conecte-se conosco

Mato Grosso

Unemat inicia aulas do semestre letivo 2021/1 nesta segunda-feira (03)

Publicado


A Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) dá início nesta segunda-feira (03.05) às aulas do semestre letivo 2021/1. No total, 11.285 alunos matriculados em 3.608 disciplinas oferecidas de forma totalmente on-line retomam suas atividades.

No ano de 2020, a Unemat se adequou de forma rápida aos impactos provocados pela pandemia da Covid-19 e os alunos puderam continuar seus estudos de forma remota (on-line) nos Períodos Letivos Suplementares (PLSEs), que ocorrem em três edições em 2020 e uma em 2021. Foram os PLSEs que permitiram a Unemat continuar com a formação de seus acadêmicos e devolver à sociedade mais de 1.000 profissionais formados.

Em 2021, serão oferecidos dois semestres letivos, com carga horária maior e com mais tempo para a oferta das disciplinas. O primeiro semestre (2021/1) será ofertado de forma remota, com disciplinas on-line. O Calendário Acadêmico foi aprovado pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Conepe), em sessão realizada nos dias 17 e 18 de dezembro do último ano.

Leia mais:  Escola João Brienne distribui livros didáticos e roteiro de estudos semanal

“Foi graças ao empenho de todos que a Unemat se reorganizou para ofertar os PLSEs e assim manter suas atividades de Ensino. Dessa forma, entramos em um grupo muito seleto de universidades públicas no País que estão com seus calendários letivos relativamente em dia, considerando a situação de pandemia pela qual estamos passando. Isso é resultado de um investimento de recursos e de muito trabalho para minimizar os prejuízos do processo de formação dos nossos alunos”, destacou o reitor Rodrigo Bruno Zanin.

De acordo com o reitor, os dados positivos são resultado do trabalho de gestores, professores e técnicos. “A Unemat teve que se reinventar. Adequamos nossas atividades pedagógicas, administrativas e investimos em tecnologia de informação para possibilitar as condições necessárias para acolher nossos acadêmicos”.

DOCENTES QUALIFICADOS

A Unemat tem 761 professores efetivos. Destes, 450 são doutores, 260 mestres e 43 graduados, com uma capacidade pedagógica, técnica e de experiência de docência de excelência no processo de formação dos acadêmicos.

Neste período letivo 2021/1, a universidade registrou o maior número de alunos matriculados, comparando-se com os três períodos letivos suplementares excepcionais (PLSE) do último ano. “Estes dados significam que a Unemat está no caminho certo para possibilitar ao aluno seguir sua formação acadêmica”, destacou a vice-reitora Nilce Maria da Silva.

Leia mais:  "Primeira-dama está fazendo história ao visitar os quilombos", destaca presidente do Conselho da Igualdade Racial
Fonte: GOV MT

publicidade

Mato Grosso

Domingo (20): Mato Grosso registra 439.103 casos e 11.664 óbitos por Covid-19

Publicado


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste domingo (20.06), 439.103 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 11.664 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 384 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 439.103 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 12.380 estão em isolamento domiciliar e 413.340 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 435 internações em UTIs públicas e 373 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 78,24% para UTIs adulto e em 42% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (91.083), Rondonópolis (31.873), Várzea Grande (29.649), Sinop (21.289), Sorriso (15.236), Tangará da Serra (15.105), Lucas do Rio Verde (13.512), Primavera do Leste (11.188), Cáceres (9.490) e Alta Floresta (8.391).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia mais:  Procon-MT disponibiliza ferramenta online como alternativa para registro de reclamações

O documento ainda aponta que um total de 354.401 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 83 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

No sábado (19.06), o Governo Federal confirmou o total de 17.883.750 casos da Covid-19 no Brasil e 500.800 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 17.801.462 casos da Covid-19 no Brasil e 498.499 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste domingo (20.06).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

Leia mais:  Operação Lei Seca autua 32 motoristas por irregularidades em Cuiabá

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
– Evitar contato próximo com pessoas doentes;
– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mais Lidas da Semana