conecte-se conosco

Mato Grosso

Seplag realizará 3ª edição do Café no Escritório no próximo dia 27 de julho

Publicado


A Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), por meio da Secretaria Adjunta de Planejamento e Gestão de Políticas Públicas, promoverá a 3ª edição do Café no Escritório, no próximo dia 27 de julho. O evento reunirá representantes de escritórios de processos da gestão pública de todo o Brasil e será transmitido ao vivo pelo canal da Seplag-MT no YouTube, a partir das 13h30.

O objetivo da realização é promover a cultura da gestão por processos, o fortalecimento e a integração dos escritórios de processos, bem como o intercâmbio de experiências sobre as melhores práticas na área.

Para essa edição do evento, organizada pelo Escritório de Gerenciamento de Processos (EGProcess), já estão confirmadas as palestras de profissionais de renome no gerenciamento de processos de negócios, como a de Fabio Hideki, idealizador e curador de algumas das maiores iniciativas colaborativas na área de gerenciamento no País; e Emerson Dantas, gestor da Associação de Profissionais de Gestão de Processos de Negócios (ABPMP Brasil), regional Rio de Janeiro, e do canal Nerds de Processos. 

Leia mais:  Intermat abre inscrições para contratação de profissionais técnicos de nível superior e médio

Na ocasião também serão apresentados estudos de casos referentes a experiências na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), no Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea) e no Mato Grosso Previdência (MTPrev).

“O evento irá proporcionar o compartilhamento de boas práticas na implementação da gestão por processos, fortalecendo a integração entre a rede de escritórios de processos da gestão pública de todo o País”, afirmou o titular da Seplag, Basílio Bezerra.

Na avaliação do secretário adjunto de Planejamento e Gestão de Políticas Públicas da Seplag, Sandro Brandão, a gestão por processos é de “suma importância para a integração das ações na administração pública, pois direciona para uma maior eficiência com a simplificação e desburocratização das atividades, em especial para o foco digital que o governo de Mato Grosso está buscando”, observou o gestor.

“Este evento é muito importante, pois vai promover a discussão e destacar as iniciativas com resultados práticos alcançados”, acrescentou.

Confira aqui a programação completa para a 3ª edição do Café no Escritório. Outras informações pelo telefone (65) 3613-3783.

Leia mais:  Presidente da Desenvolve-MT afirma que prioridade é potencializar crédito emergencial aos micro e pequenos empresários
Fonte: GOV MT

publicidade

Mato Grosso

Governo de MT já pactuou cerca de 90% das doses recebidas; veja quanto cada município aplicou

Publicado


O Governo de Mato Grosso recebeu, até esta terça-feira (21.09), 4.374.456 doses das vacinas contra Covid-19 do Ministério da Saúde e já pactuou a distribuição de 3.926.033 doses aos 141 municípios do Estado, ou seja, cerca de 90% do total recebido.

A disponibilização das doses é resultado da soma da primeira e segunda doses ou doses únicas (3.896.285), acrescida das doses destinadas às populações indígenas aldeadas (54.120) e dos arredondamentos técnicos (29.748) necessários para o ajuste volumétrico dos frascos disponibilizados pelo Ministério da Saúde.

É importante destacar que o ranking de aplicação não considera as doses destinadas aos povos indígenas para evitar qualquer disparidade nos dados. Alguns municípios contabilizavam doses aplicadas em aldeias pertencentes a territórios vizinhos e ultrapassavam o limite de 100% da aplicação.

Das 3.926.033 doses disponibilizadas aos municípios, as prefeituras aplicaram 3.246.118 (81,69%), sendo 2.122.061 como primeira dose ou dose única e 1.010.547 como segunda dose. O percentual da semana passada era de 78,02%.

Os 10 municípios que mais aplicaram vacinas, considerando o percentual de doses aplicadas em relação às doses recebidas, foram: Diamantino (94,63%), Planalto da Serra (94,47%), Primavera do Leste (94,00%), Torixoréu (93,85%), Santa Rita do Trivelato (93,49%), Jaciara (92,89%), Alto Taquari (92,24%), Cocalinho (92,07%), Glória D’Oeste (91,73%) e Campinápolis (91,46%).

Leia mais:  Intermat abre inscrições para contratação de profissionais técnicos de nível superior e médio

Confira o ranking completo de aplicação das vacinas no Boletim Informativo nº 562 ou no Painel de Distribuição de vacinas Covid-19.

A Vigilância Estadual alertou que a utilização de unidades de segunda dose como primeira dose pode comprometer o esquema vacinal da população do município, considerando o fornecimento e as orientações feitas pelo Ministério da Saúde.

Sobre a distribuição

Na força-tarefa da vacinação, cabe ao Governo do Estado fazer a logística de distribuição, que é definida pela Comissão Intergestores Bipartite de Mato Grosso (CIB-MT), composta por membros do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems) e da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT).

A escolta dos materiais até os 14 polos de distribuição é feita pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), além das Polícias Federal e Rodoviária Federal e do Ministério da Defesa. O Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) também disponibiliza sua frota aérea para dar celeridade à distribuição.

É importante ressaltar que o Governo Federal define o total de doses que cada estado recebe. Essa definição ocorre de acordo com a quantidade de pessoas que pertencem aos grupos prioritários e não pela quantidade absoluta da população.

Leia mais:  Trabalho integrado entre PMs de MT e GO recupera 327 pedras preciosas e prende trio em flagrante
Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mais Lidas da Semana