conecte-se conosco

Prefeitura Várzea Grande MT

VG aplica mais de 70 mil vacinas e abre pré-cadastro para pessoas de 50 a 54 anos sem comorbidades

Publicado


Após superar a marca de 70 mil doses aplicadas desde o início da vacinação, a Prefeitura de Várzea Grande através da Secretaria Municipal de Saúde, abre a partir desta segunda-feira, 07 de junho, a noite, no site www.varzeagrande.mt.gov.br, na aba Imunização Várzea Grande, o pré-cadastro para pessoas com faixa etária de 50 a 54 anos e começa a vacinar no Corujão da Vacinação das 16 às 22 horas na Clínica Médica do Centro Universitário Várzea Grande (UNIVAG), aquelas pessoas entre 55 a 59 anos, ambas as faixas etárias sem comorbidades.

Também começam a ser vacinados nesta terça-feira, 08 de junho, no Ginásio Fiotão, os profissionais da limpeza urbana e da coleta de lixo, mais conhecidos como garis.

“Tudo que estiver ao nosso alcance para atender a população será feito. Sempre vamos buscar o melhor para a cidade e sua gente e neste momento de pandemia a vacina demonstra ser o melhor para preservar a vida humana e voltarmos a viver dentro de uma normalidade”, disse o prefeito Kalil Baracat sinalizando que mantém entendimento direto com o Governo de Mato Grosso para também ser contemplado com mais vacinas.

A vacinação ocorre amanhã para pessoas com comorbidades agendadas, das 8 às 15 h, e haverá aplicação da segunda dose da Coronavac, para aquelas pessoas que aguardaram o período de 14 a 35 dias de uma dose para outra e da AstraZeneca, com intervalo de 90 dias. Para estes casos é só levar o cartão de vacinação.  Lembrando que esta ação da segunda dose está programada somente para o período da manhã. Já das 15h às 20h haverá mais uma edição do ‘Resgate Cidadão’, para idosos acima de 60 anos, que serão vacinados junto com os profissionais da limpeza urbana das 16 às 20 h.

Leia mais:  SEBRAE-MT apresenta projeto Cidade Empreendedora Sustentável para o prefeito Kalil

“O Resgate Cidadão é justamente para vacinar os idosos acima de 60 anos que por algum motivo ainda não se vacinaram. Nesta terça-feira as equipes farão cadastro na hora, e a vacina será aplicada. É necessário levar um documento com foto, com CPF, e comprovante de residência e quem tiver o cartão SUS deve também levar”, explicou o secretário de Saúde, Gonçalo de Barros.

“Os passos são dados conforme as informações e planejamento da Secretaria de Saúde, tanto na disponibilização de vacinas, quanto sobre o contingente já vacinado e a ser vacinado. Vamos avançando nos grupos prioritários, e abrindo gradativamente em ordem decrescente para aquelas pessoas sem comorbidades. E nunca esquecendo dos idosos acima de 60 anos, onde a Saúde Pública, edita o Resgate Cidadão, que é justamente a busca ativa, desta faixa etária que têm seu direito garantido de se vacinar, e que por algum motivo o impede. Para esses casos, todas as terças-feiras, no período da tarde ocorre a vacinação, no Fiotão. Essa ação humanitária foi acatada pela sociedade várzea-grandense que nos ajudam a identificar e levar estas pessoas para se vacinarem”, explicou o prefeito Kalil Baracat.

Leia mais:  Prefeitura de Várzea Grande alinha parceria com Corpo de Bombeiros

Gonçalo de Barros afiançou que para vacinar os garis estabeleceu parceria com a Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana, que junto às empresas prestadoras de serviços, controlam a lista de quem realmente vão vacinar, preenchendo os critérios e regras da Campanha de Vacinação, além dos efetivos da Secretaria.

Sobre a inclusão dos garis e demais profissionais da limpeza urbana e da coleta de lixo no rol de prioritários no plano de vacinação, o secretário afirma que esses profissionais executam suas atribuições mediante amplo contato com a população. “Fato esse que, além de expô-los demasiadamente ao contágio, os torna potenciais propagadores involuntários do vírus, e necessitam serem imunizados, principalmente pelas atribuições de suas funções, que são consideradas de utilidade pública”.

– Calendário de Vacinação:

Dia 07 de junho:

Corujão da Vacinação: No Centro Universitário – Univag – Clínicas Médicas, das 16 às 22h em sistema Drive Thru, inicia a vacinação em pessoas sem comorbidades, de 55 anos a 59, devidamente cadastradas e confirmadas.

Abertura do pré-cadastro para pessoas sem comorbidades de 50 a 54  anos

– Terça – Feira – 8 de junho:

Local: Ginásio Poliesportivo Fiotão

Horário: 8h às 16h: Pessoas com comorbidades

Corujinha da Vacinação: Resgate Cidadão

Horário: 16h às 20h: Profissionais da Limpeza Urbana (garis) e pessoas acima de 60 anos.

publicidade

Prefeitura Várzea Grande MT

Educação promove formação para Técnicos de Suporte Administrativo com foco no retorno das aulas

Publicado


Visando preparar os profissionais da educação da rede municipal de ensino para o retorno das aulas presenciais, que serão de forma híbrida a partir do dia 02 de agosto, a Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Smecel) tem promovido várias formações. Entre elas está a formação continuada para os Técnicos de Suporte Administrativo Educacional (TSAEs – Serviços Gerais), realizada entre os dias 21 e 23 de julho.

Ao todo, participaram 350 TSAEs, divididos em seis turmas para evitar a aglomeração. Todos receberão certificados de participação com carga horária de 10 horas. A formação foi coordenada pelas Superintendências Operacional do Sistema Escolar e Pedagógica e contou também com a participação da equipe da Superintendência de Esporte e Lazer com as aulas de ginástica laboral.

Os temas abordados foram: higiene; higienização, limpeza e esterilização; limpeza de áreas; equipamentos de proteção individual; orientação em casos de acidentes biológicos; entendendo seu propósito, atribuições e a sua importância; empatia, ouvir e se comunicar de maneira assertiva; autoestima, autoconfiança e as relações de trabalho; a importância do nosso sentir; o corpo fala; solucionando conflitos com a comunicação positiva; autorresponsabilidade, autocrítica e autocobrança; e ferramenta de disciplina positiva.

Durante a formação foi destacada a importância da preparação dos ambientes escolares para o retorno das atividades escolares, fazendo a desinfecção das salas de aula, salas dos professores, sala dos diretores e supervisores, biblioteca, cantina, banheiros, entre outros. O uso do álcool 70%, do detergente e da solução clorada foram apontados como itens importantes para limpeza e desinfecção dos ambientes, alimentos e objetos.

Foi destacado ainda o uso de equipamentos de proteção individual (máscara, luvas, avental, botas de PVC) e o passo a passo para uma correta lavagem das mãos.

Segundo a coordenadora de Formação, Vanilda Mendes, a iniciativa tem por objetivo fazer um acolhimento a esses profissionais que serão de suma importância para que a biossegurança seja realmente obedecida em cada unidade. “Entendemos que se o servidor está de bem consigo mesmo, com certeza ele também estará bem para desenvolver o seu trabalho e receber os alunos com alegria e segurança”, ressaltou.

Leia mais:  Kalil Baracat define água como prioridade e recebe novos equipamentos

Uma das propostas do curso é que cada grupo de servidores, que participaram da formação, faça, juntamente com os gestores das unidades de ensino, um protocolo de como vão colaborar para que a biossegurança realmente funcione em suas unidades. “Essa é uma maneira de todos participarem desse processo de retorno”, acrescentou Vanilda Mendes.

A superintendente Operacional do Sistema Escolar, Benedita Santana Ponce, destacou que a formação para o retorno das aulas presenciais já foi realizada com os técnicos de alimentação escolar (merendeiros), com os TSAEs e com os articuladores e monitores do Programa Escola em Tempo Ampliado (ETA). “A Secretaria está preparando a formação para profissionais de outros cargos também, pois entendemos que todos precisam estar preparados para esse retorno”, observou.  

O secretário Silvio Fidelis destacou que todas as medidas e protocolos estão sendo tomados para que o retorno das aulas presenciais seja de forma segura, tanto para os alunos como para os profissionais da educação. Fidelis lembrou que já foi encaminhado para as unidades educacionais o Plano Estratégico para Retorno das Atividades Escolares, com as normas orientativas para a implantação do ensino híbrido.

“O ano de 2020 não foi fácil e 2021 também não está sendo, mas estamos nos organizando e trabalhando para que a educação e os nossos alunos não sejam prejudicados em Várzea Grande. Nós, do comitê de enfrentamento ao novo coronavírus, estamos nos reunindo com frequência para acompanhar e discutir sobre as melhores medidas a serem tomadas”, disse o secretário.

A TSAE Rosimeire Corrêa, que há 19 anos atua na Emeb José Estejo de Campos, disse que está ansiosa para o retorno dos alunos para a sala de aula, mas sabe que agora os cuidados, principalmente com a higienização dos espaços, terão que ser redobrados. “Estamos preparados para cuidar bem da escola e receber os alunos com o maior cuidado e segurança. Acredito que o mais difícil será trabalhar com as crianças o distanciamento social, pois sempre trabalhamos com elas a socialização e agora será bem diferente. Mas, se todos trabalharmos juntos, vamos conseguir”, destacou.

Leia mais:  Prefeitura de Várzea Grande alinha parceria com Corpo de Bombeiros

Luciana Gomes Jardim, TSAE na Emeb Air Addor, também diz que está preparada para o retorno dos alunos. “Teremos que ter cuidado redobrado para proteger os alunos e a nós também”, disse a TSAE, destacando que na formação gostou muito das orientações dos professores do Esporte e Lazer em relação aos exercícios de alongamento e para acabar com as dores físicas. “Nosso trabalho exige muito esforço físico e essas orientações vão nos ajudar muito”.

Eva Aparecida Oliveira Silva, que também está há 19 anos na rede municipal e hoje trabalha no Cmei Nossa Senhora da Guia, ressaltou que todos terão que somar forças para enfrentar a pandemia. “Agradeço pela oportunidade de fazer essa formação, que é muito importante para nós, principalmente nesse período de pandemia.

Ela destacou ainda que as formações promovidas pela Smecel valorizam os profissionais da educação, tanto como ser humano como profissional. “Nos motiva e nos incentiva a fazer e buscar sempre o melhor. Foi através dos incentivos que recebi nas formações que procurei mais conhecimento e crescer profissionalmente. Hoje sou formada em pedagogia e essa oportunidade foi fruto do meu trabalho como serviços gerais. A rede me deu a oportunidade e eu corri atrás”.

Continue lendo

Mais Lidas da Semana