evento será transmitido pelo perfil da desembargadora (@culturadepaz) e também da educadora (@gilthome). Para fazer perguntas, basta enviá-las no direct para o perfil da Gilmara Thomé.
 
Livro: A obra será lançada em 15 de dezembro de 2020 pela Editora Leader. Clarice Claudino contou que o resultado foi muito marcante para todos os envolvidos, dada a reconexão que proporcionou ao adolescente com a própria família e com a consciência e responsabilidade dele. “Isso dá a dimensão e a importância da visão sistêmica como ferramenta para complementar o tratamento adequado de conflitos e promover paz entre as pessoas”, sublinhou a desembargadora.
 
 
O livro reúne os grandes precursores da aplicação da filosofia sistêmica na prática da solução de conflitos, como juízes, desembargadores, advogados, mediadores, peritos, psicólogos e consteladores. Eles contam o antes e depois da postura de cada um na prática profissional, com exemplos de soluções em casos concretos, diferentes formas de trabalhar com as constelações nos tribunais, oficinas, escritórios, em diagnósticos de atuações processuais, nos consultórios e mais.
 
“Ficamos muito felizes quando fomos convidadas para compartilhar com vários outros coautores a experiência com as Oficinas de Direito Sistêmico do Tribunal de Justiça de Mato Grosso”, destacou a magistrada, assinalando que traz na obra o relato de um ‘case’ ocorrido no Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) da Infância e Juventude da Comarca de Cuiabá.
 
 
 
Keila Maressa
Coordenadoria de Comunicação do TJMT
 
 

Leia mais:  Servidores do TJMT recebem capacitação sobre Reforma da Previdência

Continue lendo

Mais Lidas da Semana